terça-feira, 30 de março de 2010

GP da Austrália... Foi divertido!

Amigos!
Sei que devo uma crítica aprofundada, mas a minha internet brigou comigo na tarde de domingo quando eu tinha reservado meu tempo para ela e teimou em não funcionar.
Fiz um texto de comentários sobre o GP da Austrália, mas não gostei dele.
Foi boa corrida, foi agradável e muita bobagenzinha aqui e alí me rendeu risadas eos bons momentos de ultrapassagens (mesmo que algumas fossem desajeitadas) fez com que a corrida não ficasse tão chata como Barein (Deus é pai!).
Quem viu sabe do que falo. Foi ou não foi legal?
Duas pessoas extras? Ok, Alonso fez o que podia, mesmo com a circunstâncias que lhe foram dadas. Podia ter feito mais se não fosse certos bisonhos (ou não) seres. E Schumacher... Como não sei alemão vai em italiano mesmo: "Che sucede?"
Quatro coisas de pauta: 
Primeira! Alguém precisa dar um jeito nessa "situation" do Vettel. Eu já teria surtado se fizesse tudo normal e acontecesse duas derrotas dessa comigo. Ai, ai...
Segunda coisa: Um trio fantástico, que não é assim lá tão fantástico Hamilton-Massa-Webber me garantiu inúmeras risadas e frases como "oquequeissoméuDéus"... XD
Terceira: o diferencial das corridas como essa é mais uma coisa além do motor: "é uma peça entre o banco e o volante" como diria Galvão. Para ilustrar isso é só ver Kubica e Button. O primeiro segurou o segundo lugar de forma de tirar o chapéu. E o segundo, fez uma escolha no começo da corrida que fez muita gente pensar "que anta!" e no fim seu companheiro fez tanta lambacinha que ele mesmo só fez o que deveria, se manteve na pista e aproveitou a deixa dada pelo menino Vettel (que volto a dizer sobre ele: "precisa de uma benzedeira", urgente!).
Na quarta coisa eu deixo como foto, porque para mim é assim: uma imagem vale mais que mil palavras:


Abraços afáveis! ^^

sábado, 27 de março de 2010

Pole Position Austrália: É Vettel de novo!

Eu sei que disse que a repetição cansa. Mas no caso, garanto que a repetição da pole que aconteceu no Barein, acontecer novamente no GP da Austrália, não foi de todo ruim. Pelo menos, não para mim.
O surpreendente de não ter assitido ao treino classificatório em tempo real é que assiti por volta das 8 da manhã como se estivesse acontecendo no exato instante.


Sim, eu consegui essa proeza e vi essas criaturas aí acima sendo os três primeiros para começar a corrida amanhã.
Não dá para querer deixar melhor do que está. No mais, nem ando pensando em pódios favoráveis ao meu gosto. Nem sempre consigo e nem sempre serve de alguma vantagem.
Amanhã a única coisa que posso admitir como agradável é que a corrida não seja chata como foi Barein. Acho que será, mas enfim, espero que não.

Os que completam o grid, no caso vem Jenson Button em quarto. Eu não sou muito má, mas ontem mesmo fiz um post mostrando uma singela frase de JB no sentido de "vamos esperar sábado para ver" e ele esperou e até que se deu relativamente bem. É mais rápido e larga a frente de seu supremíssimo companheiro de equipe Lewis Hamilton. 
Falando no ser, pela primeira vez em toda minha vidinha eu concordei com Galvão Bueno durante uma transmissão de treino como a que tivemos nessa madrugada. Ora se Galvão fez aqueles comentários sobre HAM, a única coisa que posso fazer é balançar minha cabeça positivamente. 
Só não vê quem é cego. E para sei décimo primeiro lugar eu só "LÁLÁ"... Só LAmento.
Em quinto temos o Felipe Massa. O que acontece com o brasileiro? Está certo que Fernando Alonso é mais rápido em termos técnicos para "acertar" carro... Bom, isso vai ser motivo de intriga caso ele continue atrás do espanhol. *Ah, imprensa super ética brasileira, lalalalalalalalala...*
Nico Rosberg, em sexto, insatisfeito com o resultado... Em sétimo, o seu companheiro,  o grande Michael Schumacher... Insatisfeito com o resultado e... ainda diz que Hamilton e Alonso atrapalharam ele... Buenas. Eu me pergunto, até aonde irá a paciência do Schumi?
Em oitavo vem Rubim. Feliz com a situação vai largar ao lado do Schumacher. Eu se fosse ele não ficaria tão feliz assim.
Em nono vem Robert Kubica e em décimo Adrian Sutil (o alemão mais "suspeito" que já vi na vida). Completam o grid: 11 - Lewis Hamilton; 12- Sebastien Buemi; 13- Vitantonio Liuzzi; 14- Pedro De La Rosa; 15- Nico Hulkenberg; 16- Kamui Kobayashi; 17- Jaime Alguersuari; 18- Vitaly Petrov; 19- Heikki Kovalainen; 20- Jarno Trulli; 21- Timo Glock; 22- Luca Di Grassi; 23- Bruno Senna e 24- Karun Chandhok.

E aí? O que vcs acharam?
De qualquer forma, amanhã estou por aqui, se der.
Boa corrida à todos, se alguém for ficar pescando em frente a tv. E bom sono depois que terminar! ^^
Abraços afáveis!

sexta-feira, 26 de março de 2010

Grande Prêmio da Austrália: Treinos livres de sexta...

É.
Hoje teve treinos livres como todos já sabem. Passada a manhã toda sentada numa cadeira de estudante requer um simples evento assim que chego em casa, almoçar e perguntar a minha irmã as parciais dos treinos livres. 
Juntando os dois, os melhores tempos foram esses:

1 - Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) - 1m25s801 (35 voltas)
2 - Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) - 1m26s076 (38)
3 - Mark Webber (AUS/RBR-Renault) - 1m26s248 (44)
4 - Michael Schumacher (ALE/Mercedes) - 1m26s511 (35)
5 - Vitaly Petrov (RUS/Renault) - 1m26s732 (51)
6 - Sebastien Buemi (SUI/STR-Ferrari) - 1m26s832 (50)
7 - Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes) - 1m26s834 (22)
8 - Vitantonio Liuzzi (ITA/Force India-Mercedes) - 1m26s835 (35)
9 - Rubens Barrichello (BRA/Williams-Cosworth) - 1m26s904 (43)
10 - Robert Kubica (POL/Renault) - 1m26s927 (50)
11 - Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - 1m26s956 (40)
12 - Pedro de la Rosa (ESP/Sauber-Ferrari) - 1m27s108 (38)
13 - Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari) - 1m27s455 (28)
14 - Felipe Massa (BRA/Ferrari) - 1m27s511 (39)
15 - Nico Hulkenberg (ALE/Williams-Cosworth) - 1m27s545 (51)
16 - Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault) - 1m27s686 (42)
17 - Fernando Alonso (ESP/Ferrari) - 1m27s747 (40)
18 - Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes) - 1m28s537 (25)
19 - Jaime Alguersuari (ESP/STR-Ferrari) - 1m28s572 (64)
20 - Heikki Kovalainen (FIN/Lotus-Cosworth) - 1m29s860 (41)
21 - Jarno Trulli (ITA/Lotus-Cosworth) - 1m30s695 (30)
22 - Timo Glock (ALE/VRT-Cosworth) - 1m32s117 (17)
23 - Lucas di Grassi (BRA/VRT-Cosworth) - 1m32s831 (27)
24 - Bruno Senna (BRA/Hispania-Cosworth) - 1m33s401 (24)
25 - Karun Chandhok (IND/Hispania-Cosworth) - 1m34s251 (20)

Choveu e parece que apenas os "espertos" ou como diria o site do Globo Esporte, "um drible foi decisivo" propiciou isso aí acima...
Uma coisa devo revelar e isso é que prefiro esse papinho do Button à qualquer outro:
"- Foi só uma sexta-feira, e nossos carros podem estar um pouco mais leves que os outros. No sábado é que vamos ver em que nível estamos –"  afirmou Button. 
E por mim já basta.

Vou ser bem, mas bem sincera: Barein foi um saco. O treino foi até melhorzinho, mas nem grande coisa assim. 
E no sono acumulado que estou, por muito estou pensando duas, três, quatro vezes em assistir esse treino.
Desmotivada? Sim. Cansada? Muito!
Por via das dúvidas eu ainda guardo uma coisa no meu quarto que se chama vídeo cassete (tem criatura tecnológica que nunca viu um, mas enfim...) e vou dormir e deixar um outro negócio arcaico funcionando dentro do vídeo... A fita de vídeo! DVD nem pensar, meu pai provavelmente vai estar usando ele... Se acontecer algo extraordinário vai estar a disposição para ser visto na manhã de sábado.

Mas se novamente vcs me perguntarem quais são as minhas espectativas, direi que não são melhores que do Barein, porque cansa criar emoções e no fim a decepção ser grande.
Tudo o mesmo como fiz no post anterior.
Aí passeando pelos sites da vida a gente se depara com isso: 

Hamilton exagera na velocidade fora do autódromo e leva multa em Melbourne

"- O que eu fiz foi uma bobagem, queria pedir desculpas por isso. Eu estava dirigindo de maneira exuberante demais e, por causa disso, fui parado pela polícia – lamentou o campeão de 2008 da F-1." 

Exuberante.... É a primeira vez que vejo essa palavra no emprego de falta senso quanto à velocidade. Não seria "exorbitante", melhor?
E ainda: "O que eu fiz foi uma bobagem, queria pedir desculpas por isso."
Parece que ouvi isso exatamente da mesma pessoa, na mesma cidade no ano passado... Ouvimos? Meu Deus!
(Eu falo que sempre tudo se repete...¬¬')

"O que eu fiz foi uma bobagem..."
Vc faz outras coisas também Lewis Presuntinho?... Então tá! *Risadas maléficas!*


Vamos ver o que acontece de legal esse fim de semana. E nisso, darei meus pulinhos aqui.
Abraços afáveis!

quinta-feira, 25 de março de 2010

Casal é tudo igual (Texto recebido por email - Autor não fornecido)


Ele: - Alô?
Ela: - Pronto.
Ele: - Voz estranha... Gripada?
Ela: - Faringite.

Ele: - Deve ser o sereno. No mínimo tá saindo todas as noites pra badalar.
Ela: - E se estivesse? Algum problema?

Ele: - Não, imagina! Agora, você é uma mulher livre.
Ela: - E você? Sua voz também está diferente. Faringite?

Ele: - Constipado.
Ela: - Constipado? Você nunca usou esta palavra na vida.

Ele: - A gente aprende.
Ela: - Tá vendo? A separação serviu para alguma coisa.

Ele: - Viver sozinho é bom. A gente cresce.
Ela: - Você sempre viveu sozinho. Até quando casado só fez o que quis.

Ele: - Maldade sua, pois deixei de lado várias coisas quando a gente se casou.
Ela: - Evidente! Só faltava você continuar rebolando nas discotecas com as amigas.

Ele: - Já você não abriu mão de nada. Não deixou de ver novela, passear no shopping, comprar jóias, conversar no telefone com as amigas durante horas...... (Silêncio.)
Ela: - Comprar jóias? De onde você tirou essa idéia? A única coisa que comprei em quinze anos de casamento foi um par de brincos.

Ele: - Quinze anos? Pensei que fosse bem menos.
Ela: - A memória dos homens é um caso de polícia!

Ele: - Mas conversar com as amigas no telefone...
Ela: - Solidão, meu caro, cansaço... Trabalhar fora, cuidar das crianças e ainda preparar o jantar para o HERÓI que chega à noite... Convenhamos, não chega a ser uma roda-gigante de emoções...

Ele: - Você nunca reclamou disso.
Ela: - E você me perguntou alguma vez?

Ele: - Lá vem você de novo... As poucas coisas que eu achava que estavam certas... Isso também era errado!?
Ela - Evidente, a gente não conversava nunca...

Ele: - Faltou diálogo, é isso? Na hora, ninguém fala nada. Aparece um impasse e as mulheres não reclamam.
Depois, dizem que faltou diálogo. As mulheres são de Marte.
Ela: - E vocês são de Saturno! (Silêncio...)

Ele: - E aí, como vai a vida?
Ela: - Nunca estive tão bem. Livre para pensar, ninguém pra me dizer o que devo fazer...

Ele: - E isso é bom?
Ela: - Pense o que quiser, mas quinze anos de jornada são de enlouquecer qualquer uma.

Ele: - Eu nunca fui autoritário!
Ela: - Também nunca foi compreensivo!

Ele: - Jamais dei a entender que era perfeito. Tenho minhas limitações como qualquer mortal...
Ela: - Limitado e omisso como qualquer mortal.

Ele: - Você nunca foi irônica.
Ela: - Isso a gente aprende também.

Ele: - Eu sempre te apoiei.
Ela: - Lógico. Se não me engano foi no segundo mês de Casamento que você lavou a única louça da tua vida. Um apoio inestimável... Sinceramente, eu não sei o que faria sem você! Ou você acha que fazer vinte caipirinhas numa tarde para um bando de marmanjos que assistem ao jogo da Copa do Mundo era
realmente o meu grande objetivo na vida?

Ele: - Do que você está falando?
Ela: - Ah, não lembra?

Ele: - Ana, eu detesto futebol.
Ela: - Ana!? Esqueceu meu nome também? Ciro, você ficou louco?

Ele: - Ciro? Meu nome é Ronaldo! (...Silêncio...)

Ele: - De onde está falando?
Ela: - 578 9922
Ele: - Não é o 579 9222?
Ela: - Não.
Ele: - Ah, desculpe, foi engano.
 
