sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Divisional Round - Playoffs NFL 2016

O desespero já toma conta de mim desde a semana anterior. Agora que meu time entra em campo, adeus sossego... o.O

Dois times de cada conferência,  AFC e NFC ficaram à esperas de seus rivais para amanhã e domingo. Pela AFC, Denver Broncos e New England Patriots se aquietaram em casa. Suas possibilidades eram: para o Broncos, Houston Texans, Kansas City Chiefs e Pittsburgh Steelers, e para o Patriots, Cincinnati Bengals, Houston Texans e Kansas City Chiefs. Com as derrotas de Texans e Bengals, sobraram Chiefs e Steelers: seeds 5 e 6 respectivamente. Broncos pega em casa o Steelers e Patriots - também em casa - enfrenta o Chiefs.
Para a NFC o esquema se deu para os aguardando Carolina Panthers e Arizona Cardinals. As possibilidades para o Panthers era de pegar o Washington Redskins, Green Bay Packers e Seattle Seahawks. Já para o Cardinals, Minnesota Vikings, Washington Redskins, Green Bay Packers. Com as derrotas do Redskins e do Vikings, o Panthers enfrenta o Seahawks enquanto o Cardinals recebe o Packers.

Muito sofrimento à vista; tudo pode acontecer.

Jogos de Sábado, dia 16/01:


O primeiro jogo do começo da noite de sábado é para a brasileirada ficar chata toda vida, por dois motivos. De um lado, um kicker brasileiro, de outro o marido de uma modelo brasileira. O suficiente para se virarem do avesso de tanto nacionalismo. 
Fora esse fatídico momento, e fora o fato de eu não ser muito fã do time de Brady, vamos ao que interessa. Esse jogo abre par ao primeiro finalista da conferência AFC. 
Minha aposta vai no Patriots. O Chiefs vem embalado em jogos bem feitos e vitórias, e, correndo o risco de repetir isso mais de uma vez, podem sim ter chances de vencer essa partida na casa do New England. Porém, não que eu queira, nem por escolha, só aposto dada a premissa de que eles são tão aplaudidos por aí: Brady é o QB que joga com qualquer tipo de ataque, é completo, é isso é aquilo, conta com um corpo de recebedores excelentes e tudo o mais, como foi repetido exaustivamente desde que comecei a acompanhar o futebol americano, e foi relato de qualquer papo pós o Super Bowl 49. Então, que calem minhas dúvidas de uma vez por todas. Eu acho que ganhar no mínimo 12 vezes no ano se dá pelas tabelas sempre fracas de jogos. Mas sou uma mera bobinha nessa história de NFL. O que eu falo, não se escreve, nem se escreverá.

Há algumas coisas estranhas para o jogo: mesmo com Gronkowski e Amendola, perderam no jogo contra o Jets e o último contra o Dolphins. Brady teve uma lesão no pé mas está - em tese - bem. Gronk andou sumido esses dias e parece que tem problemas nos joelhos. Nisso tudo, Edelman estará de volta e vem com tudo como andou dizendo à imprensa. Desistir fácil, não vão. Entregar muito menos. Mas se suas estrelinhas-mor não fizerem nada, quero ver quem será o culpado, se serão as zebras, ou sabe-se lá quem...


O jogo da noite já abre para o primeiro finalista da NFC. E é um jogo horrível para se escolher vencedor. Não dá para ir na frieza, já que ambos são bons. Aprendi a gostar do jogo do Cardinals nos últimos anos e a ver Palmer em campo. Mas sou "Rodgerzete". Acabo por apostar no Cardinals. Mas não escondo que se durante o jogo, se perceber que o Packers está do jeito bom, é obvio que ficarei empolgada. Certamente será o melhor jogo do fim de semana, e nisso aposto com firmeza.
No íntimo, tenho medo de todos os times da NFC que restaram, para o Super Bowl. Mas tenho respeito por três deles.

Jogos de Domingo, 17/01:


Abrindo a rodada de domingo, vem o jogo que sai o adversário que enfrenta o vencedor entre Packers e Cardinals na final da conferência NFC. 
Aposta? Seahawks. Jogando bem. Por favor. Alguns jogos horrendos do Russell Wilson precisam ser apagados da memória. E Marshall Lynch diz que vem pronto para enfrentar o time de Carolina. 
Porque Seahawks? Porque acho que se o Panthers passar, não precisamos assistir ao SB para saber o que acontecerá. Só acho. E vou permanecer só nesse comentário, porque, novamente: tudo ainda pode acontecer.


Último jogo do domingo e da rodada decide o rival de Chiefs ou Patriots na final da AFC.
Aposta: Broncos. 
Eu ia parar aqui afinal é uma aposta óbvia. Talvez até solitária, pelo que andei lendo. 
De novas, parece que Big Ben não está com o ombro 100%. Isso nem é preponderante para um jogo dele, mas Antonio Brown não jogará. Eu tive medo, mas agora tenho menos do que antes. Mas não tenho confiança. Dois anos de nadar e morrer na praia, um QB que é culpado por tudo, uma defesa que foi apática e recebedores que deixaram bolas penduradas em momentos cruciais... Acaba com a nossas esperanças. Agora temos uma boa defesa, mas temos uma comissão técnica cabeçuda. Só não quero passar vergonha de novo.
Mas é meu time oras! Acho que me resta esse direito de sonhar e sofrer por mais um ano seguido. 
Só vou tentar me controlar mais que antes, deixar pra comemorar quando tudo tiver dado certo.

Fico por aqui, desejando bons jogos e bom fim de semana a todos.
Abraços afáveis!

Nenhum comentário: