sábado, 14 de março de 2015

Treino Classificatório do GP da Austrália

F1 2015 status: A Fórmula 1 deixou 2014, mas 2014 não deixou a Fórmula 1.


Pole Position 2015: Lewis Hamilton (Mercedes)
Vencedores 2015: a saber amanhã. 

Grid de Largada para domingo em Albert Park: 1º Lewis Hamilton (Mercedes), 2º Nico Rosberg (Mercedes), 3º Felipe Massa (Williams), 4º Sebastian Vettel (Ferrari), 5º Kimi Räikkönen (Ferrari), 6º Valtteri Bottas (Williams), 7º Daniel Ricciardo (RBR), 8º Carlos Sainz Jr. (STR), 9º Romain Grosjean (Lotus), 10º Pastor Maldonado (Lotus) - 11º Felipe Nars (Sauber), 12º Max Verstappen (STR), 13º Daniil Kvyat (RBR), 14º Nico Hulkenberg (Force India), 15º Sérgio Pérez (Force India) - 16º Marcus Ericsson (Sauber), 17º Jenson Button (McLaren) e 18º Kevin Magnussen (McLaren). 

Adendos específicos para o GP e sobre o treino: 
► Nenhuma mudança até agora do grid de largada. Apenas Bottas que sentiu fortes dores nas costas do Q2 em diante e foi ao hospital próximo à Albert Park logo depois dos treinos. A Williams aguarda o exame que fará algumas horas antes da largada para contarem com ele na corrida. Melhoras ao Bichinho de Goiaba!
Isso só justifica o porque do terceiro lugar de Massa para o grid. Se Bottas estivesse 100% era fato que seria ele em seu lugar ali na foto. Mesmo assim, Bottas teve um rendimento bom, com um 6º.

► As Ferraris parecem que estão em melhor situação que 2014. Só parecem. É difícil premeditar o quão melhor o carro é. Só resta mesmo não esperar nada, assim a decepção é menor. 
Pior do que foi em 2014 seria difícil ser, mas eis que a McLaren dá sinais de que nada é ruim o suficiente que não possa piorar: não passaram do Q1 e Button fez 6 voltas e Magnussen (substituindo do em recuperação, Alonso) fez 7 marcando 1:31.376 e 1:32.037 respectivamente. Só queria saber qual era a carta na manga do Ron Dennis para uma pataquada dessas. É precipitado, mas está difícil em acreditar nesse projeto. ¬¬'

► Aguentar a volta do Galvão já puxando o saco do Nars e exaltando a resolução da Sauber em manter o novo protegido, foi de embrulhar o estômago logo cedo. Sim, cedo, porque eu preso pelo meu bom soninho e não ia acordar para ver míseros 18 minutos de transmissão (isso, contando as chatas propagandas). Deixei gravando e passei praticamente tudo para frente, principalmente quando ele lembrou a todos que Kimi estava tomando tempo do Vettel e dizendo que o "finlandês não é mais o mesmo". Toquei para frente e não esperei ver o que disseram depois. Já sou "grandinha" o suficiente para ver os tempos e saber quem toma tempo e quem não. Não me interessa a opinião de Galvão sobre a F1. Nem quero me irritar e essa é a meta do ano: não levar tudo à risca e ser sarcástica quando com o que sem querer acabar sabendo ou ouvindo. Recado à mídia brasileira, Galvão e companhia:


E assim começamos a temporada devidamente, dando a descarga.

► Ora, ora, ora... Não rinha o que dizer de Carlos Sains no post quinta e o cara ficou melhor que o novo ídolo brasileiro. 
Por falar em Nars (rabudo hein? conseguiu aquela vaguinha chinfrim e agora tem entrevista toda vez com a Globo... ¬¬'), eu tenho uma pergunta: Qual a alegria em ficar à frente do companheiro de equipe, uma STR e uma RBR (ambos ainda verdes em F1), duas Force India, se ficou atrás das DUAS Lotus??


E o cara não é bom? Porque se surpreender e exaltar um 11º lugar quando o cara é bom o suficiente para estar entre o 10 primeiros? Juro que não entendi. #TheZoeiraWillNeverEnd

► Por fim, as Mercedes de novo no topo. Rosberg está melhor na sexta e de repente Hamilton não faz nada de errado e é pole na Austrália... Ai, ai.
A temporada de 2014 acabou #sóquenão

Desejo a todos madrugada boa. Encontro vocês segunda-feira! ;)
Abraços maga afáveis ! 

Nenhum comentário: