quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Manchetes comentadas de 2013

Ron Dennis diz que, se quisesse, McLaren teria mantido Hamilton (Fonte: Tazio)



Ron Dennis falou, falou e não disse nada. 
Se era para manter, porque não o fez? 



Jornalistas, seus safados! Comparar o quê? Se eu tenho neurônios, faço as sequintes perguntas para Hamilton: "Como vc se vê, novato em uma equipe, que apesar de tudo ainda não tem espaço entre as grandes? As fichas da Mercedes foram gastas em um heptacampeão, mas ele foi superado pelo Nico Rosberg. Como vc vê a relação com ele, que está na Mercedes a mais tempo, e será seu companheiro? Como está essa expectativa de trabalharem juntos pela evolução da equipe, sem egos e mais serviços?"

Acho muito interessante a Mercedes, que chegou com pompa em 2010, com a estranha sacada de ter um Michael Schumacher para fazer dela mais uma das grandes equipes do grid. 
Ficou na promessa. Botou fichas no alemão e claro, 50% da falta de eficiência foi atribuída ao próprio Schumi, sem dó pela imprensa. À Rosberg só coube o trabalho de tirar leite de pedra de um carro pouco confiável por dois anos. O primeiro ano era a prova de fogo. Rosberg fez que engolisse seco aqueles que achavam mesmo que uma nova era Schumacher Imbatível estava por vir. Era como "Schumacher não voltaria se não valesse a pena"...
Agora, Hamilton, o Senhor da Habilidade física e mental levará a Mercedes à competições com as grandes. Um bando de ingratos isso sim! Usaram e abusaram do Schumacher, desgastaram a imagem dele para pouco resultado.
Sem piadas e falando com o devido respeito que merece: e o Rosberg? Para que cargas d'água fazem essa palhaçada com o cara pelo terceiro ano seguido? Primeiro Schumacher salvará, depois Hamilton salvará...
E olha, o discurso dos hamiltetes é o mesmo: "ele fará história na Mercedes". Se for pelo requisito de que ele só saiu da barra da saia do Ron Dennis porque achou que valeria a pena... Digo que já vi esse filme.
Agora, depois desse pisoteio por parte da Mercedes ao Rosberg, digo que se ele confia em si, aposto mais fichas nele. Se assim acontecer, terei prazer em ver os hamiltetes arrumar justificativas plausíveis, que não seja "ele está se adaptando". Isso é conversa para boi dormir, ainda mais se tratando de campeão mundial de um ano que consideraram um verdadeiro bolo prestígio, mas eu achei mais sem graça que bolacha de água e sal com chá sem açúcar.

E lá na McLaren abandonada pelo Hamilton:



Taí algo que eu não sabia: quando algum piloto vem para equipe de ponta, ele deseja ser campeão mundial? Carambolas, como cheguei até hoje, sem saber isso??





Até quando durar o dinheiro venezuelano, né? #maldademodeon
Se Maldonado pensa assim, se Perez quer ser campeão em 2013 (os fins justificarão os meios) e Grosjean foi recontratado, falta só o Kobayashi para a bomba H ficar pronta. #maldademodeon2


Alguém avisa o Helmut Marko que acho que ele ainda não entendeu: 
Vettel venceu e é tricampeão pelo título de 2012 e a Red Bull também venceu o campeonato de construtores.
Pronto? Agora deixa 2012 de lado, zera tudo e começa a cuidar da sua equipe e dê de ombros para as críticas.
Essa briguinha psicológica típica de jardim de infância, dá sono.


Ok. Chega de veneno por hoje.
Abraços afáveis!

3 comentários:

Myn disse...

To rindo litrossss aqui Manu!
Quanto ao Marko, o Alonso rebateu pelo twitter \O/

Manu disse...

É, eu vi depois. E rebateu com jeito certo hehehe...

=*

Eduardo De Campos disse...

Nossa, Manu!

Você foi certeira em todos os pontos dessa vez.Ri demais de seus comentários e queria muito que você tivesse mesmo a oportunidade de fazer aquela pergunta ao Hamilton.

Sobre o Kobayashi, não entendo até agora a choradeira de seus fãs.Não sei o que ele tem de mito.Baita de um japa navalha...

Beijo!!!