segunda-feira, 29 de outubro de 2012

GP da Índia

Faltou criatividade logo no título dessa postagem. Isso é sinal que tudo não foi assim tão poderoso.
As corridas finais agora tendem a ser pouco produtivas, visto que as três últimas foram chatinhas, creio que Vettel será colocado com o chato e monótono, pois bastou ele começar a vencer com sobras nas corridas que elas se tornam assim tão enfadonhas e arrastadas.
A vantagem é que não teve seguramente muita distância entre um carro e outro. Teve a famosa fila indiana por boa parte dos momentos.
E poucos conseguiram feitos de ultrapassagem.
Vou falar rasgado: é o fim da picada passar 60 voltas arrastadas atrás de um Felipe Massa.
Desculpem-me os fãs do brasileiro, mas "que saco!"
Mais "que saco" ainda é o E20, carro da Lotus, morno mais que tudo e um maldito KERS que não funciona.
Hoje a notícia é que Kimi ficará na Lotus... Claro, escolha óbvia, mesmo que seja mais ou menos. A temporada de Kimi com esse carro - que ficou só na promessa - perde apenas para os competidores reais do prêmio de campeões mundiais, Vettel e Alonso, deixando para trás apenas Webber, Hamilton e Button e todo o resto.
Nada mal e o contrato para 2013, mesmo sem saber o que esperar, chega com toda a pompa.
É bom abrir o olho, pois, no que depender do finlandês, a constância se manifestará, como tem sido desde o começo do ano. Mas há pouca diferença entre ele e Webber, 173 para um, 167 para outro. ¬¬'
Em linhas gerais, Abu Dhabi precisa ser melhor, sem mais problemas. Fora isso, teremos o mesmo de sempre.

As questões agora estão quase como 2010: Vettel à 13 pontos de Alonso, que durante todo o ano fez das tripas coração para chegar aonde chegou. Porém a Red Bull é firme, e além de Vettel, Alonso tem um rival que (como ele bem mesmo ressaltou) é cabuloso: Adrian Newey.
Enquanto a Red Bull sabe que é bom ter piloto e projetista a seu favor, a Ferrari segue com a hipócrita ideia que basta ter um Fernando Alonso e todos os nossos problemas estarão resolvidos.
Não, é preciso que eles trabalhem mesmo se quiserem superar a Red Bull.
No que dependesse do espanhol, apenas, estava ganho. Mas o jogo agora é 50 + 50. Piloto + carro. E isso não aprece ser o caso da Ferrari embora Massa deixe isso no ar...

E não consigo escrever mais nada sobre a corrida ontem.
Amanhã venho com fotos!


Abraços afáveis!

Nenhum comentário: