sábado, 10 de outubro de 2009

Arte no plural...

www.mh2img.net - clique para ver a imagem completa

*clique na foto para ampliar

A enigmática pintura chamada de "The Wounded Angel" (O Anjo Ferido) de Hugo Simberg, um pintor simbolista finlandês me chamou atenção algum tempo, e hoje decido escrever sobre ela.
Hugo Simberg (1873 - 1917) sendo um pintos simbolista do fim do século XIX e começo do século XX teve sua expressão em alguns quadros. Um deles é "The Wounded Angel" (foto acima), tornou-se ícone nacional na Finlândia. Simberg recusou-se explicar seu significado próprio, mas nunca negou ser seu quadro favorito.
A pintura a óleo foi feita entre 1898 e 1903 e é de dimensão de 127 x 154 cm.

www.mh2img.net - clique para ver a imagem completa
* clique na foto para ampliar

A foto acima mostra um afresco feito por Simberg numa catedral em Tampere, na Finlândia.
A arte como uma representação de sentimentos do humano que a fez.
Uma outra admirável arte e não menos inexpressiva é a escrita.
Misturada a ela, porque não também a música?
_______________________________________________
Amaranth* (Amaranto)
-> Banda: Nightwish. Composição: Tuomas Holopainen.
Baptised with a perfect name
(Batizado com um nome perfeito)
The doubting one by heart
(A dívida vinda de um coração)
Alone without himself
(Sozinho sem ele mesmo)
War between him and the day
(Guerra entre ele e o dia)
Need someone to blame
(Precisando de alguém a quem culpar)
In the end, little he can do alone
(No final, pouco ele consegue fazer sozinho)
You believe but what you see?
(Você acredita, mas o que você vê?)
You receive but what you give
(Você recebe, mas o que você dá?)
Caress the one, the Never-Fading
(Afeto, o único que é imperecível)
Rain in your heart - the tears of snow-white sorrow
(Chuva em seu coração - as lágrimas de tristeza da Branca- de-Neve)
Caress the one, the hiding amaranth
(Afeto, o único amaranto escondido)
In a land of the daybreak
(Em uma terra do amanhecer)
Apart from the wondering pack
(Separados do grupo errante)
In this brief fight of time we reach
(Neste breve vôo de tempo, nós procuramos)
For the ones, whoever dare
(Por aqueles, quem quer que tenham coragem)
You believe but what you see?
(Você acredita, mas o que você vê?)
You receive but what you give
(Você recebe, mas o que você dá?)

Caress the one, the Never-Fading
(Afeto, o único que é imperecível)
Rain in your heart - the tears of snow-white sorrow
(Chuva em seu coração - as lágrimas de tristeza da Branca- de-Neve)
Caress the one, the hiding amaranth
(Afeto, o único amaranto escondido)
In a land of the daybreak
(Em uma terra do amanhecer)
Reaching, searching for somethin untouched
(Chegando, procurando por algo intacto)
Hearing voices of the Never-Fading calling
(Ouvindo as vozes do chamado que nunca desvanece)
Caress the one, the Never-Fading
(Afeto, o único que é imperecível)
Rain in your heart - the tears of snow-white sorrow
(Chuva em seu coração - as lágrimas de tristeza da Branca- de-Neve)
Caress the one, the hiding amaranth
(Afeto, o único amaranto escondido)
In a land of the daybreak
(Em uma terra do amanhecer)
*Amaranto (do grego "amarantos", indelével) um nome principalmente utilizado em poesia e aplicado ao Amaranto e outras plantas que por não desvanecerem rapidamente, tipificam a imortalidade.
_________________________________________________
O vídeo da banda Nightwish dessa música é inspirado justamente na obra de Simberg. O vídeo fala sobre pai e filho que encontram um anjo cego e caído nas margens de um rio e o levam para casa, mas os aldeões, enfurecidos, queimam a casa, porém o anjo consegue fugir. O vídeo foi filmado em Los Angeles e dirigido pelo diretor Antti Jokinen (que já fez vídeos para Westlife, Celine Dion, Shania Twain, entre outros, além do próprio Nightwish, assinando a direção de "Nemo").
O vídeo:

Abraços afáveis!^^

2 comentários:

Ron Groo disse...

O quadro é impressionante! Eu já tinha visto algumas obras do Simberg e todas muito bonitas e impactantes, já a musica do Nightwish eu nunca tinha ouvido.
Não vou dizer que me impressionou a ponto de virar fã, mas serviu pra tirar um pouco do ranço que eu tinha com bandas novas.
Vou procurar ouvir mais pra ver se aprendo a gostar ou não.
Recomenda algum album em especial?

Manu disse...

O último álbum Groo, eu recomendo. Se vc ouviu bem "Amaranth" acho que isso se deve a Anette, a vocalista. Anette foi a substituta da Tarja Turunen, antiga vocal desde a formação. A mesma tinha uma voz lírica, soprano.
O último é ótimo e bem acessível, imagino eu, que pela facilidade e limpesa com que a nova vocal surge como algo novo a banda. Chama-se Dark Passion Play, o álbum.
Ouça(se puder) e depois me fale, certo?
Abs!