quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Somos ou não mais inteligentes?


Hoje, pela manhã, fiz uma coisa não muito normal à vista de, digamos, 80% das pessoas comuns nesse mundo.
Acordo todo dia da semana de segunda a sexta as 5:10 da manhã para me arrumar a tempo e pegar o ônibus que me leva à faculdade na cidade vizinha à minha, a UFU – Universidade Federal de Uberlândia (que ficou famosíssima nesse último fim de semana pelo Fantástico – quem não viu a reportagem do médico que cobra consulta em um hospital público?... Pois bem, é a mesma faculdade. Pena que falcatruas existam a mais tempo, bem antes das denúncias. - Mas isso não é o foco do post.). Enquanto me arrumava e tentava forçadamente olhar para o espelho e pensar que eu não estava com cara de sono e que aquilo que eu via era coisa da minha cabeça, caiu na prateleira atrás de mim, um livro: “Algoritmos e Estruturas de Dados”...
Acreditem: eu não sou um tipo comum de mulher. Pego o ônibus a duas quadras da minha casa às 5:45 da manhã. Acordando as 5:10, o mínimo que aconteceria era eu não conseguir me arrumar a tempo, Afinal mulheres são absurdamente lentas para se vestir. Antes disso demoram mais ainda para escolher o que irão vestir.
Eu faço isso na noite anterior. Deixo a roupa arrumada se for possível. Basta vestir, pentear o cabelo, por brincos que combinam com a roupa e com o horário, tomo um copão de leite e beleza: antes das 5:30 estou pronta.
Hoje era 5:20 e o maldito livro despencou de uma pilha de coisas que não me pertenciam (minha irmã é a senhora desorganização então arremessou sua bagunça nas minhas coisas – que maravilha!).
Eu tinha ainda 10 minutos. Peguei meu copo de leite fui dar uma olhada no livro (era isso que eu me referi no início do post que fiz uma coisa que 80% das pessoas não fariam – Quem 5:20 da manhã leria um livro sobre estruturas básicas de comando computacionais?)
Eu tive Introdução à Ciência da Computação quando cursei o primeiro período de graduação em matemática. Tive aula sobre algoritmos. Mas nunca, nunca usei o tal livro porque o professor passou algoritmo tão rápido em aula que nem sequer deu tempo de eu pegar o livro para estudar. Foi um tempo difícil. Aprendi, porém não como deveria, afinal lembro pouca coisa hoje (percebi lendo o livro).
Passando as páginas me deparei com essa imagem que está acima deste post.
Olhando bem e o livro sendo de 1985 (dois anos depois eu estaria nascendo!) vejo que já nessa data se tal cena assustava os mais velhos, imagina hoje?
Tecnologia. Computador é uma coisa útil. Com ele se faz cálculos mais rápidos, e com eles monta gráficos, tabelas, faz projetos de engenharia com mais exatidão, desenhos geométricos... É útil vamos admitir!
Internet também.
Celular sim, embora até pouco tempo as pessoas utilizassem de telefones públicos e antes até nem telefones públicos havia e ninguém morria por isso. Hoje ninguém vive sem o maldito celular. Mulher então, nem se fala. Liga pro namorado de 5 em 5 minutos, com aqueles famosos toquinhos. Em algum intervalo de tempo liga pra conversar mesmo: “oi amor!Que vc está fazendo hein?... O que vc vai almoçar hoje?... Já tomou banho?”... Parece que não dá para esperar chegar o momento em que vão se encontrar, estar sozinho e enfim poder perguntar a cor da cueca, se isso interessar (isso sim é inútil não é mesmo?) Enfim... Cada um com a sua necessidade momentânea.
Mas tudo que o ser humano toca vira porcaria, no bom sentido. Computador: Inventaram o tal do vírus! Tudo pra destruir sua máquina e para quê? Uns fazem por maldade. Outros crêem na teoria que é culpa da Microsoft que criou o Windows com tantas falhas. Com coisa que não existam outras empresas eficientes no mercado como o Linux, por exemplo.
E internet? É cabal admitir que 60% do conteúdo encontrado na internet não são assim úteis. Tem pornografia, pedofilia, estímulos de violência, receitas de dieta que podem matar alguém, assuntos bobos em discussão, vídeos quem humilham pessoas que nada fizeram para merecer isso e alista ficaria enorme se eu fosse escrever tudo. É uma pena isso tudo, por que uma ferramenta de comunicação e informação como essa tinha tudo para ser perfeita por muito tempo. Mas...
Seguido disso veio o CD, DVD, Mp3, (agora Mp4, Mp5), e-book, I-pood... E assim vai!Tem coisa que nem eu sei pra quê serve e se realmente pode ser necessário. Junto veio a pirataria, que no caso dispensa discussão. Já existe de tudo que vc pensava que só seria invenção de filmes como Missão Impossível.
Agora pense comigo: estamos mais inteligentes que nossos avôs e avós?
Pela internet temos acesso a livros raros, acesso a informações de música de qualidade e podemos ouvir-las, acesso principalmente a notícias do mundo todo em tempo real. Tem inúmeros sites de matemática, de química, física, história, geografia, de línguas estrangeiras, de direito, de artes, biologia etc, etc... E mesmo assim vc senta ao lado de um adolescente e 90% deles só sabem falar de MSN e Orkut. Vc pergunta para alguém o que seria “Ensaio Sobre a Cegueira” e é perigoso vc receber a resposta: “não seria o novo CD do Stevie Wonder?”, mas raras pessoas responderiam que é um livro de José Saramago.
Quando mais nova eu ouvia que os jovens são o futuro do mundo. Isso me assusta e deprime ouvir certos absurdos por aí. Só eu me sinto assim?

