sábado, 31 de agosto de 2013

Empresariando Boyband

Semana passada tivemos o tal VMA da MTV americana...
Realmente, um prêmio muito estranho. A MTV em si sempre foi algo que nunca fui fã, tipo Galvão Bueno sabem?
Pois bem, falava-se muito de Miley Cyrus, mas eu, (graças!) sou uma pessoa normal e queria relevar aquela bizarrice de vez da minha cabeça. Essas coisas do tipo Lady Gaga vestida de carne e molequinhas polêmicas é muito para minha pessoa com tempo escasso. 

Mas, vamos lá, momento revelação: já fui adolescente e flertei com a música pop, especialmente as bandas de boyband.
Oh, que chocante! hehehehehe... Não não é para tanto. Por mais brega que fosse (ou seja), as coisas eram simples nessa época. E nunca deixei de gostar do bom e velho rock que era coisa típica na minha família. Mas sim, comecei a ter autonomia musical pelas boybands e não nego.
Se comecei com o apelo errado, teimo em dizer que não. Ouvia Hanson, colecionei revistas do Backstreet Boys. Cheguei em um ponto em que ouvia rock com BSB e me aderi ao NSync em seu auge. 
Hoje não sou mais fã, infelizmente ouvi os dois últimos disco do quinteto BSB e realmente não é o mesmo. Mas era, deveras, um momento muito tranquilo da minha vida.
O rock realmente proporcionou mais coisas por mim, tanto é que é o estilo que mais ouço desde que nasci, mas aí é outra coisa, quase uma obrigatoriedade. O tal momento eclético foi-me dado por essas bandas consideradas bregas ou fúteis.
Pois bem criançada, brega e fútil é Miley Cyrus, Kesha, Lady Gaga, Rihanna e afins, me desculpem. Prefiro as minhas boybands. :D

Hoje, confesso, nem conheço bem as novas bandinhas de garotos. Não julgo quem gosta, afinal tive a fase. Hoje, ouço sim NSync, pois os caras, diferentes das outras não prezavam muito pelo rostinho bonito. Vamos combinar os caras eram bem feinhos! :D Justin Timberlake sempre fez sucesso, mas nunca comigo hehehehehe... O que eu gostava, mesmo eram das vozes, achava-os com talento. Não atoa, eles pararam no auge da carreira, sem briga ou picuinha. Ficaram na história. E no domingo passado fizeram uma reunião nessa premiação de quinta. Ver aqui.
Não ouço Backstreet Boys com tanta frequência. Os últimos álbuns não me maravilharam tanto como deveria, por questão de gosto, mas tenho algumas antigas e não tão antigas, favoritas e salvas nos meus aparelhos de mp3. Os Hanson, por tocarem e comporem desde novos, sempre foram garotinhos muito espertos nas composições. Admiráveis!


O foco do post é algo que venho querendo fazer à algum tempo. Pelo filme Rock of Ages, há um personagem rockeiro do fim dos anos 80 que ao iniciar a carreira de rock star, entra em uma furada com o empresário que o joga em uma banda de garotos dançantes. Lembram do New Kids on The Block? Pois bem eles vieram nessa época em que o Hard Rock estava "miando" e o filme fala um pouco disso.
A indústria fonográfica teve boa sacada para descobrir caras com reais talentos. Pelo menos um ou dois nas bandas, são verdadeiramente talentosos.
Então prezando pela essa ideia das vozes incríveis, fui pro rock para montar a minha boyband de vozes supremas e incríveis, como se eu fosse o Paul, empresário do personagem Stacee Jaxx:

Momento: Manu Empresária
Nomes de vocais incríveis para uma senhora "Boyband"

1. Rob Thomas


Vocalista da banda Matchbox Twenty, dono de uma voz incrível e calma; uma voz que ao vivo, me deixa zen sempre que ouço. As músicas animadinhas também são incríveis (é uma ótima banda!) e é um excelente e tocante compositor.



2. Marko Saaresto


Marko é umas dessas descobertas felizes graças à um país super em termos de música que é Finlândia. Vocalista do Poets of The Fall, já fiz post sobre eles aqui, é uma voz maravilhosa. Sem mais detalhes, apenas ouçam e entendam:


3. Corey Taylor


Vocalista da banda Slipknot e Stone Sour. Dispensa apresentações, afinal o cara canta de tudo, ouve de tudo (claro, de qualidade) e é engraçado pacas!!!rsrsrsrs...