Esse fim de semana tem F-1. Grande Prêmio da Austrália.
No fim das contas acho que vai ser quem nem os GP's de sempre: como qualquer casal, vai ser tudo igual. Só mudando alguns nomes, talvez não.
Se der, amanhã retorno com minhas espectativas para o GP. Enquanto isso para quem não viu, façamos como Schumi:
 
 
Vamos brincar com os primos do Flipper... *Que coisa meiga e aconchegante, hã Schumi?!* xD
Abraços afáveis! ^^

segunda-feira, 22 de março de 2010

Semana do cão...

Eu sei que sumi durante a semana que passou... E fiquei super tensa sobre isso.
Retomo as atividades normais essa semana agora, que começa hoje. (Ufa!)
Eu não sei como, mas sei que acordei na segunda passada e quando pisquei já era domingo e não tive nenhum momento de "recreio"... ¬¬'
Hora de controlar melhor o tempo... Se alguém souber como faz o dia de 24 horas transformar em 48, me avise! ^^


Tenham um ótimo começo de semana!

domingo, 14 de março de 2010

GP do Barein? Ai, ai...

Começamos a temporada da F-1.



Eu não sei, mas não empolguei muito. Semana passada se alguém me dissesse que Fernando Alonso ganharia a primeira corrida do ano eu diria "óbvio". Quando vi Vettel ontem, fiquei bem empolgada. Gosto de Vettel, mais do que gostaria e menos do que deveria. Mas perder a potência é frustrante, mas definitivamente não é culpa dele.


Eu tenho um palpite: Fernando Alonso ganhará o campeonato. Tomando 2007 como base - sim, pois em 2007 a Ferrari também tinha um piloto estreando, o Kimi Räikkönen -acompanhem meu raciocínio: Kimi venceu a primeira corrida e ganhou o campeonato não tendo em mãos um trabalho fácil, mas provocando a idéia de que se adaptou bem à nova equipe.
2008 apesar de ser um ano que eu não levo muito em consideração, Lewis venceu o primeiro GP também e quem ganhou o campeonato?
2009... Jenson abalou as estruturas, venceu GP da Austrália e... o campeonato? Siiiiiiiiiiiiiiiiiim.
Tudo bem, todos esses 3 anos foram GP's da Austrália os primeiros e agora Barein... Mas, e daí? Já se começa com vantagem eu pressuponho. Em se tratando de Alonso - e quando eu  digo Alonso eu falo de perfeccionismo e não de momentos egocêntricos (por favor, se alguma vez aconteceu é passado, certo?)
Fernando venceu a corrida na largada. Pode não ter ameaçado o lugar de Vettel até a volta 34 quando o alemão teve seu probleminha básico. Mas esteve no lugar certo na hora certa e foi até o fim bem, sem medo de ser feliz.
Triste foi Vettel, infeliz situação pois estava muitíssimo bem.
Meu parecer sobre o Felipe Massa é só um: da próxima vez que o mesmo sair a frente de Alonso, os fãs do mesmo esperem até ver o que acontece na corrida, mas esperem com olhos bem abertos. E não ouça Galvão Bueno. Alguns de nossos sentidos nessas horas fanáticas nos traem.  
Sobre Hamilton. Corrida morna, morníssima. (In)felizmente não tenho nada a dizer além disso.
Nico Rosberg tem meus parabéns, pelo motivo bobo que todos apontam como principal: estar a frente de Schumacher. Eu podia jurar que ele se renderia ao "monstro sagrado". Mas não, fez o que pode com as ferramentas que lhe foi entregue. Como ele nunca significou grande coisa para mim, me dou por satisfeita só por isso.
Schumacher pode estar enferrujado, mas eu imaginei uma corrida 8 ou 80 para ele. 8: saindo arrasando tudo e todos, ou 80: fazendo algum passeio dominical no sentido desastroso. 3 anos parado e um sexto lugar? Para ele é ruim, pros fanáticos é péssimo, mas os tempos são outros e ele não precisa provar nada a ninguém. Na verdade ele nem precisava se esforçar, mas já que sente necessidade. Bem - vindo - de - volta, para não parecer ingrata.
Button! Sétima posição quando o seu companheiro em terceiro (tudo bem que caiu no colo essa colocação né, Lewis presuntinho?) Derrota. Sabem porque? Massa só ficou uma posição atrás de Alonso (isso porque dizem que os dois estão em níveis idênticos). Schumi ficou uma posição atrás do Rosberg também... E Button? Pra mim ele teve mais facilidade e se mostrou melhor que Lewis na hora de ganhar um campeonato. Ah, McLaren, McLaren...
Mark Webber em oitavo, não acho que seja chocante, ele teve lá seu probleminha na largada e ele não é melhor ao meu ver que Vettel, então marcar pontos ajuda a Red Bull.
Liuzzi foi surpresa na nona posição, mas é melhor que seja Liuzzi do que Sutil, seu companheiro de Force India, porque sinceramente Sutil é um perigo constante. Tenho más lembranças de Sutil e ele não é muito sutil nas pilotagens. O mesmo terminou a corrida em décimo segundo.
Rubim!!!!! Décima posição? 1 ponto.
...
...
Ok, décimo primeiro, amigo Kubica na Renault que tem cores bonitinhas. A Renault está de parabéns pela superação de dramas do passado, Kubica é um bom piloto, mas a historinha com Petrove a suspenção nos boxes foi meio sem graça (acabou que o próprio abandonou a corrida)...
Completaram as posições Alguersuari (que Galvão chama de "Alguersuêro" - hããã?) em décimo terceiro, Nico Hulkenberg (que eu esperava bem mais) em décimo quarto, Heikki Kovalainen (dando graças por não ser mais capacho) em décimo quinto, Buemi em décimo sexto e Jarno Trulli (padecendo na Lotus) em décimo sétimo.
Não completaram os coitados: Pedro de la Rosa, a 19 voltas por problemas mecânicos; Bruno Senna (coitado sofre com a Hispania e sofre com o Galvão...) a 31 voltas por problemas no motor (por que será, né?); Timo Glock, a 32 voltas por problemas hidráulicos; Vitaly Petrov (que já comentei) a 35 voltas por dramas na suspensão; Kamui Kobayashi (que não vai ser o mesmo do ano passado se o carro não melhorar) a 37 voltas por problemas mecânicos como o companheiro De La Rosa; Lucas di Grassi, a 46 voltas por problemas hidráulicos e o novato Karun Chandhok, com 2 voltas completas pós a largada, abandonou por um acidente.

Esses são os novos "fofinhos" de 2010...

A comemoração característica...

Precisa de legenda?

Amanhã (se houver tempo...) eu volto com  mais dos cliques que eu encontrar por aí.
Eu acordei hoje para ver essa corrida na vontade de ter emoção. Bom, foi tão normal que não foi dessa vez...
"Salutos" aos fãs do Príncipe das Astúrias. Ele está de volta, meu povo!

PS: existe uma propaganda antiiiiga do Sir Alonso da Telefonica se não estou louca, que tem essa música abaixo que deixo como trilha do dia aos fãs do asturiano:


Abraços afáveis!

sábado, 13 de março de 2010

Os primeiros do primeiro...

Estes são os primeiros que largarão na frentona do GP do Barein.


Estava com saudade de alguns rostinhos (algum em especial me fez falta absurda mas "anyway"...), algumas caretas poderiam até fazer falta, mas do que eu realmente não estava com saudade era do Sir Galvão "Ana Maria Braga" Bueno. É, porque a frase: "vai lá Felipe, eu sou mais vc" podia ficar de fora né? Em off, guardada no âmago do íntimo do eu de GB... Afinal ele é narrador. Deixamos as torcidas para os Massistas de plantão, que eles sabem e fazem isso com vontade. Fora isso teve lá suas costumeiras asneiras... Mas essa é uma briga eterna. Eu e Galvão num ringue tem duas situações: para ele provavelmente seria doloroso e para mim seria a redenção.
Maaaaaaaaaaas, a vida é melhor amanhã pela manhã, ou assim espero que seja. Hoje o treino foi peculiarmente até divertido. E espero que a corrida do Barein seja legal.
Eu preciso falar por quem eu torço amanhã?
Vamos ver como eu acordo amanhã certo? Hahahahahahahahahaha... É, porque ao contrário de alguns compatriotas eu não curto comemorar antes da corrida começar. Ah, não mesmo! ^^

Abraços afáveis a todos e a gente escreve amanhã (se der).

*PS: Uma musiquinha para o Galvão: Ugly Kid Joe - I Hate Everything About You

quarta-feira, 10 de março de 2010

O que esperar da nova temporada da F-1 esse fim de semana?

7:00 horas da manhã e eu estava sentada numa mesa de cimento debaixo de uma árvore hoje no campus da universidade, lendo uma bobagem quando minha colega chegou causando o terror na tranquilidade do recinto. Um básico tapa nas costas seguido de um "pare de ler isso" e a conversa se desenvolveu com: Esse fim de semana tem F-1 e vc e meu pai vão surtar"...
Eu? Imagine...
E daí veio a pergunta: "O que vc espera desse ano? Quem vc acha que vai ganhar?" O "Não faço a menor idéia" foi minha primeira opção de resposta.
Eu só fui voltar a pensar nisso quando estava voltando para casa.

Realmente, o que esperar da F-1 esse ano?
Não quero listar as coisas bonitinhas, pomposas e positivas que um ser normal faria. Um: porque eu acho que não sou muito normal. Dois? Ok: F-1 não combina com coisas bonitinhas, pomposas e positivas ...

A primeira coisa que me vem a cabeça sobre esse ano de 2010 é que pela primeira vez acho que vou assitir tudo com os nervos menos tensos. Sem ninguém para torcer as almofadas da minha mãe agradecerá por não levar alguns murros quando o Sir Galvão Bueno vomitar suas pérolas e críticas "altamente construtivas".
A segunda é que ele terá um infarto, ou um quase infarto. Sintam o drama:


Teremos 4... 4 brasileiros no grid! Ele vai ter uma síncope!
E mais!!!! Felipe Massa está de volta depois do "trágico" acidente. (E tome críticas ao Alonso, mesmo quando ele não merecer! Sim, porque é mais fácil descer a lenha no companheiro de equipe, apontando seus erros do que admitir uma suposta falta de competência de um pequeno amigo e afável companheiro)... Tem um Senna na pista... (Ai, coitado!)... Di Grassi... ah, ok, coitado do Timo Glock que já foi acusado de ter entregado o título ao Lewis Hamilton em 2008, agora será alvo de intrigas caso faça o pobre "Didi" sofrer um "bucadim".
E temos o saudoso Rubim. Na Williams corre grande risco de sofrer alguma pressão de um tal de Hulkenberg. Digo "tal" pois nosso amigo Galvão vai pensar assim: "who?"
Se alguém na santa inocência acha que isso não é nada, imagina para Sir Bueno ter de volta Schumi?
Lalalalalalalalalalalala...

Saindo da vida e opinião de Galvão (Graças que este não governa minha vidinha humilde de F-1) o que mais esperar?
Eu esperaria uma evolução ainda mais suprema de Sebastian Vettel. Esperaria um "créu na velocidade 5" do Jenson Button no Lewis Hamilton, só para ele ver que nem sempre as pessoas podem ser seu capacho. Esperaria que alguma criatura fizesse um serviço bem feito, sem esquemas, sem palhaçadas, sem bobagens, sem novelas.
Esperaria que a imprensa brasileira e espanhola não ficassem colocando lenha na fogueira a respeito de Massa e Alonso. Um fala demais e outro quando fala, é mal interpretado e dado como grosso, mal educado, egoísta e blábláblá. Gostaria que a imprensa destacasse desempenhos em pista e sinceramente? F*d*-se os comentários dos mesmos! Eu não sei vcs, mas eu estou um tantinho cansada de abobrinhas.
Eu esperaria que alguém substituísse Kimi e dissesse: "Vamos esperar para ver" e deixar com que jornalistas e afins pudessem ver com seus olhinhos o que eles prepararam como show, espetáculo e trabalho. Em condições normais ninguém tem bola de cristal certo? Portanto ninguém sabe o que pode acontecer.

Eu espero que não precise ler notícias com títulos de "será que Button e Hamilton são amigos?" ou "Massa e Alonso são rivais", "Rosberg pede respeito de Schumacher", "Rubinho diz que Williams é um bom carro e que ele lutará pelo campeonato"...
Não terei por quem torcer pela primeira vez em quase 7 anos. Sem Kimi, minha mente estará um pouco mais livre e mais ampla.
Acho que como muitos eu quero ver alguma coisa empolgante, alguma coisa legal, alguns pontos positivos que dê vontade de sentar à frente do pc e escrever. Já sabemos que com esses circuitos do HELL as coisas não funcionam legal, mas que a falta do momento do reabastecimento possa modificar o tom em algo.

Eu não quero falar em possibilidades de quem vai vencer. Eu tenho 3 grandes opções em minha mente, os únicos 3 que tem capacidade de competir entre si. E sim, 2 citados por aí para mim não tem calibre algum para estar entre os 3. Não direi quem são e nem porque. Algumas vezes ouvi abobrinhas a respeito das minhas opiniões então direi apenas que em Barein agora nesse fim de semana, poderemos ter uma idéia de quem estará nessa disputa até o fim, provavelmente. Ou não...

Infelizmente eu passei alguns minutos pensando sobre e o que me vem a cabeça? A mesma resposta novamente que dei a minha colega: "eu não faço idéia do que esperar da F-1". Sim, porque polêmicas haverão, momentos hipócritas também, decepções, bagunças, bobagens e depois dos últimos 3 anos, não duvido que tenha novo escândalo...

Ao pessoal que participaram (*) das entrevistas tem espaço aberto aqui até sexta para escrever toda idéia que quizerem a respeito das espectativas sobre a temporada. Falem como acham que será o ano de seus pilotos favoritos e/ou do campeonato como um todo. É essa a hora de vcs! ^^
(Quem quizer fazer algum texto e quizer que eu publique, já sabem meu email é só me enviar!)
Estamos em contato!
Um abraço afável a todos!

(*) - Mariana, Adão, Fernando, Nelson, Ludy, Latueiro, Zuador e também: Ron Groo, Cristiano, Don Corleone e todo o pessoal que curte F-1, não se sintam absolutamente vexados - a "casa" é de vcs!

sábado, 6 de março de 2010

Uma moral...

Montam a barraca e, depois de uma boa refeição e uma garrafa de vinho, deitam-se para dormir. Algumas horas depois, Holmes acorda e cutuca seu fiel amigo:


- Meu caro Watson, olhe para cima e diga-me o que vê.
- Watson responde: - Vejo milhares e milhares de estrelas.
- Holmes então pergunta: - E o que isso significa?
- Watson pondera por um minuto, depois enumera:
1) Astronomicamente, significa que há milhares e milhares de galáxias e, potencialmente, bilhões de planetas.
2) Astrologicamente observo que Saturno está em leão e teremos um dia de sorte.
3) Temporalmente, deduzo que são aproximadamente 03h15min pela altura em que se encontra a Estrela Polar.
4) Teologicamente, posso ver que Deus é todo poderoso e somos pequenos e insignificantes.
5) Meteorologicamente, suspeito que teremos um lindo dia amanhã. Correto?


Holmes fica um minuto em silêncio, então responde:
- Watson, seu imbecil! Significa apenas que alguém roubou nossa barraca!

(texto recebido por email)

Moral disso?
A VIDA É SIMPLES. NÓS É QUE COMPLICAMOS...

Abraços afáveis!

quarta-feira, 3 de março de 2010

Esse é meu real caso de amor e ódio com a rotina

Se tem algo que cansa uma delas se chama rotina.
Eu me lembro de uma ex-colega de sala que adorava horóscopo e ao saber o meu signo (gêmeos) quase fez um mapa astral falado para mim: "vc é geminiana? Que perigo! Vc gosta de uma fofoca e nunca sabe o que quer!Além disso, provavelmente vc adora uma mudança!"
Não só ela como os "astros" estão um pouco errados a meu respeito. Apesar de mulher, não curto fofoca. Se querem contar algo que conte, se não, não faço questão.
E mudança? As vezes não é bom. Quando passei no vestibular e minha vida foi tomada pelo curso de Matemática, e em menos de 6 meses eu passava mais tempo na Universidade Federal de Uberlândia do que na minha casa em Araguari e no fim de alguns meses e provas eu percebi que todo meu suor não custou de nada. Essa mudança me arrebentou. Fiquei fraca, manchas de "stress" apareceram na minha pele (bom, a médica disse que era "stress", então...), tive dias horríveis em que passava mais de 6 horas estudanado e cansada. Me lembro bem (pois faz pouco tempo) de minha mãe reencontrar professores de tempos de escola e perguntarem de mim e acharem ótimo eu cursar matemática pois eu tinha grande facilidade. No dia seguinte fui na sala de um professor e descobri mais uma nota baixa, coisa que durante toda minha vida escolar nunca havia acontecido. E foi alí mesmo, no aclamado bloco F que encontrei uma escada fora do bloco, sentei, olhei um campinho de grama a frente, coloquei meus braços sobre os joelhos e chorei depois de ligar para minha mãe e dizer: "vou largar isso, eu não aguento mais". Foi tenso. 2006 acabou com minha energia e 2007 eu parecia uma besta e tudo era motivo de choro. A tal crise do meio do curso chegou cedo para mim.
Abandonei o curso sim, não só por burrice (o que eu creio que tenha sido uma parcela grande é o fato de não ter um QI do jeito que aqueles professores lá queriam), largeui maiss para não tomar ódio pela exatas. Fiquei no curso e com calma fui eliminando matérias, até que decidi por experiência tentar outro vestibular, para História. Passei em 2008 e tranquei Matemática.
Se arrependo? As vezes quando vejo um bando de professores "viajando" na aula falando de textos sem sentido, que ninguém leu; quando eu não estudo, não leio e tiro notas altas - o que prova que o curso ou o professor não está muito afim de fazer seu trabalho de forma descente -; sinto falta quando fico na sala sem escrever uma linha sequer; quando faço prova e as questões não me desafiam, sinto falta quando tenho vontade e leio tudo que me pedem, é aí que vejo que nada é útil o suficiente para dizer em alto e bom som que sou graduada em História. No fim das contas eu não sei nada!
Quem sabe isso mude na hora de fazer monografia? Eu espero que sim. Embora minhas idéias para escrever não cause nenhum amor pelos professores (gosto de história antiga e eles de Sindicatos, Marx e essas bobagens sociais), acho que possa ser uma boa e relaxante coisa. Ou um completo desastre. É assim mesmo... Imagino.

