sábado, 19 de agosto de 2017

Corrente Musical de A a Z: Judas Priest

Com dois votos, a banda vencedora do Corrente Musical desta semana!

Banda ou Artista mais bem votado:



Desta vez a nova etapa da Corrente foi sem a unanimidade das outras duas últimas postagens: Judas Priest contou com 2 dos quatro votos até então de nossa brincadeira. KISS e Korn tiveram um voto cada (e voltaram na repescagem) e King Diamond, teve 0 votos. 
De qualquer forma, qualquer uma destas escolhas teriam sido divertidas, especialmente Korn, que é dessas bandas que não sou fã, mas conheço bastante coisa para expor umas ideias.
Vamos com Judas!

♫ Música que mais gosto: Há muitas. E eu fiquei em dúvida, para variar um pouco #sóquenão. Mas... Acho que estou segura em escolher:


♫ Música que menos gosto: Bem que procurei e pesquisei - pois a memória as vezes nos trai. E, digo sem insegurança que não encontrei nada.



♫ Música para dançar: Bangear é dançar, então, não me julguem



♫ Música romântica:

Judas Priest - Angel

♫ Música que me define:

♫ You've realized you're gettin' old and no one seems to care
You're tryin' to find your way again
You're tryin' to find some new...
Another woman's got her man
But she won't find a new... ♫

Judas Priest - Victim of Changes

♫ Clipe Favorito:


Seria óbvio, mas, a coisa é a seguinte. Algumas vezes na minha adolescência - ainda sem o recurso do youtube, e sem MTV em casa - eu ia ficar com minha vó materna na casa de minha tia enquanto a família viajava para praia. Para fazer companhia a ela, diversas vezes, passávamos os dias das férias, lá. Era bom, não só pela tv a cabo, mas por ficar tanto tempo com ela e almoçar lá e tudo o mais. Foi neste período que eu assistia diversos clips, e lembro de ter visto Judas Priest numa dessas visitas, na MTV à noite, em tempos ainda que estava descobrindo o Heavy Metal. Foi instantâneo saltar do sofá ao som de "Painkiller", pensando "Uau, isso é bombástico!" Eu tinha uns 11-12 anos na época, ou seja, fazem 18 anos.




♫Melhor álbum: Depois que sutilmente rasguei uma seda para "Painkiller", não tem como escolher outro álbum que não o título da música. Assim que pude, comprei o álbum numa loja na cidade visinha e acabou sendo um dos primeiros que tive na vida. Na época, gastei umas economias neste álbum e o "Heaven and Hell" do Black Sabbath, que estava num balcão de "promoções". 
"Painkiller" é o 12º álbum do Judas Priest e conta com a formação de Rob Halford, K.K. Downing e Glenn Tipton como guitarristas, Ian Hill no baixo e Scott Travis na bateria.
As faixas são tipo "mind blowing":
1. "Painkiller"  
2. "Hell Patrol"  
3. "All Guns Blazing"  
4. "Leather Rebel"  
5. "Metal Meltdown"  
6. "Night Crawler"  
7. "Between the Hammer & the Anvil"  
8. "A Touch of Evil"  
9. "Battle Hymn" 
10. "One Shot at Glory"  

♫ Pior álbum: Por desconhecer os álbuns dos anos 2000, fica péssimo para mim dar de sabichona e sair falando abobrinha para essa categoria.

► Menções honrosas: 10 músicas que não foram ditas na brincadeira


Está aberto as escolhas de vocês, nos comentários e nossa página. Para a próxima, retomo as duas votadas do post anterior, mais três opções:










Comentem, votem e vejam as antigas na página especial no link, ou na aba de páginas do blog.

Abraços mega afáveis!

2 comentários:

Ron Groo disse...

Só senti falta de Judas rising. De resto perfeito.
Vamos de Led agora. (E o kiss ainda me balança)

Manu disse...

Judas Rising! Verdade!
Ok, Led e mais Kiss em mais um tempo de respescagem 😉