4. Michael Kiske


Ex vocal do Helloween, o cantor alemão já foi comparado à Bruce Dickinson. Bom, eu gosto de ambos, acho que o tipo próprio fora da vida Helloween de Kiske saiu-se bem. Se fosse homem, adoraria cantar como ele rsrsrsrs...


5. Eddie Vedder


Vocal do Pearl Jam, tem uma voz que o cara do Creed imita, mas não chega nem a sujeirinha do do mindinho do pé do Eddie. Além disso, oê, é um senhor compositor! 


Não sei muito se ia combinar tudo, mas uma música à capela, seria um delírio à parte. 
Abençoados sejam! ^^

E vcs, gostariam de montar uma? Querem que suas dicas sejam consideradas aqui, mandem ver!!! Observarei pelos comentários e está aberto todas as sugestões! \o/

Abraços afáveis e excelente fim de semana!!!!

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Momentos para partilhar - semana 13

Semana 13 * - Fico sem graça quando...



► ...  me elogiam

Em geral, não recebo muitos elogios, pois não tem muito porque. Mas quando acontece, geralmente fico sem graça. 
Exagerados ou insistentes me deixam nervosa, a ponto de pedir mesmo para parar ou tomar jeito e falar de outra coisa. Elogios de gente desconhecida me irrita bastante.

►... sou ignorada ao cumprimentar alguém 

Há uns bestas que fazem de propósito. Fico sem graça de primeira, mas depois em outra oportunidade, faço o mesmo. Mas ficar no vácuo é a pior coisa que tem. O que se faz nessas horas se não ficar parecendo bobo?

►... falo algo engraçado mas ninguém ri

Fico com cara de paisagem e pensando: "putz, será que foi tão ruim assim?" ou ainda "eu e minha boca grande!..."

► ... faço papel de vela

É, eu tive um casal de amigos que o namorado não beijava a minha amiga na minha frente porque eu ficava encarando o chão, ou rodando o pezinho, contando formiga, investigando a minha bolsa, abria caderno e começava a estudar... Mas é porque não dá pra ficar encarando, não é mesmo?
Daí ele se incomodava e eu também. Quando ele disse isso diretamente, passei a sempre abandonar meus amigos beijoqueiros sozinhos nesses momentos com desculpas esfarrapadas, mas infalíveis. 

► ... chego em algum lugar e as pessoas param o assunto ou se assustam

Não há como não pensa que falavam de você ou que você chegou no momento errado, ou ainda, que você é tão feio que causou impacto rsrsrsrsrsrs...

E vcs, ficam sem graça quando?
Abraços afáveis!

* Para o momento, lembrei de uma música. Música do dia:

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Spa - Legendando fotos

Pois perguntaram, qual a razão da mudança de visu do Vettel e eu digo com letrinhas inteligíveis:
Clareando assim, temos a sensação de mais cabelo, cheio, volumoso... 
Pode ser que ele achou que ia ficar mais "tiposo" também. 
De onde ele tirou essa ideia?
'
'
'
v

Senhoras e senhores: Heikki Huovinen!


***

Hamilton e seu jeito super sutil de tratar Vettel.
Opa! Sutil não curtiu isso. Essa semana inclusive revelou: "Hamilton precisa crescer"
Eu acrescento: Precisa crescer e medir a força...


***

Peguei essa foto do Bottas, não sabia muito bem pra quê. Mas agora... Oê, tive uma ideia:
Bottas não parece um Minion?



***

♫"Pela estrada afora nós vamos bem sozinhos
Levar os doces para os vovozinhos
A estrada é longa, o caminho é deserto..."♫

***

O olhar do Webber para a Michibata, namorada/noiva do Button foi intrigante:
1. Webber não é chegado em uma véia?
2. Homem não curte uma olhada para bumbuns femininos? 
Se sim, definitivamente; então, estava ele procurando glúteos na japinha lombriga?
3. Ele perdeu o senso? 
Não sabe que tem fotógrafos na área ou que por muito menos Button já perdeu a educação e deu bronquinha em piloto de teste para defender a periguete noivinha meiguinha e cândida? 
(Que na realidade nem estava provocando não é? Imagina...)
4. Para Webber, até entendemos o motivo do exercício em plena pista... Mas, e ela? 
Acabaram as melancias para por no pescocinho?


Pausa dramática para esses joelhos da Michi. 


Com os joelhos assim, quase nem percebi o quão feias as pernas de Webber tbm são.


Abraços afáveis!

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Spa não foi bem Spa

Rapidamente, pois meu tempo é curto vamos ao que interessa: minhas impressões do GP de ontem.

► Que se pode fazer quando um carro está já saindo fumaça desde a largada? Eu vi, contei que Kimi era um carro torto na largada, depois da volta de apresentação, e saia fumacinha branca - era freio.
Foi só uma questão de tempo abandonar. 
Que raio a Lotus quer afinal? 
Com a palhaçada, criaram um comentário sobre a perda do recorde de não quantas (26 não é) corridas, na zona de pontuação.
Não se atentaram que o problema nem era esse: Räikkönen perdeu o vice para Alonso novamente e o terceiro lugar para Hamilton no campeonato... 



► Por Alonso não me irrito em vista que um ponto separava ele do Iceman. E foi uma senhora corrida do espanhol. Não venceu, mas foi muito boa.
Me irrito pela cara lavada o Hamilton em passar o fim de semana no ápice do "mimimimi" e o paizão lá, batendo ponto e "plim"... Pódio.
Nisso, quem pode, pode, quem não pode 'reclama'.



► Spa já foi mais interessante. Ouso dizer que essa foi a pior corrida na Bélgica que já vi em anos. Ainda continua senso a melhor da temporada,  melhor pista, e tiveram ultrapassagens ótimas. Mas mesmo sem Kimi lá (casos 2010 e 2011) foi melhor que a de 2013.



► Vettel vai seguindo para o tetra. TETRA... Não é a toa que Helmut Marko é todo inchado de "orgulho"... Não ia dizer isso, afinal vencer é o propósito e Vettel tem feito por onde, mas... realmente, na quarta vez, cansa. Ano que vem será que muda essa história?



►Perez e Maldonado fazendo bobagem. Na boa, até o incidente do Maldonado foi meio sem ter o que fazer, afinal estava uma boleira de carros. Sutil tbm não estava facilitando que com aquela zona estava em pega com Gutierrez... 
Mas Perez... Perez... Vai ser preciso ele voar na cabeça de um com o carro como fez Grosjean ano passado em Spa, para tomar uma dura?? (Grosjean, que acho que faz sim bobagem, mas ano passado bem que a coisa ficou pior porque um certo Hamilton largou a mão do volante e no toque decolou o carro do Grosjean... enfim... Por sorte nada mais grave aconteceu).
Sinceramente, em relação à Perez, tenho muito mas muito mais medo que Grosjean  e Maldonado juntos.




► Webber, qual é seu problema em sempre largar mal?



► Vivas para Button, que fez uma corrida até boa com aquela furreca da McLaren (que fase!)



► Perguntas diretas para o trio global da transmissão da F1 na Globo:


  1. Galvão, mostra por favor, onde Kimi falou cobras e lagartos da Ferrari assim que saiu de lá? (Se encontrarem, eu mostro os quilos de críticas absurdas feitas contra ele, quando ele ainda era o piloto  da equipe durante todas as últimas corridas em que ele deu sangue, mesmo sabendo que ia ser chutado ... )
  2. Porque tentar dizer que talvez é o Alonso que saia, uma vez que quem não está produzindo nada é o Massa? Torcer e ser amigo não significa que sabe a verdade dos fatos...
  3. Porque não estudar os nomes dos pilotos antes de confundir Hulkenberg com Gutierrez, dizer uma "Force India" e não dizer o nome do piloto. Imaginem um cego ouvindo essa narração? Perdido, simplesmente.
  4. Bom senso não é ensinado nos corredores da Globo não? Olha que eu acho que sim, por que o Rubinho (nunca pensei dizer isso) é o cara mais sensato da equipe. Ele ameniza os exageros e não entra na base do "fulano é x ou y". Palmas de pé para Rubinho e não faça eu me arrepender disso.
Abraços afáveis, volto amanhã se puder.

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Spa - a melhor etapa e música(s) do dia

Adoro essa época do ano na F1. Principalmente porque geralmente a F1 retorna de uma pausa em grande estilo. É época do GP da Bélgica e Spa é, sem sombra de dúvidas, a melhor pista da temporada. 
Antes mesmo de Kimi Räikkönen ser o considerado King of Spa. Esse é só mais um motivo para gostar dessa etapa. 


