quinta-feira, 16 de abril de 2015

Temporada de F1 2015: GP do Bahrein no Passado

Já estamos próximos a outra etapa então, vamos ver o que aconteceu nas tais desde 2007 em terras "barehnísticas" (uma das etapas mais chatas de todo o calendário):

Grande Prêmio do Bahrein no Passado:





Terceira corrida do ano, o Bahrein teve como vencedor o Felipe Massa, vindo também de uma pole. Se não me engano nessa época chamavam ele de "Rei do Bahrein". (A não ser no ano seguinte, esse rei perdeu "bunito" a majestade! :D )
Foi nessa corrida e na terceira do ano que começaram o papo de chamar Lewis Hamilton de "fenômeno"... ¬¬'
Se falo que Bahrein é chato é só perceber: os três primeiros da classificação foram exatamente os mesmos na corrida. Dureza.

Pole Position de 2007: Felipe Massa (Ferrari)
Vencedores de 2007: 1º Felipe Massa (Ferrari), 2º Lewis Hamilton (McLaren) e 3º Kimi Räikkönen (Ferrari)

Novamente como a terceira corrida da temporada, tivemos uma pole position ao menos diversa do esperado: Robert Kubica cravou a pole pela BMW. Mas a mesmice bateu à porta quando a corrida chegou, deixando o polonês só com a terceira colocação. (Ao menos a história de "rei do Bahrein" teria fim.) Nem se pensava na disputa entre Hamilton e Massa nessa terceira etapa de 2008, já que quem liderava a tabela era Kimi Räkkönen da Ferrari, o último campeão, seguido de Nick Heidfeld da BMW. Na briga de Massa e Hamilton para esse ano, os pontos perdidos pelo inglês foram significativos. Depois Massa faria das suas burradas para deixar o tal título escorregar entre os dedos (veremos uma delas logo, logo, em Silverstone).

Pole Position de 2008: Robert Kubica (BMW)
Vencedores de 2008: 1º Felipe Massa (Ferrari), 2º Kimi Räikkönen (Ferrari) e 3º Robert Kubica (BMW)

Devidamente mudando de ares, 2009 deu novas caras às poles e pódios. Desta vez como a quarta etapa, tivemos um pole do italiano Jarno Trulli com a Toyota, mostrando como uma terceira força da temporada. No fim, a corrida foi vencida por Jenson Button e sua leveza de pilotagem com a Brawn GP. Dessa vez, o "rei do Bahrein" largou em oitavo e terminou a corrida em 13º...

Pole Position de 2009: Jarno Trulli (Toyota)
Vencedores de 2009: 1º Jenson Button (Brawn GP), 2º Sebastian Vettel (RBR) e 3º Jarno Trulli

Já em 2010, nada estava "diferente" o suficiente, então a etapa do Bahrein veio abrindo a temporada. Devido ao aumento de carros no grid, aumentaram também um tanto do traçado.
Essa etapa ficou marcada como, a) com 4 pilotos brasileiros no grid: Rubens Barrichello (Williams), Felipe Massa (ainda na Ferrari), Luca di Grassi (Virgin) e Bruno Senna (HRT), essas duas últimas as chamadas equipes "nanicas". Neste ano, equipes de fim de grid, extremamente lentas passaram a fazer parte do grid: a Lotus (que passou a ser Caterham depois dando direito a Renault de usar o nome "Lotus"), a HRT ou Hispania com o Senna e a Virgin (sim, aquela mesma empresa de estúdio musical... ¬¬') com di Grassi. Ambas sumiram no ano seguinte e a Virgin acabou deixando lugar para a Marussia. b) Muitos pilotos estreantes: o indiano Karun Chandok (HRT), Senna e di Grassi, mais um piloto alemão, o Nico Hulkenberg (Williams) e o russo Vitaly Petrov (Renault). c) A volta de Felipe Massa depois do acidente com a mola que o tirou de corridas em 2009, no treino classificatório do GP da Hungria. d) A primeira vitória de Fernando Alonso pela Ferrari. já na primeira corrida do ano (e eles lá da Maranello irão dizer que ele nunca fez nada por eles?!)  e) A volta de Michael Schumacher, na Mercedes e Pedro de la Rosa, na Sauber - ambos aposentados. E por fim, f) a primeira etapa do primeiro ano sem Kimi Räikkönen no grid. (Hoje, revisitando a memória, tenho uma certeza que se Massa não tivesse tido o acidente, a dupla Alonso + Kimi na Ferrari teria acontecido mais cendo, tipo, em 2011...) 

