sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Heavy Metal: um estilo de vida ou subversão?


Quem já não foi apontado ou criticado por algum ato na vida?
Enfim os headbangers (ou metaleiros como diz os menos informados) são alvo de crítica e até mesmo chacota em toda parte do mundo e isso é fato.
O post anterior foi colocado aqui de forma proposital.
Uma comparação com o que pode ser tratado e encarado com erudito melhora muito o lado de quem curte heavy metal. Podemos até acreditar que um dia headbangers possam ser tratados com respeito como qualquer outro adepto a qualquer estilo de música.
Estereotipar é característica de 11 entre 10 seres humanos. Quando não se conhece nada sobre então nem se fala.
Por muito tempo, desde o surgimento de Black Sabbath (com certeza os precursores dessa idéia de música pesada) o som foi tratado à época (e até hoje, por que não?) por fanáticos religiosos. Para eles a teoria girava em torno de que esse era o som de acesso ao Diabo.
Há inúmeras teorias sobre isso e pretendo até estender essa história mais adiante.
Até por que é uma discussão essa que daria muito, mas muito comentário. O porque disso realmente não tem explicação lógica e/ou científica. Cada um terá uma concepção para isso.
Mas em regra ou fora dela, o fato é que ouvintes de heavy metal são pessoas normais, como eu e você. Sem estereótipos. Para uns é sua filosofia de vida, sua forma e identidade em notas musicais. Para outros é apenas o som que te alegra e te faz sentir vontade de encarar o dia por exemplo.
Sou fã confessa de heavy metal a alguns anos. Admiro muito o estilo bem como seus músicos. Quem pouco conhecimento tem sobre música pode dizer que é um estilo peculiar e não assim tão simples e fácil.
Nesse ponto creio que heavy metal se compara mais a música clássica do que imaginamos, não só apenas nos aspectos psicológicos retratados na reportagem mas sim na forma de execução musical. Música clássica é complexa, requer muito estudo, muito empenho, muito gosto, muita vontade, muito talento, muita espiritualidade seja você ouvinte ou músico. Heavy metal se encaixa da mesma forma nesses quesitos.
Eu particularmente respondo, sempre quando perguntada sobre meu estilo de música favorito, a mesma coisa: gosto de música boa! Heavy metal e suas vertentes, clássico e certas coisas que não se enquadram nesses quesitos mas que são admiráveis.
Não é preciso sair de roupa preta, com coturnos ou botas, cintos e pulseiras, maquiagens e afins. Não é preciso profanar o Diabo e dizer que é ateu e sair em busca de queimar igrejas. Não é preciso se trancar no quarto e "bater cabelo" até cair de cansaço e torcicolo. Nada disso é necessário para se firmar como um headbanger.
Você pode ir contra a maré e ser sim uma pessoa normal aos olhos da sociedade preconceituosa e chegar na sua casa e colocar a música Enter Sandman do Metallica no seu som no último volume e correr para cozinha para fazer um lanche.
Ser headbanger é ser fiel ao som que você ouve, sem ser obrigado a se fantasiar ou dar ouvidos a quem acha que você é subversivo. Você é sensato e se garante.
Subversão e/ou perversão é achar que as músicas da Mulher Melancia são músicas.

Grande abraço a todos!^^




12 comentários:

cristiano disse...

huahua... Bom mesmo é Fazer metal com Orquestra como fez o Scorpions!!! Sensacional...

Hurricane 2000 é fantástica e Wind of Change quase me fez chorar quando a ouvi pela primeira vez!!!

Preconceito é normal!!! o que me impressiona são os códigos internos: maneira de se vestir e gírias...

Estilo é algo pessoal, não dá para padronizar!!!

Patrícia disse...

Eu adoro Scorpions, curto rock mais light! Talvez a turma que gosta de Rock pesado nem considere isso rock.. mais... meu gosto né!rsrs

Manu, vc gosta de bandas nacionais? Tipo Jota Quest, Skank (música mineira da boa,rsrs, ao menos pra mim que curto).

Beijos amiga!

latueiro disse...

Bóa noite MANU...e amigos do "rock-row. Apesar de ter algúmas faixas do rock-metal, ém casa...não sou muito fã. Mas sou um apaixonado, pelo rock pauleira e romantico...mas antigos! talvêz por causa dos cabelos....já grisalhos? eu ainda curto um....led-zepellin, elvis, geneses. jime hendrix, creedence...etc...assim que postar, algo dessa turminha ai???? me avise MANU...ok..abs

manu disse...

Aê Cristiano concordo plenamente garoto!!!
Eu adoro Scorpions é muito bom. Está na lista de favoritos aqui do lado hehe!^^

Patrícia, eu achava legal Skank qd começou q tinha umas letras mais doidas, agora temo q tenham ficado muito comercial mas ainda muito bons.São excelentes músicos. J-Quest tbm. As primeiras músicas, do disco Planeta dos Macacos são muito divertidas.^^ Minas é minas hehehehe!XD

Latueiro!! Sim essas músicas/bandas mais antigas são mesmo boas!^^ Eu gosto muito do Genesis e dos q citou claro. Assim q eu postar algo sobre essa bandas pode deixar q deixo vc sobre aviso!

Brigadão amigos!!Bjs e bom fds!

Syth disse...

"Não é preciso sair de roupa preta, com coturnos ou botas, cintos e pulseiras, maquiagens e afins. Não é preciso profanar o Diabo e dizer que é ateu e sair em busca de queimar igrejas. Não é preciso se trancar no quarto e "bater cabelo" até cair de cansaço e torcicolo. Nada disso é necessário para se firmar como um headbanger. Você pode ir contra a maré e ser sim uma pessoa normal aos olhos da sociedade preconceituosa e chegar na sua casa e colocar a música Enter Sandman do Metallica no seu som no último volume e correr para cozinha para fazer um lanche. "
- Sou exactamente assim. Não torno Metal numa coisa comercial, nem preciso de me vestir sempre de preto, porque eu sei que no fundo sou leal ao Heavy Metal. Normalmente as mulheres que gostam de Heavy Metal são logo góticas, pois eu não. Nada de goticismos, e essas coisas comerciais, prefiro o Metal ao seu estado mais puro!

"Ser headbanger é ser fiel ao som que você ouve, sem ser obrigado a se fantasiar ou dar ouvidos a quem acha que você é subversivo. "
- Amén to that!

Hail from Portugal! ^^

Wanderson disse...

Manu, você merece umas palmadas. Como você passa no meu blog e não deixa o link do seu excelente espaço, hein menina? Não faça mais isso. Abração amiga. Toda sorte do mundo, e de Roock'n rolleu entendo. Mas não vou emitir uma opinião, pois ela é um pouco polêmica...

Camilla disse...

Prova disso é que a banda Apocaliptica fez das músicas do Metallica, um álbum de músicas clássicas. Eu, particularmente, escuto Heavye Metal, mas tenho preferência por outras vertentes do rock. Nunca precisei me encher de correntes, de roupas escuras, de maquiagens pesadas para mostrar meu gosto musical. Até pq muitas pessoas q fazem isso, fazem simplesmente por modinha e na verdade nem escutam as bandas que dizem escutar. É a estereotipação da sociedade que tbm me deixa com raiva, mas, temos q aprender a lidar com isso. Alguém que sabe o que quer e o que gosta, e que sabe o pq que gosta, não precisa dar ouvidos a uma sociedade anônima, hipócrita e mesquinha q sabe somente julgar sem olhar para o próprio umbigo.

É isso aí!

Bjos...

Manu disse...

Boa Camila! ^^

Anônimo disse...

...e Didi Abu escreve e parece ter encontrado o seu lugar : Mas, minha nova amiga Manu. Pense, Heavy Metal, no futuro, as alturas, em casa de família ? Mesmo o pai sendo um ardoroso defensor das baterias e solos de guitarra estridentes e convicto metaleiro ? E o Bebe, dorme ? Nao....Música clássica é fantástica ! Tenho um gato em casa. Quando coloco música clássica, Jazz, Bossa Nova, dorme de babar. Quando boto um Led Zeppelin, Def Leppard,o bichano educadamente acorda, me olha, sério, eeeee vai devagar, pelos cantos, para bem longe.....O professor falou que, em comum, seus admiradores sao criativos. Os sambistas, nao ? Os jazzistas, nao ? os Bluesman, nao ? E os irmaos cara de pau ? Nao sao criativos ? Os admiradores do Sex Pistols... NAO ? Acho que esse cara puxou bastante a sardinha pro lado dele.....é metaleiro. E fico imaginando uns metaleiros, daqueles que batem cabeça nos shows e empurram uns aos outros( barra pesadíssimas !) assistindo a um concerto da Orquestra Sinfonica Brasileira... Idéia diabólica ! Falarei com o Roberto Medina para, na próxima ediçao do Róquenrrio colocar na mesma noite, a apresentaçao de duas bandas Heavy Metal e, no meio, a OSB ! Veremos na prática a teoria de Adrian North..........Metaleiros ouvindo educadamente Danúbio Azul.....Acreditam ? Ai !

Anônimo disse...

....e Moleque Chatto bate um papo com Didi Abu: Abu ! Fantástica análise ! Nao dá para acreditar num sujeito alto, forte - gordo, careca e de barba, que anda numa moto dos infernos( hell-angels ), ouvindo música clássica como se ouve heavy metal ! Imaginem um show reunindo Eat Turtle, quer dizer, Deep Purple com a orquestra sinfonica de Milao ? Se ainda fossem o Yes, Pink foda...Floyd e o doidao dos teclados O cabeludo loiro Rick Wakeman( agora, "careca" ! Adoro rock progressivo, acho, sinceramente, que o cientista maluco trocou as belas... esses ,sim, flertaram com a música clássica, ópera e serao lebrados no futuro...minha gata(felina) adora !). Emerson, Lake and Palmer... Jogada de markenting de alguns conjuntos de metal pesado( e de outros estilos de música - Freedy, o Mercúrio cantou até ópera ! - que deveriam, sim, agradecer aos cabeludos de Liverpool e o quinto bezouro, George Martin ! Nao os primeiros mas os mais famosos que "misturaram" os mundos diferentes da músicae, portanto, chamando atençao. A day in the life.... http://www.youtube.com/watch?v=gZez_k4vAzU

Manu disse...

Hehehe... Sobre os comentários acima, concordo com os pontos de vista. Jazz, blues, rock, metal, clássico, new wave, punk, bossa nova, samba... seja o q for é arte! Acima de tudo arte.
Ao contrário do seu gato eu consigo cochilar com músicas de metal.XD Não sou de ficar enlouquecida em shows pulando, batendo cabelo, até pq minha anatomia não permite isso haha XD.

Não sou fanática só por heavy metal, apenas é o estilo q tenho mais afinidade. Adoro música clássica tbm. Ouço bandas conceituadas e não do ramo do metal, como U2. Gosto de músicas dos Anos 80. Ouço Ana Carolina pq acho sua voz muito boa. Oras, música boa pode ser de qq estilo. Desde q mereça ser chamada de música!

Abraço!

Anônimo disse...

.....e Moleque CHatto, diz : É isso aí, Manu ! Mas não dá pra aceitar fácil essa história - música clássica / heavy metal...me perdoe. Eu escuto heavy Metal. AC/DC, é a minha dúvida. É Heavy Metal ? O vocalista se foi, não...mas o guitarrista roubava a cena ! HA ! Gosto do Iron Maiden e, mais ainda, depois que descobri que Bruce Dickinson é piloto de avião ( Boeing ! ) e AMA o 727 ! Meu predileto também...HA ! Agora, estou escutando Genesis...com...a fera da bateria....Seu Phill !