4 anos. Esse é o tempo em que vou e volto da universidade. "Geminianos não gostam de rotina" disse minha ex-colega. Acordo a 5:00 da manhã. Entro no ônibus sempre com a mesma cara de zumbi e digo "bom dia" para o motorista. Sento sempre no mesmo canto do ônibus. Sempre durmo um pouco com ou sem mp4 no ouvido.  4 anos... Eu não conto o primeiro ano, mas o segundo foi a mesma coisa em se tratando de novatos.
Os de Araguari entram no ônibus como se os bancos fossem atacar eles e lhes morder o pescoço e sugar todo seu sangue. Desses últimos 3 anos, sempre entra uma turminha de "cabeças de ovo" e um deles entra tão depressa para não ser percebido que bate a cabeça onde a gente coloca as mochilas. Sempre tem um assim, sempre e não é brincadeira.
Eu ando pela UFU e vejo, filas de "meninos ovo" e veteranos gritando para que os "ovinhos" os acompanhem. Em todo curso deve ser a mesma coisa, alguns dos veteranos já procuram alguma garotinha entre as novatas que na festa de "bem vindos" será sua "peguete". Durante todo semestre vamos ouvir briguinhas entre novatos e veteranos. Na História, eles tem uma criatividaaaaaaaaaaade tamanha *momento cínico*... Aula trote (querendo copiar o pessoal das Engenharias - mas nem chega a meter medo realmente por que eu, na época que entrei, achei uma palhaçada, pois eu já sabia...), apresentação em cima da mesa do professor e ... Vamos todos pro bar!
O problema do pessoal da História é que o bar não acontece só no trote. É todo mísero dia, de sol a sol... Um bando de... ah, deixa pra lá!
3 anos, e vejo tudo acontecer sempre do mesmo jeito. Mudo de curso, muda de cara, mudo de cabelo e vejo sempre as mesmas coisas todo início de ano na universidade. Eu posso até mudar, mas o resto...
Segunda-feira eu arrumei horários com secretário do curso, não tive aula, fiquei andando até dar meu horário de volta e vi os novos "ovinhos", algumas mesmas caras conhecidas, os mesmos blocos, os mesmos banquinhos de espera... 
É... De volta outra vez...

Deixo umas coisas que recebi por email sobre... Alunos! ^^

Alunos são espertos:

Professor: O que devo fazer para repartir 11 batatas por 7 pessoas?
Aluno: Purê de batata, senhor professor!

Professor:- Joaquim, diga o presente do indicativo do verbo caminhar.
Aluno:- Eu caminho... tu caminhas... ele caminha...
Professor:- Mais depressa!
Aluno:- Nós corremos, vós correis, eles correm!

Professor: Quantos corações nós temos?
Aluno: Dois, senhor professor.
Professor: Dois!?
Aluno: Sim, o meu e o seu!

Dois alunos chegam tarde à escola e justificam-se:
O 1º Aluno diz: - Acordei tarde, senhor professor! Sonhei que fui à Polinésia e a viagem demorou muito.
 O 2º Aluno diz: - E eu fui esperá-lo no aeroporto!

Professor: Pode dizer-me o nome de cinco coisas que contenham leite?
Aluno: Sim, senhor professor. Um queijo e quatro vacas.

Um aluno de Direito a fazer um exame oral: O que é uma fraude?
Responde o aluno: É o que o Sr. Professor está a fazer.
O professor muito indignado: Ora essa, explique-se...
Diz o aluno:Segundo o Código Penal comete fraude todo aquele que se aproveita da ignorância do outro para o prejudicar!

PROFESSORA: Maria, aponte no mapa onde fica a América do Norte.
MARIA: Aqui está.
PROFESSORA: Correto. Agora turma, quem descobriu a América?
TURMA: A Maria.

PROFESSORA: Joãozinho, me diga sinceramente, você ora antes de cada refeição?
Joãozinho: Não professora, não preciso... A minha mãe é uma boa cozinheira.

PROFESSORA: Artur, a tua redação "O Meu Cão" é exatamente igual à do seu irmão. Você copiou?
ARTUR: Não, professora. O cão é que é o mesmo.

PROFESSORA: Bruno, que nome se dá a uma pessoa que continua a falar, mesmo quando os outros não estão interessados?
BRUNO: Professora

A todos um abraço afável! ^^