quinta-feira, 14 de março de 2013

Começou hoje, oficialmente a nova temporada da F1

Enquanto um bom pedaço do mundo só fala do novo Papa, pelo menos 2/3 desse pedaço procura coisas a respeito de alguma polêmica sobre Jorge Mario Bergoglio, "Francisco I". Para esses dois terços, aviso que há terrenos próximo à minha casa precisando de capinar, caso eles não tenham mais o que fazer, fica a dica.
Como boa católica que sou (e como historiadora), acompanhei o conclave e me simpatizei com Francisco I.  Se cometeu erros no passado, logo saberemos. Como pessoa sensata que tento ser, acho que escolheram um representante máximo da Igreja Católica, não um santo. Se ainda não entendemos que todo ser humano é passível de erros então acho que o mundo está mais complicado do que jamais esteve.
Francisco I me lembrou uma pessoa que gosto muito. E não me importou se ele é argentino. Até ri, quando as bandeirinhas brasileiras sumiram ao saber quem ele era.
Em conversas sensatas com quem vistou a Argentina, essas pessoas comentam com gosto sobre as livrarias de Buenos Aires. Já foram muitas as que conheci, que visitaram os "hermanos" e nos assuntos sobre essas terras sempre vem à tona as tais livrarias. Quando conheci estrangeiros e falei do Brasil, só vieram comentários sobre "samba" e "futebol".
Com todo carinho, troco as duas coisas por uma livraria de Buenos Aires.

Mas hoje, o assunto aqui deve ser outro. Não mais importante, mas menos polêmico e mais habitual. Começou já a nova temporada da F1. Digamos que, eu não senti que dessa vez demorou muito. Mas fico extremamente feliz que agora, alguns domingos do ano tenham corridas para contemplar.
Amanhã devo fazer uma postagem de abertura da temporada 2013, com foto dos carros e pilotos e uma música para começar com o pé direito, torcendo - antes de mais nada - que as competições esse ano sejam altamente empolgantes.

Hoje, quinta-feira, 14 de março de 2013, tivemos a primeira coletiva de imprensa na Austrália, país cede da primeira das 19 etapas do campeonato. A coletiva completa, para quem se interessa em ver o que Lewis Hamilton (agora na Mercedes), Mark Webber (RBR), Daniel Ricciard (STR), e os três primeiros colocados do ano passado: Sebastian Vettel (RBR), Fernando Alonso (Ferrari) e Kimi Räikkönen (Lotus) responderam, basta clicar aqui
Quem fez o povo rir na coletiva não poderia ser ninguém mais do que Kimi. Com uma suspeita cara shakesperiana: "Meu reino pelo fim dessa coletiva", e de bônus, uma costumeira resposta sincera do fundo do seu ser. Reparem na reação dos outros pilotos: Lewis rindo contido, Mark nem se esforça muito, mas sabia que dalí viria bomba, Ricciardo observando, Vettel sabendo que Kimi não se importa e já preparou uma olhadela e Alonso definitivamente fazendo o que eu fazia ao ver a cena: rindo litros.
Seja bem vindo, Kimi! :D


Abraços afáveis!

Um comentário:

Ron Groo disse...

Eu já estava tendo delirios, tava até querendo ver Nascar.
habemus F1!