O plano é - e não poderia ser outro - se divertir a valer com a etapa favorita, e de preferência com o fim com a qual agradaria muito. Fato é que seguramente teremos uma boa corrida, um bom retorno e uma pedida de segunda metade da temporada, na tentativa de ser um pouco mais eletrizante, embora tudo indica ser muito, muito previsível.
Deixando de lado, os pormenores, as bobagens da silly season, as especulações de dança das cadeiras, e inclusive os comentários podres ou não de pilotos, ex pilotos, dirigentes ou pitacos nada palpáveis de anônimos vamos para o que é deveras bom: a corrida pura e simples (se é quem tempos de pneus desgastados, asas móveis e toda uma parafernália extra, isso é possível...)




Enquanto o texto é produzido, ouço AC/DC, portanto a música do dia dedicada ao fim de semana "esportivo" com direito inclusive ao amado Robert Downey Jr.:


Fim de semana esportivo pois, o plano é F1 e NFL no domingo à tarde. Não sou assim expert no futebol americano, só comecei a ver as temporadas ano passado, ainda fico meio boiando principalmente com quem é quem nos times, mas esse ano já estou um pouco menos avó do Alzheimer com relação aos nomes de alguns dos principais jogadores. Por sinal, alguém aí tem acompanhado a pré temporada dos jogos da NFL?

O post de sexta vem com duas músicas, para situações diferentes. Para o momento fora esporte e entretenimento é preciso manter a calma muito (keep calm) nas escolhas pessoais e direcionamentos para o futuro, mesmo que não esteja lá muito fácil. O bom é fazer tudo com bom humor, mesmo com as pedras no caminho que teimam a entrar na história sem serem convidadas. Paciência.
Por essa razão, a segunda música para o segundo momento:


Abraços afáveis!

Atualização 24/08 pós treino de classificação:



Valeu Hamilton por tirar a minha alegria de acertar a pole. Por um beiço de pulga!

Engraçadinho é a criança que só reclamar do carrinho que subitamente virou bom de classificação (ano passado nem era cogitado pra isso) e aí as coisas se resolvem pra ele.
Surpreendente dizem, e eu pergunto: "pra quem?"
Eis o poder do "mimimi", que na base do "não faz esforço ganha o cargo público", que estamos largamente acostumados no nosso dia-a-dia. 
Mas domingo é outra história, e vamos que vamos. 
Confesso que vai ser pesado porque o Galvão veio hoje com a corda toda. Ele nem veio com os "acho" mais, veio com "sempre": "Alonso sempre foi complicado com companheiros" - Ah sim, um incidente com Hamilton e aí vira sempre. Coitados do Trulli, do Fisichella e afins que foram companheiros e que eu saiba nunca tiveram do que reclamar.
"Chilton sempre, sempre foi o último nas classificações" - Exceto Austrália, Malásia, China, Espanha, Mônaco e Canadá. 10 corridas, e o cara não foi o último em 6. Então, não é sempre!
Fora o ataque gratuito ao Räikkönen só porque a cabecinha do Massa estaria a prêmio: "Kimi saiu falando mal da Ferrari em 2009..."
Prove, ó estúpido narrador... Prove!

Mas quem se importa não é? Só quem gosta das coisas certinhas mesmo. 


Boa corrida a todos!!!

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Momentos para partilhar - Semana 12

Fora da silly season, contando as horas para Spa, minha etapa da F1 favorita ever, e chateada com alguns planos que deram errado, mando uma postagem das semanas com itens de top 5:


Semana 12 - Coisas para se fazer no frio

Ler



Estranho concordo, porque ler é bom sempre em qualquer ocasião. Mas parece mais legal ainda no inverno, com aquele friozinho bom e claro, uns aperitivos! :D

Tomar chá



Houve uma época que eu não me considerava fã de chá, nem mesmo me prestava a experimentar. Daí, fui uns dias e tomei chá mate e comi biscoitos de manteiga ou de polvilho... Agora faço umas combinações, como colocar dois saquinhos de cidreira com camomila. Fato é que não deve ser apenas um saquinho, pois quase sempre acho insuficiente.
Meu favoritão é o de maçã. Mas devo ainda fazer o exercício de experimentar mais outros...