9 comentários:

Análise F1 disse...

Adorei seu post, infelizmente a internet apenas reflete a sociedade e vivemos um processo de descivilização, onde os valores se perdem e se vestir e agir como um marginal americano está na moda.

Aqui na Europa por exemplo tem um rap que canta o tempo todo contra a polícia e possui letras como "eu fo** sua mãe" e alguns jovens vão ao delírio com isto. Além do constante incentivo a violência nas letras e clips. Lamentável isso.

Assim como você também tenho medo de envelhecer sabendo que estes jovens podem ser o futuro!
Espero que o futuro esteja nas mãos de jovens como você Manu. Parábens pelo modo como pensa e faz com que os outros ao seu redor pensem também!

Abração!

Paulinha disse...

hauahau... Que coisa não?!
A tendência da tecnologia é só almentar cada vez mais.
E vc é uma das pouquíssimas que se arruma em tão pouco tempo, chego atrasada na faculdade quase todos os dias. hauahUAHAUhau... beijos.

Anônimo disse...

...e Moleque Chatto escreveu: A VEJA, semana passada, abordou o assunto. Acho que um lado a=da internet ajuda pacas, te deixa mais inteligente. Orkut e MSN dependendo do grupo que participa, pode, sim, imbecilizar. Acho que voce tem que ser voce, na internet. Daí, adorar o anonimato. Precisamos faze um jogo de xadrez com as palavras. Quando brinco com voce sobre os seus pés( realmente sao lindos, imagine o resto !), estou puxando da sua inteligencia, pedindo uma resposta inteligente a altura. Dom Wanderson nao entende, King Cristiano, também nao. Seu Análise, ha!, também...nao. E voce ? Já fui até claro demais. Voces, blogueiros, precisam entrar na brincadeira. Quando forem famosos, podem até deixar um sem responder. E deixar de responder, as vezes, é burrice. Wandeco só está com 5 comentários....Batíamos um papo bacana sobre política mas ele se fez de sonso...deixava de responder...Bom, prá finalizar, Internet É O MÁXIMO para quem souber utilizá-la. BEIJOS, Deusa dos pé bonitos ! OBS: nao sou podolatra...Me interesso pelas coisas mais acima...HA!

cristiano disse...

Como assim, Mc!?

Concordo contigo, Manu!!!

A cultura de uma pessoa deriva de seus pais, portanto, pais ausentes não transmitem nada aos filhos, que procuram na internet, amigos que nem sempre é boa influência!!!

Isso afeta a auto-estima de muitos e gera uma contra-cultura de auto-destruição do ser humano - como citou o Análise F1!!!

Não me preocuparia tanto Manu pois ainda existem muita gente boa surgindo, e estes da 'contra-cultura' serão sumiços aos novos 'gênios'!!!

Abção!!!

Lílian disse...

Olá, tudo bom? ^^ Muito obrigada pela sua visita, eu fiquei muito orgulhosa em saber que meu novo blog está agradando tanto, com tão pouco tempo de existência ^^ Eu já tinha visto uma imagem como essa q abre o seu post e realmente faz a gente pensar, né? E depois do computador, será q vamos evoluir para o q?
Olha, não se sinta tão anormal, eu não me incomodaria com o horário do dia ou da noite se fosse para ler algo sobre o que eu gosto. Tá bom, eu gosto de coisas diferentes das suas, mas a maioria das pessoas também estranha os meus gostos. Afinal, quem trocaria a balada num pleno fim de semana para ficar lendo sobre os povos pagãos europeus? Só eu...
Quando tenho que acordar cedo, deixo a roupa pronta antes p/ poder dormir um pouco mais e ñ ter q acordar antes p/ ficar escolhendo a roupa. =D De qlqr modo, eu geralmente visto a 1ª coisa q aparece na frente... só agora, q eu comecei a trabalhar com cosméticos, estou usando alguma maquiagem d vez em qdo. + é pura auto-propaganda XD
Eu tenho um celular, q quase ñ uso, + acho uma máquina mto útil sim. Afinal, poder se comunicar com uma outra pessoa instantâneamente onde quer q ela esteja a qualquer hora é um avanço. E melhor ainda s/ precisar d um trombolho como o computador. É mto comum pra mim marcar compromisso, a pessoa ñ estar... pronto! Basta fazer uma ligação: "fulano(a), onde vc está?". E acabou-se o problema ^^
Acho q o computador, e tudo inventado pelo homem, é mesmo mto útil, + ñ pode ser perfeito por nós mesmos sermos imperfeitos. E damos usos imperfeitos p/ nossas criações. A faca é uma invenção bem útil, + pode ser usada p/ as piores coisas, mesmo q ñ tenha sido criada p/ isso. É assim com os vírus d computador tbm. =/ Meu irmão tem um mp8 e eu nem sei qtas funções aquele bicho tem. Não vou dizer q é inútil, + dá pra viver s/ ñ acha? Só q a propaganda faz a gente acreditar q aquele negócio é imprescindível, q vc precisa consumir, comprar, exibir pros amigos...
A internet é útil, mas pessoas inúteis ficam fazendo coisas inúteis nela. Nós, que não somos assim, ficamos aqui discutindo coisas inteligentes =) Já pensou q triste seria, c vc estivesse agora procurando desconhecidos pra adicionar no orkut, procurando códigos p/ fazer o seu nº de fãs aumentar com trapaça...? Não é ridículo? Pessoas pequenas, atitudes pequenas.
Eu já ouvi falar d “Ensaio Sobre a Cegueira” nas minhas aulas d literatura, + confesso q ainda ñ li. D qlqr jeito, pretendo ir ver o filme no domingo. ^^"
Acho q teremos um mau futuro pela frente...
beijos

Anônimo disse...

E Sir Moleque Chatto escreve para King Cristiano, Ó Meu empreendedor ! : Nao tem nada de pai e mae na parada. Orkut e MSN, dependendo com quem voce conversa, emburrece. Nós mesmos, se nao abrimos a cabeça para que os outros escrevem, babauuuu ! Mas voce, o Groo ou quem quer que seja nao pode sair por ai escrevendo um texto gigantesco pensando que é o Machado de Assis do século XXI ! Façam um resumo antes de lançá-los no blog ! De 5 comentários pularao para 20 em pouco tempo...garanto. Eu, por exemplo, to mais interessado no texto do diabinho com guitarra...dá licença. Vamos responder, blogueiros ! E, vamos interagir também, ou vou achar que, além do homem dos mil nicks( sou o homem dos 15 nicks...) existe os homens e mulheres dos mil blogs ! O Dom Wanderson está madando S.O.S. !

Anônimo disse...

.....e Bottinhas escreve: A resposta de um certo Didi Abu é sensacional ! No Post aqui embaixo, onde um sátiro toca guitarra ! Quem seria o nick...Dom Wanderson ?

Manu disse...

É isso aí gente. Temos q usar tecnologia de forma benéfica. Não descarto q todas coisas q citei são úteis. Mas pouca gente percebe o real benefício de tudo.

MC - obrigada pelo elogio aos meus pés. Acredite, amigo, só eles são bonitinhos! ^^

Análise, Cristiano - concordo plenamente com vcs! ^^

Paulinha - Eu arrumo em pouco tempo pq o corpinho é pequeno e rápido de vestir. XD

Lílian!Temos mais em comum q eu imaginava hein? ^^

MC - Dependendo de quem encontramos no orkut e MSN, sim ficamos mais bobões. Porém é fácil cair a ficha e ignorar a pessoa o mais rápido possível. Orkut serve na verdade p/ encontrar pessoas q vc conhece e interagir com outras q por ventura possam ter algo em comum com vc. Eu tive sorte. As pessoas q por lá conheci, foram pessoas q mereceram amizade e comprometimento de conversa sim. Eram e são pessoas inteligentes q sabem falar sobre várias coisas. Os inúteis obviamente não levaram nenhum papo adiante e foram ignorados.
E sim o assunto com o diabinho com a guitarra é mais interessante e não menos importante. O texto ficou enorme? Foi mal. Reduzirei da próxima vez, mas é q empolguei mesmo.

Abração a todos!

Patrícia disse...

Oi Manu,

Concordo com o seu post e com os comentários do Análise!

Sobre Orkut, foi tanta bobeira, tanto vírus, até ameça de procurar onde é minha casa pra invadir... pode? que excluí Orkut e msn, não os uso mais!

Sobre o texto, continua fazendo grande assim, quem não gosta ou não sabe ler muito bem pode procurar um livro de figuras, seu texto está ótimo!

Beijos!