Pole Position de 2010: Sebastian Vettel (RBR)
Vencedores de 2010: 1º Fernando Alonso (Ferrari), 2º Felipe Massa (Ferrari) e 3º Lewis Hamilton (McLaren).

Depois das alterações no traçado em 2010 houveram muitas reclamações (grande porcaria...) e em 2011 o GP aconteceria no traçado original, mas a etapa acabou não se realizando devido a uma revolta popular e protestos contra o governo local (nada idiota como vivemos hoje, aqui no Brasil, podem ficar certos disso) que ocorreram não só no Bahrein, mas todo país de origem árabe.
Apesar da relevância histórica do momento vivido por Bahrein nesse período, há de se convir que o menos que esse povo precisava era de um evento da magnitude da F1. Além disso, à época, não senti falta e por mim, nem precisava da desculpa dos atentados para cancelar esse GP.

Em 2012, como a quarta corrida da temporada, o Bahrein ocorreu normalmente, sem cancelamentos ou ameaças e foi marcada pela pole + vitória de Sebastian Vettel (RBR) já como atual bicampeão mundial. 
Foi mais legalzinha também pois marcou a volta de Kimi Räikkönen (Lotus) não só às pistas naquele ano, como também de volta ao pódio com o segundo lugar, quase-quase ameaçando a hegemonia de Vettel durante a corrida. O pódio foi completado pelo companheiro de Kimi, Romain Grosjean (Lotus) - que se tivesse a experiência do finlandês, talvez teria levado a Lotus a lugares mais altos naquela temporada.

Pole Position de 2012: Sebastian Vettel (RBR)
Vencedores de 2012: 1º Sebastian Vettel (RBR), 2º Kimi Räikkönen (Lotus) e 3º Romain Grosjean (Lotus)

Em 2013 a coisa começou de novo a dar ares de quão chatinha Bahrein é. Lá em 2007 e 2008, tudo igual. Em 2009, previsível, em 2010, também. 2011, cancelada e não fez falta, mas em 2012 deu as caras com uma mísera novidade (digo mísera, pois só é triunfal para quem torce por Kimi). Seguindo como a quarta temporada do ano, 2013 só mudou a pole position, pois Nico Rosberg (Mercedes) cravou pole antes de Vettel, naquele ano. Mas na corrida... *copia e cola a do ano passado*

Pole Position de 2013: Nico Rosberg (Mercedes)
Vencedores de 2013: 1º Sebastian Vettel (RBR), 2º Kimi Räikkönen (Lotus) e 3º Romain Grosjean (Lotus)


Voltando a ser a terceira etapa do ano ano, Bahrein marcou, em 2014, com intensa disputa entre Nico Rosberg e Lewis Hamilton - ambos na Mercedes. 
Nico, levou a melhor largando na frente, já que fez o trabalho bem feito de garantir a pole position. Mas a pretensa ideia de que a Mercedes não priorizava um em detrimento do outro além de falsa era só para bobos (como continua sendo, se pensarmos bem). 
Nico até tentou retomar sua posição inicial tentando várias ultrapassagens, mas não obteve êxito, e se tivesse, teria virado "vilãozão" antes do fim do ano. 
Sérgio Pérez que fechou 2013 na McLaren, teve a vaga dada à Force India e subiu ao pódio com eles, nessa, pela primeira vez (e pensar que seu companheiro de equipe, Nico Hulkenberg, muito mais constante que ele, se aproximou mais vezes desse pódio, mas não conseguiu...)

Pole Position de 2014: Nico Rosberg (Mercedes)
Vencedores de 2014: 1º Lewis Hamilton (Mercedes), 2º Nico Rosberg (Mercedes) e 3º Sérgio Pérez (Force India)

Em  2015 a etapa do Bahrein segue como a quarta do ano. Já tivemos Asutrális, Malásia, China no último fim de semana. Recapitulando para quem tem memória de peixe: 
► Austrália 2015: Pole de Lewis Hamilton (Mercedes) e Vencedores: Hamilton, Nico Rosberg (Mercedes) e Sebastian Vettel (Ferrari);
► Malásia 2015:  Pole de Hamilton e Vencedores: Vettel (Ferrari), Hamilton e Rosberg (Mercedes);
► China 2015: Pole de Hamilton e Vencedores: Hamilton, Rosberg (Mercedes)  e Vettel (Ferrari). 

E o que vocês acham que vai dar? Continuam as Mercedes, com o cínico Lewis e suas chatas corridas mornas? Difícil pedir para que Roberg reaja no antro em que se encontra. Seria Vettel o que trará alegrias de uma esnobada no inglês? Se sim, posso pedir uma dobradinha Kimi +Vettel? \o/

Deixem seus comentários!
Abraços afáveis!

Nenhum comentário: