quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

2009 está indo...

2009: Decidi escrever as coisas do anos, meio como retrospectiva.
O que eu lembrar, claro porque minha memória esse ano, foi memória de peixe.


O que planejei nem sempre surtiu efeito. Bom, planos assim por alto, porque aqueles planos mesmo de fim de ano já não faço. Muitos são simplesmente impossíveis de botar em prática só porque eu quero. É preciso ajudas externas e aí... Depende demais da boa vontade.


Em 2009 posso dizer que planejei um projeto de iniciação científica na faculdade. Uns 10 emails foi enviado à professora no período de férias e a resposta foi: "é férias, tente descansar e quando voltarmos a gente conversa". Voltei e falei com a professora e o semestre se foi e chegamos a outras férias e eu? Ela tinha orientandos prestes a formar, precisavam defender suas teses... E segundo semestre veio e consegui uma monitoria repentina. Ok, a iniciação ficou no cantinho dela. Mas já tenho algo escrito e isso não é de todo mal.


Na faculdade não houve momento tenso. Não passo por momentos tensos desde quando abandonei o curso de Matemática. Era um ótimo curso, mas eu não poderia ser profissional das exatas. Não naquele momento.


Meu time (São Paulo Futebo Clube) foi... Ah, o campeonato não foi justo, convenhamos. Nada contra o Flamengo, na boa, tenho grandes amigos flamenguistas, mas o esquema de "entrega jogo" me pareceu uma brincadeira muito sem graça. De qualquero forma, meu mundo não gira em torno de futebol. Ainda bem.
Ainda nos esportes... F-1 me decepcionou. Só hoje posso dizer. Fernando Kesnault, citou em sua entrevista aqui no blog que haviam por aí viúvas do Schumi e do Senna. Bom, então eu virei viúva do Kimi Räikkönen. É desnecessário, mas ainda não me conformo. Acho que nada vai mudar...
Ao menos foi um tanto legal o Jenson Button ser campeão. É legal mesmo. 


O que eu fiz de grande evolução? Nada.
Iniciei um curso de línguas. Hoje estudo italiano e me esforço estudar sozinha finlandês. Queria estudar o alemão, mas a faculdade que fornece o curso, nunca abre turma!O.O Tem gente que não sabe ganhar dinheiro...
Li umas coisas, alguns livros legais... umas inutilidades para faculdade. Sim, porque nem tudo que se lê na faculdade é útil, constatei isso.
Aprendi algumas coisas de música. Sou péssima na guitarra, mas seu uma mísera música muito mais ou menos do Iron Maiden (Wasting Love) e outra que venci a etapa no fim do ano depois de um mês, do Nightwish (Amaranth). Devo estudar... E muito. Pelo menos chegar para chegar ao "mediano"...

Em momentos de internet, trabalho aqui no blog... e em outro (há isso eu não falei! ^^). Pesquiso coisas para escrever, ouço coisas legais e assisto à filmes... O que mais poderia ser feito sendo alguém de 22 anos? 

No mundo as coisas se encaminham (às vezes penso que caminha ao total caos). Bombas de sempre no Oriente Médio, o Lula continua dizendo "nunca na história desse país...", outros acham que o Rio de Janeiro sediar as Olimpíadas de 2016 é a coisa mais bela do universo. Há reunião sobre o Ambiente com muitas autoridades sem decisões precisas em Copenhague, e a gente olha e fica com cara de "se eles não resolvem, eu vou resolver?"... Problemas em Honduras daqui, uma bobagem de um vestido curto dalí ... Inundações de cá... Seca acolá... A morte de Michael Jackson em todo lugar...
Gripe nova vira epidemia muito por falta de higiene... Brasileiros morrem no Suriname (onde não tem brasileiro hein? No inferno? Não... lá deve ter... alguns políticos, muito provavelmente...), pessoas morrem de frio na Europa, outras continuam morrendo de fome e doenças na África.
Cada ano alguns assuntos mudam, mas os principais continuam os mesmos.
E aí não sei se é bom a retrospectiva. Seria se pudéssemos mudar aquelas coisas que preferimos esquecer. Ao menos... Fazer com que não se repitam.



Ainda sim... Feliz 2010 para nós!

Abraços afáveis!

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

2010!

Amigos! O blog anda temperamental, mas não abandonei isso aqui. Apenas o blogspot não deixa eu fazer as postagens quando estou na internet. Aí fica complicado com essa "greve momentânea". Sendo assim as postagens ficam na hora que funcionar...



Queria avisar aos "tripulantes" que em 2010 contunuarei com as entrevistas de F-1, bem como aceitarei novos emails para participar. Não se esqueçam que coloquei uma entrevista nova (no post anterior) do Adão, meu ex-colega de sala, que escolheu muitas fotinhas e tirou um tempinho para contar um pouco de si para todos. As entrevistas postadas até então estão nestes links:


Em 2010 farei algo que no fim de 2008 e no início de 2009 finalizei, que foi contar como foi minha ida à São Paulo para conferir o show do Nightwish. Em 2010 provavelmente virei com outro show: Metallica, dia 30/01...



Eu vou estar lá, e vai ser legal!^^
E 2010 vem com tudo, ou pelo menos já com um pouco só em janeiro!
Aproveitando que o blogspot está bonzinho:



Feliz ANO NOVO meu povo! Que 2010 seja muito melhor que 2009, e que possamos seguir bem durante o mesmo!^^
Abraços afáveis!

sábado, 26 de dezembro de 2009

Entrevista I Love It Loud: Adão Alves

Olá amigos! Ontem, Natal, e quando acessei o blog, no período da tarde, não consegui proceder em nenhuma postagem... Espero que estejam todos muito bem e que tenham curtido bastante as festas. ^^
E então, cá estou com outra entrevista!



Com a volta de Schumacher, nada mais legal que uma entrevista de alguém fã do alemão, não mesmo? (Engraçado que eu havia previsto a entrevista justamente para esse fim de semana... Teria sido coincidência? ^^)
Espero que curtam a entrevista do meu amigo Adão:

1 - Fale-nos um pouco sobre você.



Olá a todos. Primeiramente gostaria de dizer que é um prazer figurar aqui no blog da Manu. Ela é uma pessoa que eu admiro muito e que eu tenho convivido desde q entramos na faculdade. A gente seguiu caminhos diferentes depois, mas continuamos a manter o contato e posso afirmar que ela é uma das minhas melhores amigas. Sem ela muita coisa não tinha acontecido na minha vida.
Bom, agora falando de mim, Eu sou um cara bastante azarado no amor, na vida em geral etc. Mas pra que falar dessas coisas ruins. Sou uma pessoa que se você quiser e confiar, pode contar comigo sempre. Adoro música, diria que não vivo sem (coisas da Finlândia costumam me agradar mais). Amo o Campeonato Inglês (Premiere League) e é claro, amo a Fórmula 1 e é por isso que estou aqui. Sou bem caseiro, gosto de cinema e shows. Em linhas gerais é isso.


2- Quando e porque a F-1 passou a ser “rotina” na sua vida?



A F-1 está na minha vida desde que me entendo por gente. Quando pequeno, acordava todos os dias, manhã ou madrugada, para assistir às corridas. Meu pai era grande fã de Ayrton Senna e me impulsionou a torcer por ele, no início. Apesar de ter sido eleito recentemente por 217 pilotos que passaram pela F-1 como o melhor piloto de todos os tempos, eu discordo. Foi em 1994, quando morreu que eu tive liberdade de escolher para quem torcer. Digo que escolhi o melhor. Vê-lo fazendo as curvas com perfeição, pilotando tão bem e dirigindo seu carro pelo circuito, fez meus olhos de criança brilhar. Surgia meu novo ídolo na F-1. Mas quem é ele conto depois. A F-1 sempre esteve na minha vida. Desde que era um simples “pixote”.


3- Qual o seu maior “ídolo” de todos os tempos que acompanha o esporte?




Só poderia ser o alemão Michael Schumacher. Desde 1994, eu me maravilho com suas conquistas. Recordes sendo quebrados. O heptacampeão do mundo. Repito que meus pêlos se arrepiam ao lembrar das corridas e das conquistas do alemão. Eu vibrava como se fosse eu a levantar o troféu. E quando anunciou sua despedida, fiquei sem chão, mas continuei a ser um “ferrarista” e passei a torcer para Kimi, que agora se foi para o rally.
Mas eu me recordo bem, da última corrida do alemão, aqui no Grande prêmio do Brasil, em que chegou a ficar em último mas encerrou sua corrida em terceiro lugar. Memorável.


4- Qual piloto e/ou equipe que você torce (ou tem preferência), hoje?



Por enquanto sou Ferrari e Felipe Massa. Por Enquanto. Gosto do Kovalainen, mas não sei quanto a essa questão de ele pilotar em rallys também. Acredito que, se o Alemão voltar, aí estarei com ele e a equipe Mercedes, na torcida para 2010.


5- Além do piloto citado, qual a sua visão as respeitos dos pilotos atuais? E algum destes tem ou teve chances de ser o seu “segundo” ou “terceiro” como preferido?



Kubica. Adoro-o. Mas quando falo que sou azarado, acredite sou mesmo. Recentemente fiquei sabendo que o futuro dele é incerto com a Renault. Acredito que ele é um grande piloto. O inglês Lewis, também é fabuloso. Apenas sua extravagância anula seu talento. Mas é um grande piloto. De todos que correm hoje, além de Massa, ficaria com Kubica e Lewis. São os melhores em minha opinião. Mas a categoria anda bem competitiva, Button, S. Vettel, Rosberg, Webber, Alonso (apesar de minha antipatia para com ele)(Risos) também são admiráveis. Acredito que a categoria anda repleta e pilotos extravagantes e talentosos. Bem equilibrada eu diria.


6- Quais a(s) qualidade(s) e defeito(s) de seu ídolo do automobilismo? (Pode também citar para seu segundo favorito).



Schumacher, meu ídolo... Qualidades do alemão... Bom, fácil não? Talentoso, um excepcional piloto. Bom em tudo o que ele pratica, referente ao automobilismo. Ganhou dois primeiros lugares e um segundo lugar (não tenho certeza) de uma competição de Kart recentemente, em Floripa, não me lembro bem o nome do campeonato, só me lembro que o uniforme era verde, branco e vermelho, acho (Risos). Era o Desafio Internacional das Estrelas. Massa também participou bem como N. Piquet. Seus defeitos... Não acredito que ele seja de todo arrogante, pode ser que uma vez ou outra soasse assim mesmo, mas não acredito nisto. Caso fosse apontaria esse defeito nele. A arrogância. Porém confesso que seria muito arrogante se eu estivesse na pele dele (Risos Frenéticos).


7- O que está achando dos caminhos que estão tomando, as decisões para a temporada de 2010?



Muitas equipes “novas” e a possibilidade de Schumacher voltar a correr me causa uma certa ansiedade. Acredito que será uma temporada bacana. Mas temo pelo fim da competição. Não sei, prefiro estar errado, mas acredito que a F-1 está com os dias contados e a principal categoria do automobilismo serão os rallys. Vejam bem que muitos pilotos da F-1 estão indo para a competição e outros estão despertando um desejo de ir. Acredito que a emoção em 2010 ainda haverá. Mas temo pelos anos subseqüentes.


8- Qual a melhor coisa e a pior da temporada de 2009?




Definitivamente a melhor coisa da temporada foi a McLaren não se dar bem. Eu detesto a equipe, mas a Ferrari também não teve sorte. Porém isso não foi de tudo o pior. Acredito que duas coisas marcaram negativamente o ano de 2009 na F-1: O acidente de Massa e a saída, considerada por mim, injusta de Kimi da F-1. Que ele se dê bem nos rallys já que sempre foi azarado na categoria F-1.


9- Uma pergunta menos específica: Qual a sua opinião sobre o trio da Globo; Galvão Bueno, Reginaldo Leme e Luciano Burti?



Galvão Bueno... Se ele pudesse ler isso, gostaria que ele pedisse demissão e parasse de falar tanta besteira na F-1. Aliás, em tudo que ele narra, ele comete deslizes horrendos. Não me simpatizo com essa figura e me angustia ter que ouvir os comentários deste nas corridas. É sem dúvida um narrador/comentarista/palpiteiro. Ele por si só faz o papel do trio. Reginaldo Leme pra mim é dispensável. Não vejo prós nem contras ao mesmo. Luciano Burti é o único que faz jus ao trio. Seus comentários sempre acrescentam aos nossos conhecimentos acerca do esporte, é bastante sensato e se dá o trabalho de corrigir as asneiras que Galvão pronuncia. Ele sem dúvidas é o melhor. Confesso que corrida sem sua presença não é tão boa. A ele dou os meus parabéns.


10- O que espera da temporada de 2010?



Espero a volta de Schumacher (Risos). Bom, acredito que ele não precise mostrar que é bom, mas a volta dele seria interessante. Espero muita competitividade, um campeonato indefinido até a última corrida, pilotos exuberantes e muitas, mas muitas ultrapassagens. É disso que se trata o esporte. Não desejo ver apenas estratégias de equipes, quero ver o talento de um piloto fazer a diferença na ultrapassagem de outro. Que venham muitas manobras boas e que o esporte não chegue a ser chato e monótono somente vencido através de estratégia de engenheiros. Acima de tudo: competitividade!

Adão, agradeço muitíssimo sua participação e agora com a volta de Schumi, seu espera para 2010 se realizou. Não estará na Ferrari, mas estará de volta! ^^
À todos, espero que tenham gostado dessa entrevista e saibam que vcs podem fazer como o Adão, e figurarem aqui com seus pensamentos sobre o esporte. É só entrar em contato.

Abraços afáveis!^^

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Feliz Natal!

Queria deixar um feliz natal à todos que acessam o blog.
Aos amigos de blog: as meninas do Octeto Racing Team, Ron Groo, Andie, Mariana, Liz, Adão, Ichigo Hime, o pessoal do Art Rock Nerd Candies, Moni, Camilla, Priscilla... Aos companheiros de F-1 que já deram as caras aqui: Fernando Kesnault e Zuador... Aos que aparecem quando podem: Latueiro, Don Corleone, Cristiano...
À todos e aqueles que não citei por favor, esse cartão é para vcs todos:


terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Ser fã ou não ser.. Eis a questão!

Finalmente é tempo de descanso! ^^
Nem vi a manhã passar. Meu dedo indicador ficou chato e vermelho do tanto que escrevi na prova de hoje. Chega! Mais? Agora só ano que vem. xD



Bom, agora posso ficar uns dias de bobeira, fazendo outras coisas digamos, inúteis. Será divertido, eu tenho certeza. Já posso receber emails e responder com rapidez... E... ah! Minha irmã já deixou pelo menos uns 10 emails de notícias para mim hoje só pela manhã. Isso ela foi capaz de fazer porque não conseguiu acessar o tal "colheita feliz" do orkut... ^^
Selecionando, tinha umas nove notícias da F-1. Oito delas eu li ontem. A nona... bem... eu queria falar dela, mas envolve Montezemolo e Kimi Räikkönen... E daí o décimo email era uma notícia do yahoo. Coluna do Regis Tadeu (Segue o link para que leiam)... Ok, vou falar disso? Vai ser melhor...

Lendo a coluna pensei na questão do ser ou não ser fã de alguém.
Desconheço o evento base que Regis tirou para escrever. Não tenho Multishow na minha casa porque a tv a cabo à anos não faz extensões pela cidade. Não há nada que os façam mudar de idéia. Quem tem, tem. Quem não tem, ficou sem.
Antenas dessas que se pagam adicionais?... São boas, mas se tivermos uma em casa, temo que aqui ninguém mais vai trabalhar, comer e tomar banho. Ou seja, será declarado estado de calamidade.

Meu canal preferido é o youtube.com. Eu vejo o que eu quero e na hora que eu quero. Assisto telejornais, principalmente para não "boiar" nos assuntos de importância, e porque numa certa época eu não tinha tempo para eles a não ser que falassem de integral, derivadas, Teorema de Pitágoras...
Vejo CQC porque não me faz mal rir um pouco, uma vez por semana.
Tenho pavor das coisas da MTV. Por motivos óbvios, o "M" alí pode ser de tudo, menos de Música. São raras as excessões e nessas excessões provavelmente eu já desisti de ficar no canal e desliguei a tv.
Por isso nem sei do que se trata "banda Strike". Provavelmente uma "cria" da MTV, não tenho dúvidas. Se não for, deve dar as caras nos principais programas do canal. É porque banda de boçais lá é o que não falta.
Não tive paciência em ver o vídeo citado por Tadeu. Não perdi meu tempo. Sei que vcs dirão: "Manu, tu está aí sem nada pra fazer e não vai ver o vídeo e meter o pau numa banda que nem sabe o que é?" Vou. E sabem porque? Porque o ato descrito pelo colunista sobre uma "fã" dos "anormais" já me deixou em completo alerta sobre o quanto a mediocridade reina em certas situações.
Já disse algumas vezes aqui no blog, mas não custa repetir: tenho 22 anos. Se daqui uns 5 anos eu me casar, meu maior pesadelo vai ser ter filhos. Só de pensar na fase "aborrecência" já me deixa com mais cabelos brancos, fora aqueles que a genética já me presenteou.
Eu ainda não consegui definir quem é mais babaca na história... Se é a "fã" ou os "músicos". Se eu tenho uma filha fazendo isso, meu santo! Eu seria sumariamente taxada de "mãe quadradona" na melhor das hipóteses.
Sou absurdamente "velha" para muitas coisas. As vezes eu falo como se eu tivesse no século passado. Eu tiro sarro da cara de meus colegas de sala que se portam como infantis, os mestres das piadinhas de fora de hora e as propagadoras dos "tipo assim". Entre outras coisas que não cabe comentar...

Mas daí a frase do Tadeu: Todo fã é um idiota.
Na hora eu fiquei com sombrancelhas bem arqueadas.

"...fã é todo aquele ser que chora por seu ídolo, que coleciona pastas e pastas com fotos de seu objeto de desejo, que tem seu quarto forrado de pôsteres do alvo de seu fanatismo (palavra que, não à toa, originou o termo "fan" ou "fã", dando uma 'abrasileirada'), que chora na porta de camarim, que passa dias e dias na fila, esperando o momento de entrar no local onde acontecerá o show de seu "amor não correspondido". Ou seja, é o retrato nu e cru, despido de qualquer racionalidade, de um idiota." (trecho da coluna)

Eu fui fã. Gastei um dindin considerável numas revistinhas do tipo Capricho na época de minha infeliz transição de criança à adolescente. De repente eu tinha 14 anos e era preciso umas coisas mais completas e daí virei roqueira. Larguei a idéia do fã, mas algo ainda ficava.
E a ficha caiu por volta dos 18 que fazia mal sair de roupa preta em sol de 35º C. De lápis no olho as 3 horas da tarde não era uma coisa bonita... As coisas não ficavam boas quando uns colegas pagodeiros perguntavam se eu era gótica sabendo que tem umas fotos de garotas góticas na internet que mais parecem garotas eróticas... Opa, tem algo errado! Daí veio a porcaria dos "emos" e...
Roupas normais sim? Sim, e não morri! Hoje ninguém olha para mim como "cruzes, de preto nesse calor!"
Continuo ouvindo as mesmas músicas, já diversifiquei meu gosto. Principalmente tonho orgulho de dizer: eu cresci.

Já devo ter dito que sou "fã" de Nightwish. Levando em conta o trecho do Regis Tadeu há algo errado.
Eu não me rasguei, não chorei e não olhei para o céu com cara de frango de padaria prestes a ser totalmente assado, quando a vocalista Tarja Turunen, membro da banda desde o início, diva do metal sinfônico finlandês, foi mandada embora da banda. Não disse para Deus e o mundo que deixaria de ouvir a banda. A não ser que mudasse para um estilo que não me agradasse, tipo... sertanejo? Afinal o que eu gostava era do som e das letras.
Quatro anos depois e eu estava no show deles com a nova vocalista.
É minha banda favorita sim. Não dei "pití" por causa da máquina fotográfica durante o show. As fotos não estavam ficando boas. Olhei para minha irmã e disse: "Larga isso e curta o show". Foi ótimo sim, adorei e foi duas horas surreais. Mas se eu tivesse chance não sairia enlouquecida atrás de alguém da banda gritando que nem uma gralha. Nunca. Até porque como bom europeus que são, eles iriam fugir no primeiro minuto que isso acontecesse.

"Se você é daquelas pessoas que adora o seu ídolo de uma maneira equilibrada, que aprecia o seu trabalho quando o cara manda bem, mas reconhece as pisadas na bola e os vacilos, então você não é um fã, mas sim um admirador. Você simplesmente gosta da banda ou de quem quer que seja. Você não o ama, não chora por ele, não grita, não se desespera quando um pedido de autógrafo é recusado, não pensa em cortar os pulsos quando recebe a notícia que seu "amor" vai se casar com uma outra pessoa que não é você. Você não é um fã. Você não é um imbecil." (trecho da coluna)

O mesmo cabe à Kimi Räikkönen. Já fiz tributos, textos, lamentações. Fiquei com o coração apertado de ouvir críticas, já saí nos tapinhas singelos para defendê-lo. Faria isso por uma colega de sala. Faria o triplo por um amigo, ou alguém da minha família. Faço isso por justiça. Faço... porque admiro Kimi. Ele foi o primeiro piloto de F-1 que acompanhei. Tenho o direito!
Mas eu não defendi suas bebedeiras. Apenas achei que ele deveria fazer o que ele achasse que deveria. Se ele achou que era hora de beber, que transbordasse em vodka. Pra mim não mudou. Seu caráter foi segundo plano para mim. Primeiro o piloto, segundo a pessoa. Só não acho que duas ou três momentos como esse possam se resumir na vida dele inteira, como muitos fazeram em comentários, como se no lugar de sangue nele corresse etanol. Porque não podemos gostar das pessoas apesar dos pesares? Ele pode gostar de mim e de qualquer outro fã dele sem saber de nossos defeitos (claro, situação hipotética ok?)
Se eu encontrasse com Kimi hoje, digo que não faria nada além de um olhar fixo. Duvido que eu teria coragem de dizer qualquer coisa a ele. Talvez um "poxa, legal ir por rali, mas vc fará falta na F-1". Porque, como ele, eu não sou assim muito "aberta a todos" como uma máquina de caixa rápido. Me bastaria vê-lo correr e vencer. Como no show do Nightwish. Músicas ao vivo, cantadas em uníssono e o sorriso dos músicos no palco e o povo empolgado a minha volta.

"O artista quer que você compre o disco dele e vá aos shows, que demonstre explicitamente a sua devoção comprando a camiseta da turnê, a edição especial do CD que está sendo "trabalhado" na turnê, o chaveirinho, o imã de geladeira. Todo artista no fundo, pensa "me ame, me idolatre, compre todas as bugigangas que eu soltar no mercado, mas fique longe de mim". Lamento, mas esta é a pura verdade." (trecho da coluna)

Será?
Se assim for, que os admirados continuem fazendo um bom trabalho. Cabe só a mim escolher se compro os cacarecos deles.  Mas eu tenho alguma certeza que no fundo, aqueles que "admiro" sabem que sem pessoas para admirá-los, nada seriam. E eles não abusam desse argumento.
É um show bem legal, que em êxtase agradam seus tímpanos e vc canta como se tivesse em casa no seu quarto; é um filme com boa interpretação, que te emociona ou faz rir; é uma apresentação sem igual do atleta favorito na sua modalidade, vencendo, ficando feliz e espalhando a alegria...Não importa como são, importa que são como vc.
É reciprocidade sem palavras, apenas o carinho da troca, do bem estar que provoca. Sem mais. Cabe a nós impor limites e nos valorizar também. Porque o bem que eles podem fazer tem que ser realmente um BEM...



