segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Diário de Bordo (parte 2)



Sexta feira, dia 07 de novembro. Cheguei da faculdade por volta da 13:00 horas.
Meu programa do dia era:
- chegar antes da 13 horas e 10 minutos;
- almoçar até pelo menos 14:00 horas;
- ter aulas de guitarra das 14:30 às 15:30;
- não mais do que às 16:00 horas arrumar minhas coisas para viagem;

Nesse meio tempo de meia hora tinha pausa para lavar um cabelo grande (até a cintura quase) e enquanto arrumava minhas "trouxas" (XD) o cabelo ia secando aos poucos naturalmente.
Começou então a jornada quando soube que não teria aula de guitarra. Usei minha uma hora extra para entrar na internet e avisar quem deveria avisar da minha ida à São Paulo.

15:00 hs e estava eu com cabelo lavado em frente o meu armário pegando as roupas da minha irmã e botando na mini-mala. E eu? Ok:
- uma roupa para dormir;
- uma para voltar para casa;
- roupas de baixo para 2 dias;
- kit maquiagem, kit limpesa (desodorante, perfume, sabonete, escova de dentes...) e kit acessórios(brincos, anéis, pulseiras);
- um sapato para o show;
- e a roupa do show...
A última a mais difícil! O povo gosta de se enfeitar. Eu queria ser fã. Queria ir com minha blusa da banda. Mas queria ir com as roupas de roqueira que tenho...

Decidi lá pelas 18 horas que eu devia ser fã. Arrumei minha camiseta com escrito NIGHTWISH passadinha, uma saia e calçado.

Hora de arrumar a bolsa:
- 8 pilhas (minha máquina descarrega pilhas fácil - devia ter comprado máquina à bateria!!!);
- máquina fotográfica indispensável (memória de peixe - preciso registrar o momento!!!);
- ingressos, passagens, documentos da reserva do hotel num envelope seguro;
- lanche para a viagem (XD);
Eram 18:30 e estava tudo pronto. Bastava outro banho e arrumar para jantar e rumar para rodoviária. Olhei para as malinhas... "Como mulher carrega coisa inútil!" pensei... Por mim, bastava ingressos e roupas limpas. Mas enfim...

21:15 Rodoviária de Araguari, Minas Gerais (foto da cidade no mapa). Minha pretenção era tirar foto da rodoviária mas... Em vista da de São Paulo seria motivo de piada. XD
O ônibus vinha de Brasília - DF e seus destino era São Paulo. Parada de 15 minutos para embarque e desembarque em Araguari. Chamado ônibus em trânsito.
Estava eu e minha irmã. Descemos do carro e falamos "tchau" para nosso pai. Nossa mãe foi junto até a plataforma com cara de preocupada, mas estava tudo bem. Tudo daria certo. 9 horas de viagem pela frente. Respirei fundo, falei tchau para Mamis e entrei no ônibus.

Agora sem volta. Roteiro era, dali parada em Uberaba - MG, Pirassununga - SP, Ribeirão Preto - SP e Campinas - SP. No ônibus mal dormi. O banco me deixou torta e meus joelhos latejavam um pouco. Devo ter dormido umas 4 horas tirando quando despertava nas paradas.

Tensa e esfomeada às 6:00 hs entrávamos em São Paulo. Olhei tudo a volta. Me parecia uma cidade comum até que começamos a ver grandes indústrias e empresas e foi. Demorou exatos 30 minutos até a chegada no Teminal Tietê.
Dali mesmo, peguei meu celular e liguei para meu amigo, de Uberlândia - MG que tinha pegado um ônibus mais tarde e de outra empresa, mas que chegaria no mesmo instante. Liguei e uma moça atendeu. "_ Alô, quem fala??" "_ Emanuelle, preciso falar com &%$*@#..." "_ Quem?", responde a menina... Retruquei meio nervosa: "_ &%$*@#" "_ Ainda não entendi... " Desisti e desliguei. Fiquei atônita. O menino não conhecia São Paulo assim como eu. Minha irmã conhece a rodoviária mas como procuraríamos ele com tanta gente ali? Mandei uma mensagem no celular dele avisando em que plataforma estávamos. Esperei um pouco. Vi coisas estranhas nessa hora. Em poucos minutos desceu um cara de um ônibus com uma mochila e uma prancha de surf. Vai surfar onde meu bem? No Tietê? Logo desceu um casalzinho bem gordinhos, de outro "busão", trajando roupas góticas. Eles deviam ser do meu tamanho e a moça tinha o cabelo pink. Normal, pensei. "Estou em São Paulo". Sairam também de outro ônibus (param ônibus a cada 5 segundos lá) freiras beneditinas com enormes malas! ^^

Era hora então de procurar o "&%$*@#", meu amigo. Liguei novamente mudando de código de operadora. E... VIVA! Eram 7:00horas da manhã e ele desembarcava numa plataforma próximo a onde eu e minha irmã estávamos. Rapidamente nos encontramos, fomos no banheiro (R$1,00 o banheirinho...) que estava lotado de peruas e criaturas vaidosas... Custamos a sair. Queria comer...Um leite com achocolatado cairia bem. E foi isso mesmo. Em menos de meia hora já estávamos os 3 mosqueteiros a bordo de um táxi. Rumo a Rua Funchal número 281. Hotel Estamplaza.

É duro ser caipira. Ainda mais ser caipira que detesta cidade grande. Foi 26 minutos do Terminal Tietê até a Rua Funchal. E minha cara era a mesma em todo o caminho. Boca aberta e cara de "ããh"... O pensamento era: "eu sobrevivo até domingo?" Depois de passar pelo túnel Ayrton Senna eu mudei meu pensamento: "será que chego viva no hotel?"... Pode parecer piada mas aqui só se anda a mais de 80 km por hora em estrada. E no táxi em cheguei a mais de 100 km.

Enfim eram pouco mais de 8 horas quando já haviámos feito o check-in no hotel. Décimo terceiro andar do prédio. Subimos e exploramos o território. XD

Foi uma bela sensação quando cheguei na sacada. Tudo parecia enorme e minúsculo ao mesmo tempo. Uma suposta sensação ruim que se tem em lugares altos sumiu. Era mesmo uma visõa bonita. Eis as vistas do décimo terceiro andar:



Saimos então as 8 horas e 40 minutos. Vamos procurar uma lugar para almoçar e ver onde era o Via Funchal - local do show. Andamos por alguns minutos na rua contrária ao Via Funchal. Encontramos inúmeros condomínios. Não poderia ser uma bairro comum. Nele encontramos algumas lanchonetes e um restaurante japonês. Voltamos e pouco antes de passar pelo hotel, num dos prédios havia um cara agachado no chão de costas... Meu amigo então chamou a atenção minha e de minha irmã para um "cofrinho" amostra que ele denominou de "cofrinho moicano"... O tio estava a pagar o "cofrinho" em frente uma rua bem movimentada. E não era um mero cofre. Era um cofre traumatizante. XD

Durante o tempo que se seguiu ele seria lembrado mais vezes durante o dia. Meu amigo ainda sugeriu uma perda de apetite para um almoço que estaria prestes a acontecer mais tarde. Encontramos passando pela porta do hotel 5 mocinhos com a camiseta do Nightwish. "E aí amigos, o Via Funchal é pra lá?" ... "_ É sim!"

Dobramos a esquinha e umas 30 pessoas estavam numa suposta fila em frente ao Via Funchal. Fomos até a esquina, voltamos e sentamos em frente o Hotel Mercure. Nesse hotel estava o Nightwish. Olhei lá pra cima a procura de um fio de cabelo hahahahaha... Nada. Um cara que vendia bandanas e munhequeiras sentou do lado ao conversar com um outro que vendia camisetas e comentou que hoje entraria no show para ver Nightwish. Soube que no show do dia 07/11 Anette tinha cantado a música"Wishmaster" muito bem e ele achava que aquela música era a prova de fogo dela para mostrar-se melhor que a antiga vocal. Fiquei bem empolgada ao ouvir isso, embora eu ache a música legal não amo de paixão como a maioria.

Logo o segurança do hotel veio e pediu educadamente que a gente não se sentasse na porta. Aceitamos e minha irmã perguntou de bons restaurantes por ali perto. Ele foi educado e respondeu mais ou menos o que queríamos. Meu amigo perguntou: "_ A banda está aqui no hotel?" E o cara, respirou fundo e disse um "Não sei..." mais cheio de SIM que já tinha ouvido na vida! XD


Voltamos para o hotel. Estava muito cansada. Era pouco mais de 9:30... Procuramos coisas nos canais. Nada de bom... E eu cansada. Cochilei até 11:40 numa cama macia...
(continua parte 3)

16 comentários:

Cristiano Matheus disse...

Nossa, Sampa... minha city natal!!!

Estarei lá dia 9 de dezembro!!!

A segunda parte do meu sonho é ir morar numa cidade maior, mesmo que sacrifique minha fábrica de lingerie!!!

Estou com oportunidades de trabalhar próximo a Campinas, isso para mim será melhor pois acho que trabalhando uma grande organização posso evoluir como empreendedor. Socialmente também será legal já que o circuito Cultural passa longe daqui!!!

Existe três fatores que me faz montar esse negócio:

1- Morro num polo de confecções, portanto montar qualquer coisa que não seja dessa área fica difícil pois não há como conseguir matéria-prima.

2- Tenho muita criatividade para desenvolver coisas e uma empresa veio em casa ver se eu fazia mão-de-obra.

3- Tenho todo maquinário da época que tentei montar uma fábrica de camisetas. Este negócio não deu certo, por causa da distancia que eu tinha que percorrer para comprar tecido.

FEchei negócios, mas o serviço não me intusiasma. Não ganho muito e venho discutindo muito com minha mãe - sócia!!!

Procuro algo que original de minha mente, e só conseguirei isso longe de casa!!!

Entende!!!

Anônimo disse...

.....e M.C. escreve: Poxa...o que dizer. O "caipira" de antigamente é mais experto que o "caipira" high-tech de hoje ? Qualquer caipira de hoje chega a Nir Iórqui, sô ! Sampa continua, como na música de Caetano mas com uma pequena única diferença chattoneana....e a deselegância discreta de seus feios prédios....Quando tiver show no Rio, do Nightwish, voce terá que usar colete a prova de balas( capacete também ) mas as fotos serão de babar....

Cristiano Matheus disse...

É verdade MC, o Rio tem um visual que nem Hollywood é caaz de copiar!!!

Análise F1 disse...

Pra contrariar os cariocas...prefiro Sampa. Rio é lindo na orla, mas a cidade em sí...rsrsrs.

Bom, pelo jeito a viajem foi boa, com amigos junto é sempre mais divertido!

Beijos

manu disse...

Cristiano: penso como vc, principalmente em questão de cidades grandes a cultura é mais presente. É isso q me chateia em morar numa cidade promissora porém parada no tempo. E mesmo assim SP p/ viver seria uma possibilidade se eu gostasse de muito movimento e tivesse mais $. Em cidade pequena a vida é custosa imagina em SP...
Não sabia q vc era de lá...

E MC...Teve show do Nightwish no Rio, dia 19. Até pensei em ir mas sendo em dia de semana preferi não arriscar afinal estou em fim de semestre das aulas. Mas realmente seriam bem mais bonitas as fotos postadas. Vc é de onde hã?

Análise!Espero q as coisas estejam se ajeitando p/ vc e sua família agora.
E sim...terá um post sobre o momento com minha irmã e meu amigo até a hora do show.

Bjos a todos!

Anônimo disse...

.....E M.C. responde: Cricri, do POPOlog, Hollywood já mostrou várias vezes o Rio de Janeiro. Último filme, que eu saiba, de maneira um pouco desrespeitosa conosco( um país de corruPTos onde ninguém é preso pois o contador foge pro Rio) foi no filme "Os Produtores". Redaçal, do ANALF1, voce nao conhece o Rio. Só a orla ? Tá confundindo com Santos, camaradinha. Laranjeiras. Cosme Velho, Santa Tereza, Glória, Centro da cidade....Vila Isabel, Sao Cristovao e, principalmente, Madureira e Cascadura já que és homem do povo, socialista, como Wanderson Marçal.Tem a Floresta da Tijuca, maior floresta urbana do mundo. Ibirapuera, perde de goleada ! 50 a zero. Tá mais por fora sobre o Rio do que bunnnnda de vedete, Wandeco ! HA! Manu, sou do Rio de Janeiro. Mas tow achando isso aqui uma bosta. Mas uma bosta mais linda que a bosta de Sao Paulo.

Anônimo disse...

" Rio é lindo na orla, mas a cidade em sí...rsrsrs." .....e Bottinhas, maaaannnnnda: Os blogs estao nas maos de verdadeiras fofuras como a Manu e de verdadeiros boçais como o Redaçao. Para o apedeuta fórmulaúnico se lembrar: O combalido Rio de Janeiro velho de guerra faz 200 anos agora da vinda da familia real para o Brasil. O professor de história NAO ajudou o Redaçal( de boçal ) a ficar calado e nao falar besteira....e ainda ri ! O cara acha que o Rio é o que Tim Maia cantou....do Leme ao Pontal ! Nada igual e que já é sensacional! Mas nao ouviu a música toda, com atençao...Por isso, som na caixa mané ! "- Que Beleza! Maravilha!
"Quem não dança
Segura a criança!"

Do Leme ao Pontal
Não há nada igual
Do Leme ao Pontal
Do Leme ao Pontal!
Não há nada igual...(3x)

-Olha o breque!

Sem contar com Calabouço
Flamengo, Botafogo
Urca, Praia Vermelha...

Do Leme ao Pontal
Não há nada igual
Do Leme ao Pontal
Do Leme ao Pontal!
Não há nada igual...

Do Leme ao Pontal
Do Leme ao Pontal!
Não há nada igual
Do Leme ao Pontal
Do Leme ao Pontal!
Não há nada igual...(2x)

-Olha o breque!

Sem contar com Calabouço
Flamengo, Botafogo
Urca, Praia Vermelha...

Tomo guaraná, suco de cajú
Goiabada para sobremesa...(17x)"

Sem contar os vários bairros citados por Moleque , o chatto carioca. E outros bairros. Humaitá, Jardim Botanico, Gavea( e sua boemia que rivaliza com o Leblon, Copacabana e Lapa ), Catete, Largo do Machado ( de Assis ). Só os 5 bairros da música, um voces nao conhecem. " Era uma região belíssima, de praias com areias branquinhas e água cristalina, onde não era rara a visão do fundo da Baía, tendo como habitantes comuns os camarões, cavalos-marinhos, sardinhas, e até mesmo baleias "......no tempo de Dom Joao Carequinha. Calabouço é o Caju hoje que, infelizmente, nao vale uma visita. Só se voce for gótico e gosta de cemitério. A baía de Guanabara é o Tiete e represa billings juntos mas muito muito muito mais bonita porém vista de uma distancia segura mas vale um passeio a Paquetá e brocoió. Flamengo e Botafogo, 2, 3 dias se conhece bem. Urca e Praia Vermelha pode-se dar de cara com Roberto Carlos....mas tem que dar sorte.O homem é arredio. Ricardo Cravo Albim é certo de esbarrar. Praia Vermelha se for inteligente passa pro IME. Terra dos milicos e do Pao de Açucar com passeio a pé no sopé do Penedao mais famoso do mundo sem contar de ir lá em cima. de bondinho ou escalando comigo, se quiserem. Rééééééé. E, como diz o narrador...." Cansei...". Turma da garoa, mandem os lugares sensacionais da cidade locomotiva do país, por favor.

manu disse...

Eu não posso dizer absolutamente naaaaaaaaaaada nem do Rio nem de SP. Conheci nem um terço do q se pode falar de SP e Rio ainda nem passei perto.
Apenas do estado do Rio tenho curiosidade de visitar Penedo. Quem sabe qd for eu não visite a capital tbm?...

=**

Anônimo disse...

Penedo ! Colonia finlandesa ! Mas será dificil encontrar Kimi Vodka por lá.....Bom, a cidade não tem muita coisa, não. É para descanso nas pousadas e passeio ao pequeno centro paraq almoços e jantares. Se é boa de caminhada...aí...Trilhas e mais trilhas...Pode parar em Minas Gerais, sô ! Vale provar as pizzas, chocolates e as trutas. Agora, tem Itatiaia, Resende e Visconde de Mauá( aqui, um dos pedaços do paraíso na terra ! Mas tem muito natureba fã de baseado....Ha ! mas estrada é péssima) bem próximas. Se quiser um tur industrial..... Vale dar uma olhadela na fábrica de caminhões da Volkswagen, Peugeot e Michelin. Tem a AMAN, também, dos militares. Graças à eles, um local tranquilo, o vale. Inverno é a melhor época. E M.C. escreveu.

Anônimo disse...

....e Bottinhas escreve: Polla, M.C. ! Kalalho ! Pleciso dar uma de Cebolinha polque voce não falou do monte de rios limpos para mergulhos fantásticos ! E cachoeiras "Véu de noiva" a dar com pau ! Bem...pau na cachoeiras...no véu não dá( só se for fetiche) mas nas noivas....só os noivos rééééééééé ! Mas pode ter um que aceite "emprestar" a noiva, sei lá...Um corinthiano ou flamenguista...são casados com os clubes, primeiramente. Dá a chance de estar no lugar certo e o time dos doentes perder, ficam chateadinhos, enchem a cara e ficam com raiva da muié( acham que ela deu azar )....e a gente...crééééééééúuuuuuuuu ! É só ficar de olho nas camisas de clubes e observar....dar uma de tubarão e depois "consolar" a noiva...Essas cidades são ótimas para isso.

Anônimo disse...

....M.C. escreve: Com imenso pesar e constrangido, peço desculpas pelo meu subordinado e funcionário da MoCha - divisao ChaTon - o senhor Bottinhas, pelas declaraçoes acima. Serao aplicadas pesadas penas, de suspensao de salário a 3 meses na solitária, até o meliante voltar a se comportar.

manu disse...

Kkkkkkkkkkkkkk...
depois de tais dicas (comentário 22/11, 9:10)vou mesmo p/ Penedo pq caminhar, em contato com natureza, é o q ando precisando! ^^

=**

Anônimo disse...

.....e Bottinhas, agora, um fugitivo, manda: Cuidado para não se perder ! No bom sentido, claro....

don corleone disse...

Manu, você conseguiu pegar um taxi que deu 100 Km/h vindo do Tietê p/ a Funchal??? Acho que você pegou corrida com o Felipe Massa...

Muito legal o seu relato, tem detalhes que eu sinceramente não dou atenção... esse caminho que você fez eu faço todos os dias, pois trabalho na R. Funchal e moro na Zona Norte, perto da rodoviária... vcs são corajosos de vir p/ esse fim de mundo... normalmente, levo uns 50 min de casa ao escritório e 1:20 p/ voltar...

Sobre as cidades: gosto muito de São Paulo, mas o Rio de Janeiro é lindo demais!! Estive lá com os meus filhos esse ano e eles adoraram. E ainda tenho a sorte de ir ao Rio regularmente a trabalho. Toda cidade tem sua parte "horrível"... Curitiba é um dos lugares mais organizados do Brasil, mas quando você passa na zona industrial, aquela que fica às margens das rodovias (116, 277 - vulgo "circular Curitiba" - 376) se vê que periferia é periferia em qualquer lugar. Brasília não é diferente. As cidades satélites têm muitos problemas...

Como já escrevi ao Moleque, o grande problema do Rio foi ter perdido a sede do Governo Federal. E o golpe de misericórdia foi a extinção do Estado da Guanabara. Desde 1982 o Rio está entregue nas mãos de políticos populistas e que não se dignaram a cuidar de um dos maiores patrimônios do Brasil. Contando com a transferência da Capital, há quase 50 anos o Rio foi "abandonado".

São Paulo, hoje, concentra tudo. O que você quiser encontrar, você acha. De bom ou ruim. Atrações Turísticas? Difícil falar, eu moro aqui, então, pra mim, não é turismo. Gosto muito de São Paulo, mas, se tivesse oportunidade, mudaria para outra cidade. Campinas ou Ribeirão Preto, talvez... São José do Rio Preto também é uma boa pedida.

Anônimo disse...

...e M.C. responde: Uma grande cidade tem sempre "uma" ou "duas" atraçõeszinhas turísticas...Nova York, Los Angeles, Paris, Madri, Berlim, Roma, Buenos Aires, Tóquio....Don Corleone não consegue encontrar meia atração em Sampa ? Uma pena. Vá lá....eu arrisco...O São Paulo Futebol Clube. A sala de troféus deve ser o máximo ! Os Yankees de N.Y perdem !

manu disse...

Desculpem a demora mas estive ausente por um tempo.

Pois é Don Corleone!Por mais incrível q pareça andei num certo tempo à 100 por hora...

Particularmente adorei seu comentário, q acrescentou muito.
Tive uma boa impressão da cidade apenas num trecho q conheci e nem posso dizer q fui a SP afinal nem conheci um terço dela.

Bom...agora com um tantim de tempo considerável vejo se posso fazer a parte 3... ^^

bjos a todos!^^