domingo, 12 de julho de 2009

GP da Alemanha - Corrida


A corrida do GP da Alemanha tinha tudo para ser um tanto mais empolgante. Esperei uma chuva que não veio. Sinceramente não sei se acho bom ou ruim.
A largada é sempre algo que não curto ver. Só quem se diverte é o piloto. Eu fico uma pilha de nervos, como se eu estivesse disputando posição. o.O
Enfim, sobre o toque do Mark Webber no Rubinho... A sensação que tive foi exatamente a justificativa do Webber sobre incidente: posição dos espelhos no carro faz com que o piloto só percebe a aproximação de outro quando já é meio tarde. Aquela "jogada" que o Galvão Bueno deu como proposital, foi o reflexo do Webber vendo a passagem (vindo do "nada") do Hamilton. (Bem típico da criatura em questão, o ato do passar o carro na frente dos bois. u.u') Faltou espaço para o Webber e sinceramente a punição foi meio desnecessária. Sorte dele que seu carro estava estável o suficiente para lhe garantir a vitória, merecida frente ao desempenho em treino e corrida e então a punição foi insignificante.
Outros fatos importantes: a equipe Brawn GP fez certo com todo o esquema de corrida? Certo não é, e injusto a gente sabe o quanto e estamos carecas de saber. Mas é a atitude mais lógica na F1? Sim, é sempre. Jenson tem mais chances que Rubinho de lutar contra a RBR, já provou isso estatisticamente. É sacanagem com o Rubinho? É, com certeza. Mas há um campeonato de construtores em jogo também e a Brawn precisa de vencer. A RBR vem crescendo com 2 pilotos muito lineares. Se Vettel deixar de errar o pouco que erra, sendo brilhante e rápido como é, ameaçará sempre (como já ameaça) apenas Button. Agora com Webber a disputa fica maior. Button tem 2 "rivais", e Rubinho tem 3... Além de sua distância de pontos do próprio companheiro de equipe ser algo que na RBR não se encontra.
Agora não é piada Rubinho, infelizmente vc, mais uma vez, será a segunda opção. As circunstâncias são essas. Ossos do ofício! u.u'
A Ferrari mais uma vez com errinhos aqui e alí, que de forma precisa não arrebentam tanto com a vida de seus pilotos. Arrebenta com Kimi Räikkönen somente. Corrida passada ele estava na frente do Massa e num joguinho que ninguém comentou acabou beneficiando o brasileiro. Alí pensei que a Ferrari havia decidido seu preferido.
Na corrida de hoje não houve nada descarado e até erraram com o Massa em um de seus dois pitstops. Mas ao Kimi restou recolher o carro. "Perdendo potência de motor" é coisa meio difícil de entender. Massa está com 22 pontos e Kimi com 10. Não discuto mais quem é melhor. Discuto apenas que não pode ser má sorte de Kimi. Há mais algo nisso, seu carro é diferente do Massa, ou as estratégias são estudas apenas para o Massa. Só tenho essa visão.
Acho que no mínimo a Ferrari deveria explicitar sua preferência. Assim não precisamos ouvir Galvão Bueno dizer que Räikkönen ganhou 2007 "circunstancialmente". (Então o Massa perdeu 2008 circunstancialmente também, certo?) O silêncio, pós esse comentário do sábio Galvão, de Luciano Burti e Reginaldo reflete exatamente o quanto ele diz só verdades.
Não havia necessidade de atacar Kimi; seu querido Massa estava bem, tendo trabalho considerável com o menino Vettel (que beleza, hein?) e sendo pressionado pelo Rosberg, mas estava com 6 pontos no bolso. A corrida de Kimi foi apagada, então pra quê falar esses absurdos, se não o levaria a nada?
Gosto de falar bem das pessoas que nunca comento. Confesso que nunca fui muito fã de Rosberg, mas hoje ele fechou minha boca. Nico fez uma corrida expetacular, merecendo até pódio. Ele carrega a Willians nas costas, já que 20,5 pts do campeonato da equipe são todos dele. Nakajima não tem contribuição alguma, até então. Boa Nico!
Apesar dos pesares, com essa evolução do Nico, infelizmente penso na saída de Kovalainen da McLaren. Gosto muito dele e acho o ser mais injustiçado da F1 hoje. Pensar nele sem emprego corta o coração de verdade. Hoje, mesmo sem as mudanças aerodinâmicas que a McLaren fez no carro do Hamilton, Heikki obteve 1 ponto. Poderia ter sido mais, esteve em terceiro boa parte da corrida, mas seus pitstops não foram mostrados pela tv. Não duvido que o rendimento tenha caído devido um pitstop mal feito. Ora a gente sabe que a McLaren pouco está se lixando por Heikki. E é exatamente por isso que torço por ele.
Fernando Alonso fez uma boa corrida também. Com o carro que possui, 2 pontos largando em 12º, já é alguma coisa. Nelsinho (depois de negar que será demitido) largou em 10º e chegou em... 13º. A desculpa que Alonso tem mudanças no carro e ele não, pode ser justificativa, mas onde está a vontade de pedir um carro igual? Alonso tem "mais experiência que eu", é mais bonito de se dizer. Deixa a reclamação ao pessoal da equipe, para imprensa apenas fale o necessário.
Jarno Trulli, Nick Heidfeld e Robert Kubica completam meu pesar. Tiveram rendimento beirando a zero, ou no caso de Trulli, zero mesmo visto que largou em 14º e finalizou em 17º, em penúltimo. Timo Glock mesmo largando dos boxes ainda chegou em 9º, por pouco não chegando a zona de pontuação. A Toyota deixa a desejar de umas corridas para cá.
No mais a corrida ficou sem a chuva. Ficou sem a lambança que imaginei que daria. Para muitos foi bom isso, mas para mim deu na mesma. Muita da minha torcida para alguns específicos foram em vão, portanto uma chuva teria piorado mais para meus favoritos ou ficado na mesma.
Em geral foi uma corrida legal, mudou algum esquema no quadro geral dos pilotos.
Sinto falta de uma corrida com emoção daquelas bem empolgantes.

Fim de corrida: 1. Mark Webber (RBR) - 10 pts - 45,5 pts (3º no campeonato)
2. Sebastian Vettel (RBR) - 8 pts - 47 pts (2º no campeonato)
3. Felipe Massa (Ferrari) - 6 pts - 22 pts (5º no campeonato)
4. Nico Rosberg (Williams) - 5 pts - 20,5 pts (7º no campeonato)
5. Jenson Button (Brawn) - 4 pts - 68 pts (1º no campeonato)
6. Rubens Barrichello (Brawn) - 3 pts - 44 (4º no campeonato)
7. Fernando Alonso (Renault) - 2 pts - 13 pts ( 9º no campeonato)
8. Heikki Kovalainen (McLaren) - 1 pts - 5 pts ( 13º no campeonato)
9. Timo Glock (Toyota) - 0 pts - 13 pts (8º no campeonato)
10. Nick Heidfeld (BMW Sauber) - 0 pts - 6 pts (12º no campeonato)
11. Giancarlo Fisichella (Force India) - 0 pts - 0 pts ( 17º no campeonato)
12. Kazuki Nakajima (Williams) - 0 pts - 0 pts (20º no campeonato)
13. Nelsinho Piquet (Renault) - 0 pts - 0 pts (19º no campeonato)
14. Robert Kubica (BMW Sauber) - 0 pts - 2 pts (15º no campeonato)
15. Adrian Sutil (Force India) - 0 pts - 0 pts ( 18º no campeonato)
16. Sebastien Buemi (STR) - 0 pts - 2 pts (14º no campeonato)
17. Jarno Trulli (Toyota) - 0 pts - 21,5 pts (6º no campeonato)
18. Lewis Hamilton (McLaren) - 0 pts - 9 pts (9º no campeonato)
Não completaram a prova : - Kimi Räikkönen (Ferrari) - 0 pts - 10 pts (10º no campeonato)
- Sebastien Bourdais (STR) - 0 pts - 2 pts (16º no campeonato)

GP da Alemanha, deixo um vídeo de outra banda alemã muito boa, para melhorar o humor: Blind Guardian!



Até mais a todos e bom domingo!^^
Abs!

2 comentários:

Octeto Racing Team disse...

Manu, amiga....onde assino? Seus comentários foram perfeitos, principalmente com relação ao Kimi e ao Massa, Galvão e suas asneiras. Não comentei lá no Octeto porque sinceramente estou cansada. Na verdade, estou desistindo de tudo, ou melhor, já desisti!

bjs, Ludy

Manu disse...

É complicado mesmo Ludy. Mas se eu não escrevo eu fico guardando isso. É minha forma de "soltar os cachorros"... Mas a vida é assim, não é só na F1 q tem injustiça. Mas é bomsempre mostrar q nem todo mundo é favorável a isso.

bju grande e obrigada!