Abraços afáveis!
* E viva o descanso! ^^

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Segundona: quase Natal e quase férias...

Oi gente!
Espero que todos estejam bem. ^^
À essa época eu já estaria de férias. É mas não é o caso. Tenho prova amanhã. A última sim, mas janeiro lá vou eu pegar notas e entregar relatórios e esperar as restantes aprovações pela internet. Ok, faculdade federal tem desses "pobremas"...¬¬'
Janeiro... ^^ Tenho novidades para janeiro... mas depois conto qual será. O presente de Natal antecipado chegou, mas só se concretizará em janeiro. Será bom, espero me divertir bastante.


E falando em Natal recebi um lindo cartão do Blog Octeto Racing Team hoje:



Muito fofo, meninas! Obrigadão!^^ Desejo um Feliz Natal ao vcs tbm! Logo retribuo o carinho!^^

Aos fãs da banda Nightwish tenho um presente:





O Marco Hietala, baixista da banda de Papai Noel???? É siiiiiim!!!!!!
Na reportagem que encontrei, está em finlandês, mas pelo pouco que entendi é uma brincadeira do tipo "quem é o Papai Noel do vídeo?" E eu realmente não demorei muito para perceber quem era.^^ Na verdade já vi logo de cara.
O vídeo, aos fãs da banda e do Marco, se encontra nesse link: Katso video javastaa: Kuka on Keskarin joulupukki.
A música abaixo é uma daquelas que adoro com ele. Simplesmente: Marco Rules! ^^



Aos que ainda não viram, leiam a nova entrevista do Blog, feita com Fernando Kesnault, que está ótima: Entrevista Blog I Love It Loud: Fernando Kesnault. Se quizerem participar, já sabem: Mande-me um email solicitando a entrevista. Ficarei muito grata com as participações.
Muito em breve devo voltar com assuntos de F-1 e rali, talvez cinema e música... Amanhã, enfim em tempo de descanso e dar a devida atenção ao blog!^^
Abraços afáveis!

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Entrevista I Love It Loud: Fernando Kesnault

Olá amigos! Hoje apareço aqui para divulgar outra entrevista que fiz. Dessa vez com meu amigo Fernando Kesnault. Uma entrevista suprema!^^





1 - Quem é Fernando Kesnault? Fale-nos sobre você.



_Sou um cara normal como qualquer pessoa, a lutar na vida profissional e muito preocupado com a ética num país que não se sente à vontade com a mesma; gosto de assistir a um bom filme, de ouvir músicas, de ler, de conhecer a cultura, a política e todos os aspectos sociais e econômicos dos países e nações, além de ter vários “hobbies” e principalmente curtir muito minha princesinha que acaba de fazer cinco anos. Sou advogado e trabalhei anos na área pública como assessor jurídico.


Lara Luísa, a princesinha de Fernando, e seu periquito "Dorado"



2- Quando e porque a F-1 passou a ser “rotina” na sua vida?



_Qdo. criança assisti a minha 1ª corrida de f-1 que foi o GP Mônaco de 1972 debaixo de muuuuita chuva, adorei tudo, os carros, a movimentação e a expectativa do público, a partir daí com o sucesso do Emerson, acompanho a f-1; mas tenho paixão mesmo é pela categoria de esporte-protótipos (antigo Mundial de Marcas, Can-Am, Le Mans Series) e de Turismo (NASCAR, DTM, WTCC, TC2000, Super V8 australiano), onde o piloto tem que mostrar para que veio no volante e pelo visual dos carros e sua competitividade.



3 - Qual o maior ídolo de todos os tempos que acompanha o esporte?


O maior ídolo



_Sem dúvida, em minha opinião é Gilles Villeneuve. Com ele não tinha tempo ruim ou carro quebrado; tentava levá-lo até o fim (como GP Holanda/1979 com três rodas) ou até qdo. agüentasse (GP Canadá/1981, carro batido e sob muita chuva). Alguns diziam que ele maltratava os carros, mas carro de corrida é feito pra isso mesmo. Outro ponto forte da personalidade deste franco-canadense era a ética e o respeito por ela e seus adversários em pista, era valente, impetuoso mas jogava limpo (ao contrário dos Schumachers e Sennas da vida, isso é só prá atiçar as “viúvas”, hahaha).



4 - Qual piloto e/ou equipe que você torce (ou tem preferência), hoje?



"...aprecio a pilotagem do asturiano Fernando Alonso e do finlandês Kimi Raikkonen..."

_Até que antigamente podíamos ter preferência por alguma equipe, hoje são apenas detalhes empresariais, por isso não tenho preferência em nenhuma equipe. Embora existam algumas equipes e patrocinadores que marcaram época, como a Lotus e o negro e dourado da JPS, a equipe de John Wyer (marcas) e o patrocínio da cor azul e faixa laranja da Gulf, a McLaren e a Penske com o vermelho e branco da Marlboro, a Lancia e as listras azul, vermelho e preto em fundo branco da Martini&Rossi(rali). Com relação aos pilotos aprecio a pilotagem do asturiano Fernando Alonso e do finlandês Kimi Raikkonen, por todas as qualidades que têm sobram na turma, depois vem os outros.



5- Além do piloto citado, qual a sua visão as respeitos dos pilotos atuais? Algum destes tem chances de ser o seu “segundo” preferido?



_Atualmente, como em todos os esportes, os “caras” fazem tudo em função do dinheiro, e sem querer ser saudosista, antes os pilotos corriam, se arriscavam em pistas horrorosas e carros sem proteção nenhuma por amor ao que gostava de fazer. Sou um amante do automobilismo é o meu primeiro quesito para ter minha a preferência pessoal é que seja aguerrido e nunca praticar atos imprudentes e negligentes, dentro ou fora da pista.



6- O que está achando dos caminhos que estão tomando, as decisões para a temporada de 2010?



_Parece ser boas, vamos aguardar as primeiras provas para ver se algo irá mudar ou não, no comportamento de pista. Teremos “pit-stops” apenas para troca de pneus, os carros irão largar com tanque cheio, aí então caberá a um piloto técnico e rápido a melhor condução do carro, mas continuaremos ter pistas que mais parecem um kartódromo grande, que não proporciona pontos interessantes de ultrapassagens.



7- Qual a melhor coisa e a pior da temporada de 2009?



_Olha, não acompanhei de perto (e nem fiz questão) a f-1 em 2009, pois o nível de competitividade baixou muito (as provas se transformaram em simples passeios em fila indiana). Estive mais atento e preferi acompanhar todas as provas da Sprint Cup da Nascar, onde presenciei mais emoções, disputas e corridas interessantíssimas com pilotos preocupados em apenas correr (e lógico fazer seu papel no merchandising do patrocinador, hahaha).



8- Se você tivesse o poder de escolha, quais seriam as mudanças que faria para melhorar a F-1 (se você achar, claro, que necessita de mudanças)?



_Com certeza em qualquer campo da vida sempre há a necessidade de mudança e o que eu proporia (na minha humilde opinião) para mudar na f-1 seria o seguinte:
_Já que aumentaram a pontuação até o décimo colocado, adotaria dar três pts. ao pole-position e 2 pts. a quem fizer a melhor volta da prova;
_Cada piloto teria a sua própria equipe de mecânicos, assim não prejudicaria um piloto em detrimento de outro na parada qdo. houvesse (por exemplo) a presença do carro madrinha em pista;
_Mudaria os traçados das atuais pistas tendo mais curvas de raios longos e boas retas e...mandaria o Herr Tide “catar coquinhos” em alguma ilha desabitada do pacífico.



9- Uma pergunta menos específica: Qual a sua opinião sobre o trio da Globo; Galvão Bueno, Reginaldo Leme e Luciano Burti?


 O trio global



_Infelizmente, eles já vem para a transmissão “programados” para o que se pode falar ou passar de informações, portanto não é uma coisa natural, do calor da transmissão. O Galvão tem seus interesses pessoais e profissionais quando fala bem de um piloto tem o seu – digamos – interesse em lucrar; o Leme tem um bom e seguro emprego então não arrisca a contrariar em nada o pessoal da Globo e o Burti é preciso nas informações técnicas mas sinto que é um ferrenho e declarado torcedor ferrarista (o que é ruim, pois passa a ficar antipatizado) e além disso, sinto uma “pontinha” de desilusão da parte dele por não estar lá a atuar.



10 - O que espera da temporada de 2010?



_Espero assistir muitas corridas ao longo do ano e discutir (de forma sadia) com meus amigos blogueiros sobre corridas, fatos e tudo mais.

Fernando, gostaria de agradecer mais uma vez por ter contribuído com o blog. Sua entrevista provavelmente é um diferencial e um adicional frente a turma que está iniciando agora o gosto por esportes a motor.
Obrigada mesmo!

Ao pessoal que acompanha o blog, sintam-se a vontade para participar também. Não importa quando começaram a gostar de F-1, ou por quem torcem. Como dizem: "o importante é participar"! ^^
As pessoas que estão aqui dando entrevistas foram convidadas por mim a contribuirem, mas é claro aceito sempre novas pessoas revelando algo sobre o esporte.
Saibam que aguardo o email dos interessados.
Abraços afáveis!^^

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Ladainha de "O Hobbit" nos cinemas

Já falei aqui do projeto para fazer do livro de J.R.R Tolkien, "O Hobbit", uma obra cinematográfica.
Era para apresentar o ator que enterpretará Bilbo na Comic Con em agosto... Guilhermo Del Toro, o diretor, nem falou nada...
Lendo essa notícia na Folha, como fã fiquei mais uma vez na expectativa:

Guillermo del Toro fala aos fãs sobre as filmagens de "O Hobbit"

Informações sobre as filmagens de "O Hobbit" surgiram de todos os lados nesta semana. Peter Jackson, produtor do longa, falou sobre a escolha dos atores e Guillermo del Toro, o diretor, estaria em negociação para ter a voz de Smaug, o dragão que é o grande desafio vivido pelos heróis na história.
Procurando mais detalhes, o site TheOneRing.net - site de fãs de J. R. R. Tolkien que ganhou fama ao acompanhar a produção da trilogia cinematográfica "O Senhor dos Anéis" - conversou com del Toro.
O diretor disse que não é possível confiar em tudo o que ele e Jackson têm dito sobre os dois filmes. Em suas declarações eles dizem aos fãs o que pretendem fazer, mas nada pode sair do papel antes de terem os dois roteiros prontos, orçamento aprovado, filmagem agendada e o sinal verde do estúdio.
Por isso não há uma data de filmagem concreta, mas a dupla deseja rodá-lo no segundo trimestre de 2010.
Guillermo del Toro não consegue imaginar outra pessoa que não Andy Serkins para viver o Gollum, mas nem isso pode ser dado como certo. O primeiro roteiro teve boa recepção da Warner e o seu apoio.
No momento, eles estão trabalhando no desenvolvimento dos roteiros, procurando locações, fazendo os designs com a equipe de efeitos da Weta. Os primeiros testes de animação de Smaug estão em curso, as pré-visualizações estão sendo feitas e a fabricação de armamentos, prostéticos e figurinos.
As estreias dos filmes que adaptam o livro de Tolkien que deu origem à saga do anel estão previstas para dezembro de 2011 e 2012.

Ah, angústia da espera... ¬¬' Para mim, já se tinha roteiro montado, e boa parte de set de filmagem... Afinal, ouço falar desse filme, o quê? Faz uns dois aninhos já? Mas, estive enganada...

Pessoas, volto depois... Não se esqueçam de comentar na nossa primeira entrevista do "Blog I Love It Loud e vc na F-1". Entrevista com Jeordan, o Zuador. Se quizerem fazer como meu amigo Zuador, mandem email certim?

Abraços afáveis!

sábado, 12 de dezembro de 2009

Entrevista I Love It Loud: Jeordan - o famoso "Zuador"



Olá amigos! Hoje começo a seção de entrevistas do blog. O primeiro a ser entrevistado é Jeordan, o Zuador que conheci a partir do quase extinto blog Análise F-1. Confiram a entrevista de Zuador:

1- Quem é Jeordan? Fale um pouco sobre você.



Quem é Jeordan? Hum... Primeiramente um cristão, alguém que ama muito o Senhor Jesus, que tem uma admiração imensa por Ele e um fé sólida, firme como uma rocha, alguém que pretende honrá-lo em todos os campos de sua vida. Jeordan é um rapaz bastante comunicativo, bem extrovertido, embora seja um pouco tímido, gosta muito de seu curso de psicologia, pois é fascinado pela mente human; sincero na medida do possível, usando a sinceridade a serviço do bem e não para magoar as pessoas, aliás isso não é sinceridade (hehehe); humano, que se preocupa com seu semelhante, que busca valorizar as pessoas e usar as coisas, um tanto quanto estudioso e principalmente curioso, amante do conhecimento, fascinado pelo judô, esporte a qual pratico a mais de dez anos, e pelo qual já competi bastante. Jeordan é uma rapaz jovem, de 23 anos de idade, (e pretendo ser jovem até uns 90,rsrs) nascido em João Pessoa, cidade maravilhosa, a qual tenho muito orgulho, que tem uma qualidade de vida excelente, segunda cidade mais verde do mundo e que tem uma orla marítima fantástica. Enfim,alguém que busca ser um homem de sucesso, mas antes disso ser um homem de valor, um rapaz um tanto quanto temperamental, as vezes meio difícil de lidar, ansioso e algumas vezes convencido, porém buscando controlar essa vaidade que as vezes aparece; sou muito grato a Deus por cada pessoa maravilhosa que Ele coloca em meu caminho, e que apesar de ser um tanto quanto individualista, tenho noção da importância de ter pessoas maravilhosas em meu caminho me auxiliando, e acima de tudo, que tenho plena certeza que sem Cristo nada seria e tudo devo a Ele.


2- Quando e porque a F-1 passou a ser “rotina” na sua vida?


A F-1 passou a ser rotina mesmo na minha vida a partir de 2007, acompanho Fórmula 1 a bastante tempo pra minha idade, mas ou menos desde de 1998, o primeiro titulo do Mika Hakkinen, porém, assiduamente só a partir de 2007, quando o genial Schumi não estava mais nas pistas, achava chato quando ele estava pois era muito melhor que os outros ao meu ver. De fato passei a acompanhar mais assiduamente exatamente quando a Fórmula 1 ficou mais empolgante,e o motivo pelo qual passei a acompanhar rotineiramente foi a esperança que ainda tenho forte de ver o Felipe Massa campeão mundial, e também o desempenho de vários outros pilotos que admiro, como Hamilton, Vettel e Kubica. Enfim a F-1 passou a fazer realmente parte da minha vida, rsrs, fico as madrugadas acordado, estou sempre lendo as notícias sobre, adoro estar bem antenado na questão dos bastidores, da “dança das cadeiras”, enfim, adoro estar por dentro desse circo da F-1, simplesmente acabei ficando louco pela F-1, fascinado.


3- Qual o seu maior ídolo?


Ayrton, um "herói"...


Meu maior e único ídolo é Jesus Cristo. Tenho vários “heróis” os quais admiro, Toshihiko Koga no judô, ao meu ver segundo melhor judoca de todos os tempos, na Fórmula 1, o grande Ayrton Senna o qual não tive a honra de vê-lo competir.


4- Para qual piloto e/ou equipe você torce, hoje?


Felipe Massa, o favorito...


Torço para todos os pilotos brasileiros, mas em especial para o Felipe Massa sem dúvida, que ao meu ver já é um piloto top, porém, tem ainda o estigma de ainda não ser campeão mundial. A equipe simpatizo é com a Red Bull e a Williams.


5- Além do seu piloto principal, qual o segundo que tem também sua torcida?


Kimi e Lewis: um pela personalidade e outro pelo talento...

Dentre os estrangeiros, gosto do Lewis Hamilton, apesar de as vezes ele pisar na bola pela sua impulsividade e falta de humildade, é um piloto muito rápido e com momentos de genialidade. Há um piloto o qual não torço, mas gosto de sua personalidade, é o Kimi, gosto do jeito como ele encara as coisas, adoro as respostas dele aos que tentam provocá-lo, rsrs, a resposta que ele quando falaram de uma provocação do Alonso foi excepcional, rsrs, algo como, “eu não dou a mínima para o que esse cara fala, pensa ou deixa de pensar, por que eu deveria me importar com isso?” E a que ele deu quando perguntaram porque ele não foi pra despedida do Schumi, ele disse que “estava cag...”, rsrs, e também admiro sua esperteza, pois vai embolsar 17 milhões de euros e ainda vai correr em rali e tem grandes chances de em 2011 estar num carro super competitivo, o da Red Bull.


6- O que espera da temporada de 2010, com as poucas coisas que já estão decididas?


Espero que as corridas exijam mais do braço do piloto, da sua sensibilidade do carro, pois vai ser necessário poupar pneus e outros compostos, pois com a proibição do reabastecimento,os carros estarão mais pesados e haverá maior desgaste dos pneus e de muitos compostos do carro. Creio que a luta pelo titulo será acirrada,os candidatos ao meu ver são: Massa, Alonso,Hamilton, Button, Rosberg e Vettel. Dessa relação de pilotos, ao meu ver Massa, Alonso e Hamilton são os melhores, em seguida o Button, que evoluiu bastante, Vettel, que é talentoso demais, porém ainda o acho “verdinho”, e Rosberg, que coloco por ultimo pois pra mim ainda é uma incógnita. Massa ao meu ver vinha sendo o melhor piloto de 2009, guiando excelentemente a carroça que tinha nas mãos, rsrs, Alonso é um cara que tem muita sensibilidade do carro e que trabalha duro, não gosto dele, mas é um bom piloto e vai da bastante trabalho pro Massa, e Hamilton tem momentos de genialidade, é muito rápido,bom em circunstancias de pista não muito boa, como chuva por exemplo, ao meu ver os dez melhores pilotos da F-1 atual são: 1-Massa, 2-Hamilton, 3-Alonso, 4-Button, 5-Vettel, 6-Kubiça, 7-Rosberg, 8-Barrichello, 9-Webber, 10-Trulli.


Gostaria muito que o Kobayashi e o Luca Di Grassi conseguissem uma vaga para correr em 2010, estou ansioso para ver como Brunno Senna vai se sair também, mas não faço parte do pessoal do “oba oba” só porque o cara é sobrinho do Senna, por um lado ele nunca ganhou nada, e a questão do sobrenome o ajudou muito a entrar por conta de patrocínios, por outro, o garoto aprende rápido, e já foi inclusive bastante elogiado por isso, espero que ele realize um bom trabalho para manter-se na F-1 e quem sabe estar brevemente em uma equipe de ponta.


7- O que foi a coisa de melhor e de pior na temporada de 2009 para você?


A melhor foi o sucesso da Brawn GP, que mostrou que um genial comandante de equipe pode fazer uma imensa diferença, e a pior foi o acidente do nosso Felipe Massa e o vergonhoso jogo de equipe da Brawn.


8- Do seu piloto favorito, qual a(s) qualidade(s) e defeito(s) do mesmo, na sua opinião?


As qualidades: o Massa é bastante arrojado, como não gosto de piloto muito comedido acho isso ótimo, ele não tem medo de ninguém, é excepcional nos treinos classificatórios e faz bastante ultrapassagens.

Os defeitos: Embora tenha evoluído muito e chegado a supera-se em varias pistas, em algumas pistas o Massa ainda deixa a desejar, costuma começar mal o mundial, principalmente na primeira corrida e geralmente cresce a partir do GP da Turquia, que se não me engano é o terceiro da temporada.


9- O que você acha das mulheres que dão palpites sobre a F-1?


Eu acho excelente quando realmente entendem de Fórmula 1, a Priscila por exemplo dá um show no seu blog, sabe muito sobre F-1. Confesso que não gosto muito de blogs de fãs clubes, principalmente dos pilotos bonitos, não curto muito os palpites do tipo tiete, tem sempre aquela velha desculpa do tipo tiete que diz que não ver a F-1 pela beleza do piloto pois ele ta todo coberto na corrida, mas torcer porque tal piloto é lindo, comentários que ele é o melhor, pois é lindo, me doem nos nervos, rsrs. Ainda bem que tenha algumas amigas que realmente entendem de F-1, e gosto muito sim de seus palpites, independente de concordar com eles ou não.


10- Se você tivesse o poder de escolha, qual seria a mudança principal que faria na F-1 para a temporada que vem?


Hehe, a primeira eu precisaria de um poder imenso, pois iria acabar com essa palhaçada de piloto esta “comprando” vaga na F-1, rsrs. Mudaria essa questão dos testes, acho ridículo essa proibição dos testes durante toda a temporada, entra piloto no meio da temporada, sem nunca ter guiado um F-1 e vai logo pra pista, acho um absurdo. Tiraria a proibição do reabastecimento também, em pistas como “HungaroRUIM” quase não se tem outra forma de ultrapassar senão nas paradas nos Boxes.


11- Diga qual a sua visão sobre o trio da Globo: Galvão Bueno, Reginaldo Leme e Luciano Burti?


Trio Global...


Acho que muita gente vai discordar veemente de mim, rsrs, mas eu gosto do Galvão, de fato as vezes ele fala bobagem, tem hora que é complicado, rsrs, mas ele dá emoção a corrida, sua narração tem emoção e também bastante informação, na Eurocopa do ano passado, via o narrador do jogo num dá quase nada de informação, eu via jogadores como Cannavaro, Totti, Pirlo no banco de reservas da Itália e o cara nem fala nada, era muito chato isso. Reginaldo parece ter um pouco mais de conhecimento de F-1, não o acho nenhum fantástico não, mas acho que sabe um pouco mais que a maioria da imprensa brasileira que trabalha no meio. Burti é muito bom comentarista, rsrs, agora fico as vezes me perguntando como será sua relação com o Galvão, já que compete na Stock do Kaká Bueno, as vezes acho que é exigido demais do Burti, pois ele foi piloto por muito pouco tempo, acho que tem coisas que ele não sabe tão bem.


Gostaria de agradecer por essa oportunidade de falar um pouco sobre mim, Jeordan, o “Zuador”, que hoje é fascinado pela Fórmula 1, que fica noites em claro lendo notícias, esperando as corridas da madruga começar, e também pela oportunidade de falar um pouco sobre o que penso sobre F-1, obrigado amiga Manu por essa oportunidade, e que Deus te abençoe!

Ao Zuador, o meu grande abraço e o meu muito obrigada pela entrevista. Espero contar com seus comentários aqui no blog na temporada do ano que vem. Obrigada mesmo!
Aos visitantes, saibam que vcs também podem participar, basta que me mandem um email cogitando as perguntas.
A novidade que deixo é que em breve voltarei com mais entrevistas.
Abraços afáveis!^^