sábado, 15 de setembro de 2012

Momento musical: não critique o metal farofa!

Eu ia me aderir as "fufucas" sobre Lewis Hamilton na F1.
Ele sai da McLaren? Ele não sai? Passam a mão na cabeça dele? Ele está fazendo jogo de marketing? A F1 inteira só comenta isso? E a F1 inteira parece esperar ele decidir a vidinha confortável e abrilhantada, só para decidir a vida do resto? Ele é mau assessorado? Ele é isso, ele é aquilo?...

Até tenho muito o que falar, mas... Acho que não fazer o que está na moda, ainda é resquícios de rebeldia, mas de nada adiantaria escrever o que penso sobre porque sempre que falo dele, alguém vem falar que estou errada. Além do mais, pode ser só conversa fiada.
Mas uma coisa eu digo: as pessoas adoram falar de profissionalismo do fulano, do beltrano, mas divulgar dados sigilosos na rede social é ingenuidade e não falta de decoro?! Então, estou doida. E porque dar ouvidos (ou olhos) a uma doida?

É por isso que quero falar de Metal farofa: Ao menos é divertido. =)

Rock of Ages, está em cartaz nos cinemas, como o musical que conta com várias estrelas, entre elas Tom Cruise - cantando melhor que Axl Rose nos atuais dias por exemplo. O filme conta uma história baseada em grandes sucessos musicais dos anos 80, por muitos, conhecido por Metal Farofa.
Quem foi assistir, provavelmente teve algum motivo para pagar o ingresso e encarar fila para assistir as 2 horas de filme cantado.
Um dos motivos, pode ser para ver Tom Cruise como um rockeiro todo invocado:


Outro motivo seria as músicas: tem gente que gosta mesmo de metal farofa e assume. O que eu acho até normal, uma vez que assumo que também gosto de ouvir de vez em quando.
Outro motivo, ainda que remoto, é por gostar de musicais, ou por ser adolescente e ir ver o carinha protagonista ex-ator da novela Rebeldes - a mexicana e original - Diego Boneta.
Eu fui ver porque achei a ideia do filme legal. Tom está bem no personagem, temos boas piadas, temos a personagem da Catherine Zeta-Jones como uma ativista do PMRC (Parental Music Resource Center) - embora não serja falado explicitamente no filme. 
O PMRC é aquele selo nos discos que contém assuntos perturbadores nas músicas. Esse comitê foi criado em 1985,formado por mulheres de políticos americanos a fim de "educar" pais ao saberem o que seus filhos ouviam, e aniquilar o acesso fácil às modas de movimentos musicais que faziam letras sexistas, violência, drogas entre outros.
A crítica nesse ponto é interessante, mas não direi o porquê, para não estragar a razão, para quem não viu o filme.
O filme é recheado de músicas, que mesmo que você não goste, alguma destas já foi "trilha musical" de alguma situação da sua vida.
Eu achei divertidíssimo. \o/
Todos do elenco cantam as músicas e a trilha conta com bandas como Poison, Journey, Def Leppard, Bon Jovi, e até Guns 'n Roses. (Confira aqui a trilha sonora do filme).
Um dos momentos de show da banda fictícia Arsenal, de Stacee Jaxx - interpretado por Tom Cruise - a música no palco é "Pour Some Sugar on Me" do Def Leppard. Para quem não lembra qual, aqui vai o vídeo:



Embora só os filmes que gosto muito, eu repito a ida no cinema, esse acabou tendo "bis" para apoiar o cinema da minha cidade. Nessa segunda ida, pensando na letra de "Pour Some Sugar on Me"...
É "Jogue um pouco de açúcar em mim/ Em nome do amor ..." e coisas do tipo.
Um monte de gente tem propriedade para falar mal da letra, criticar e falar "Que m**** é essa?"
Mas aí eu digo que viver no Brasil, e ouvir músicas daqui é deveras pior.
Se os gringos contam com "Pour Some Sugar on Me" dos ingleses Def Leppard, ídolos do movimento NWOBHM (New Wave of British Heavy Metal), nós temos uma versão mais pobre e bem mais ridícula que essa do Def Leppard: 



Isso fora aqueles *********** do "Doce que nem caramelo", que não faço a menor questão de saber a procedência. ¬¬'

Por isso, nunca mais reclame do Metal Farofa, hehehehehehe...

Abraços afáveis!

5 comentários:

Octeto Racing Team disse...

Amo Metal Farofa!!!! rsrsrsrs... Assumo mesmo! Porque na verdade, eu amo rock, não ligo para estes rótulos todos!
Quero muito ver este filme. Há alguns meses tenho escutado a trilha e adorei o que eles fizeram com as canções.
Veremos qual será minha opinião sobre o filme quando eu assistir.

E adoro Def Leppard!!! :)

bjs

Ludy

Manu disse...

Assista Ludy! Eu até não sou lá muito fã de musical, mas esse virou favorito! ^^

=*

Ron Groo disse...

Ei o Def é legal, assim como o Skid Row e até o Bon jovi. hehehehe

Manu disse...

Acho todos legais, em momentos oportunos. ^^

Abs!

Octeto Racing Team disse...

Verei sim Manu! Mas agora só em DVD... rsrsrs

bjs

Ludy