Assistir filmes

Novamente, assim como ler, ver filmes é bom sempre. Mas debaixo das cobertas com uma bebida quente ou uma sopinha, é algo incrível!

Usar as roupas de frio 


Gosto das minhas roupas de frio: as camisas, as blusas de gola alta, os pullovers, coletes de lã, cachecóis e vestidos de linha pesadões. Fora as botas! Não sou dessas muito ligada a moda, embora, se alguém usa coisas muito extravagantes, malha com linho, roupa de estampa de bicho e alguns assassinatos à bom senso, eu vou fazer algum comentário nada favorável. Porém, no inverno uso minhas roupas mais sóbrias e me faz sentir mais elegante.

Dormir

É uma das minhas paixões de sempre, claro, no horário certo - à noite, como todo mortal. Não tenho lances de sono desenfreado durante o dia e nem acho que deve ficar dormindo durante esse momento porque acho o cúmulo da preguiça. Dormir no frio então, é uma maravilha, deveras melhor que no calor.

E vcs, o que acham ser bom para fazer no frio?

Abraços afáveis!

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Novamente? Mas será o Benedito...

Rumores tomam proporções absurdas.
Vcs lembram do rumor Kimi Räikkönen na Red Bull? Pois bem, era chato, rendeu dois textos aqui e por aí milhares e na real eu sabia que não daria em nada.
Agora é Kimi na Ferrari. O que antes era uma coceira de fim de catapora, agora virou dor nos rins. 
Vejam a mais nova pataquada: Ferrari anunciará Kimi em Monza.

Eu, muito zen, espero que Kimi não faça isso e espero que Eddie tenha usado drogas vencidas.
Caso faça, Kimi estará meio doido, porque pra mim não há equipe mais besta que a Ferrari. Nem vou comentar as coisas que eles fazem e fizeram com ele mesmo, porque aí rola um sentimentalismo absurdo.
Fato é, ele faz o que ele bem entende da vida e nós não temos nada com isso. 

Com todo perdão da palavra, todos meus leitores tem todas os direitos de não concordarem comigo, mas tem uns jumentos que fala que conhece o Alonso e sabe que ele não vai aceitar; que vai tomar pau do Räikkönen e vai ter replay da era 2007 com Hamilton, que o Kimi está voltando porque não tem pra onde ir... Bláblábláblá... Meu Deus, esse povo vive com eles? 
A vontade que se tem é de perder o respeito e as forças de recorrer à alteridade e, preparar, apontar, mirar e atirar:


Não será igual 2007, o problema de Räikkönen na Ferrari não chama Fernando Alonso. E Alonso não terá problema com Kimi, em vista que os dois são semelhantes em exercícios de trabalho - fazem a parte deles estudada previamente. Eles sabem o que fazem. Tomam o exemplo de 2007, pois eu afirmo: só porque tudo o que admitem como realidade, escancarado como foi, não significa que é a única verdade. Pode ser piamente, que a história ali foi outra, e a contada vai totalmente na contramão. E sejamos pragmáticos: toda ação tem uma reação. Fizeram algo com o Alonso, ele revidou. O vilão foi ele, mas pode não ter sido na real. A picuinha só se deu entendo eu porque Alonso deve ter um quê de Manu nas veias: detesta atos de infantilidade ou de gente mimadinha. Desceu do salto. Pagou caro. Na boa, nesse mundo de trogloditas letrados, o que paga caro nem sempre é o culpado.
O que vai se reprisar com a ida de Kimi pra Ferrari é o desrespeito que eles tiveram com ele como profissional em 2009. Mas pergunto se todo esse pessoal acha mesmo que Kimi na Ferrari com Alonso vai dar a mesma briga de 2007, como  justificariam a tal ideia de que Alonso tem no contrato que tem que ser o primeiro da equipe?

Os "conhecedores dos contratos" pulam o corguinho e não respondem a pergunta, porque na real, nem eles sabem dizer. Ou até sabem, só não querem admitir que infelizmente, ou felizmente, essa premissa de Alonso dono da Ferrari justificaria os maus reusltados do Felipe Massa.
Por sinal, ninguém nunca deu a mínima para onde Kimi iria estar ou não, quando ele caiu fora, poucos se lembravam dele e quando lembravam era daquele jeito nada bom, nada cortês. E agora: "nossa, Kimi na Ferrari, ooooooh!."... Sabem porquê? Porque a cabeça de quem "não devia" vai rolar!

Enfins, tem gente que fala que o Alonso sai se Kimi vier. Fico boba, besta e abichornada com o senso de proteção massista junto com a memória curta. Alonso disse que se não for Ferrari não é lugar nenhum mais.
O Alonso pode não gostar de ficar atrás, mas qual daqueles pilotos ali, em outra categoria que seja, gosta?? Fato é que, se confirmar a ida de Kimi para a Ferrari e Alonso ser seu companheiro como parece ser, eles vão decidir entre eles, e não haverá picuinha, exatamente porque Alonso encontrará alguém ao seu nível de raciocínio. Nem um, nem outro será protegido PORTANTO não será um repeteco de 2007.
O problema não esse, eu quero que me expliquem a conta Luca di Montezemolo + Kimi Räikkönen. Para mim, essa parece uma relação muito conturbada para se refazer assim sem mais nem menos... Mesmo que a Lotus esteja em plano duvido, nada trás razão à essa volta do finlandês à Ferrari. Nada. Mesmo que ele tenha dito que a decisão dele poderia ser estúpida. Se for mesmo essa decisão digo com todas as letras: "cara, podia dormir sem essa!" É deveras, estúpida. Preferia a RBR. Mas acho que não, mesmo assim. Ele é um cara que quer liberdade, quer agir conforme os ímpetos dele, não de forma irresponsável, mas com largos momentos de ser ele quem é, como profissional, sem paspalhos magnatas controlando até espirro. Onde ele teria isso? Nem na Ferrari, nem na RBR.
Mas Eddie Jordan é um cara confiável. Então tá, beleza... Alonso aceitando a vinda de Kimi está tudo ok. Confiar no taco ainda não é crime...
Penso que a Ferrari não engole a RBR melhor que ela em tudo, em administração, em carro e em ter um Vettel. Eles querem, com dois muito bons tentar aniquilar isso e voltar ao topo. Só ela não percebeu ainda, que pra isso não basta contratações, tem muito trabalho interno a ser feito. Os caras - Alonso e Räikkönen - sabem o que devem fazer... Ninguém ensina ao padre o pai-nosso. 
A administração e os mecênicos também deveriam saber dos seus ofícios. E fazer de fato, sem começar a catar bodes expiatórios para os erros e falências durante o campeonato.

Fora que, sinceramente, a RBR era casa certa para Kimi em 2014. E agora é o Ricciardo que estaria com a vaga certa.
Sem confirmação não tem porque sofrer por antecipação.  


Abraços afáveis!

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Versões boas, ruins ou melhores?

Quem acompanha meus status no facebook sabe que já escrevi umas duas vezes sobre as músicas da minha vizinha.
O danado de viver em "civilização" é o muro colado com moradores sem noção. Vocês não imaginam o quanto desejo viver em uma montanha... Eu sinceramente não entendo muita coisa da vida, mas uma das que mais pergunto "pra quê?" é o ato de botar música alta como se vc fosse o único ser vivo na rua e porque, acima de tudo, a música nunca é boa. 
Novidade do dia: fone de ouvido! Detone os seus tímpanos e poupe que te odeiem gratuitamente: 

#ficaadica

Dizem que gosto musical não se discute, que nem religião. Outros dizem que gosto musical se educa. Mais outros dizem ainda que só é possível se lamentar.
Eu lamento, pois se soubessem o nível da criatura que mora ao meu lado, saberão que jamais, jamais, poderei discutir ou tentar educar. 
Entre as pseudo músicas que ela ouve, esses sertanejos universitários, uns funk desprezíveis e aquela porcaria de música de boate, de rave ou sei-lá-o-quê, ela toca incansavelmente "Always" do Bon Jovi. 
E eu choro de tristeza do lado de cá do muro. Não porque possivelmente a música me lembraria um "amor" do passado, uma paquera ou mesmo porque estaria numa "fossa". Não. Nenhuma delas é a resposta e digo que até ouviria numa boa, afinal sou obrigada a ouvir coisa muito pior. Eu choro porque ela canta junto e muito mal!!!!!!! 


E ela só toca essa música! Parece que o limite estúpido dela só chega ao conhecimento dessa música, de uma banda que tem 12 discos!!! E nestes discos, uma música de cada é - pelo menos - conhecida. Então dá para tocar outras 11 opções que não "Always". ¬¬'
Em homenagem à essa enigmática figura, eu vou falar de uma versão de uma música do Bon Jovi - que fique claro que não é Always! rsrsrsrs... Quem sabe assim ela não descobre esse blog e procura conhecer mais sobre? ;)

Não sou fã de Bon Jovi. Gosto da fase hard rock, de algumas músicas super farofa e pronto. Não curto o Jon Bon Jovi em si. Ele é meio fresco e isso acaba só me limitando a ouvir as músicas que eu gosto, nem chegando ao ponto de achá-lo "o" cara, ou "o" homem (mas há um grande turma da Luluzinha que se derrete por ele, e isso é fato consumado - sangue italiano ali transborda... rsrsrsrs...).


A música escolhida para apresentar outras duas versões aqui é "Wanted Dead or Alive", o maior sucesso da banda. Eis a original:

Bon Jovi - Wanted Dead or Alive
Composição: Jon Bon Jovi e Richie Sambora
Data: 1987 (data de lançamento, foi composta de 1986)
Álbum: Slippery When Wet
Ficou famosa: como terceiro single do álbum, sendo em 1986 a sétima música da Billboard Hot 100.



As versões escolhidas são diferentes. Uma versão é mais Heavy Metal, a outra, foi feita para um filme musical baseado em uma peça musical de nome Rock of Ages, e é cantada por atores famosos. 
A primeira versão vem de uma banda/projeto que já foi apresentada aqui, na sessão de versões passada (ver aqui).

Northern Kings - Wanted Dead or Alive
Data: 2008
Álbum: Rethroned
Interpretada por um dos cantores do grupo do Northern Kings, o Marco Hietala e coro dos demais: Jarkko Ahola, Juha-Pekka Leppäluoto e Tony Kakko.


Rock of Ages Soundtrack - Wanted Dead or Alive
Data: 2012
Álbum: Trilha sonora do filme/musical Rock of Ages
Interpretada por Tom Cruise e Julianne Hough


A música é muito legal, apesar que é batida mais que tudo. Gosto da letra, do violão e etc. Mas a versão Heavy Metal deu uma agressividade a mais interessante, e a versão do cinema trás Tom Cruise de um jeito que jamais pensaríamos em ver. E  tal fato, surpreendeu, de um jeito bom e agradável (pelo menos pra mim que adorei a trilha e o filme também, apesar de não ter sido bem recebido pela crítica). 
Novamente fico no muro para dizer se essas versões são melhores que a original, mas fico novamente com a parte de que a fonte é boa e a direção das outras são interessantes e surpreendentes.

Já sabem: comentários, pitacos e dicas, são altamente bem vindos! 
Abraços afáveis!

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Carro de coisas que iam ser jogadas fora

Depois do "sucesso" desse carro no facebook, que meu pai fez em uma tarde rápida, e à pedido do colega Jaime Boueri (do Blog do Boueri), vou publicá-lo aqui.


Meu pai sempre foi desses de criar as coisas das mais inusitadas. Ele fazia miniaturas de bichos de pedra e durepoxi quando ainda não existia os bisqui da vida. Um dia mostrarei fotos caso alguém se interesse em vê-los. 

Para tudo na vida ele sempre teve uma organização para que se quisesse algo, ele mesmo faria. 
Desde a aposentadoria ele não fazia mais tantas coisas como antes. Também ficou um pouco desanimado, depois de algumas peças que a vida pregou em termos de saúde.
Depois que eu, minha irmã e minha professora de italiano decidimos fazer uma de Halloween beneficente, ele nos ajudou em algumas coisas para a decoração. 
Desde então, ele voltou a recriar as coisas, sempre que encontra tempo e vontade. 
Foi assim com a nova prateleira de volante que tenho para colocar minhas Ferrari...


Eis então o mais novo artefato criado. Ele separou tampinhas de suco de caixinha, uma lâmina usada, uma caixinha de fio dental, botões de interruptores e cotonetes e criou um F1:





Reparem que a "asa" no bico, é aquela parte interna da caixinha de fio dental. Mais parafusos e cola, pronto hehehehe... 


Te cuida Adrian Newey!!!!

Abraços afáveis!