sábado, 31 de maio de 2014

Momentos para partilhar - Semana 49

Peço desculpa a todos pelo remoto sumiço. Como disse em outra oportunidade, estou numa fase de estudos, pois pretendo voltar à universidade. Além disso estou com outras atividades: favores - que eu espero ser recompensada pelo esforço em breve - e estou trabalhando em peças para minha aula de costura. Não quer dizer que tenha feito coisas supra sumo, na verdade estão ruins, mas pelo menos tem saído alguma coisa que se pareça com roupa. Logo farei roupas infantis para doação e quero pegar firme no processo.
Venho nesse sábado com penúltima tag das 52 semanas (lembrando que a 51 e 52 eram para fim de ano, e as fiz ano passado). Vamos à ela:

Semana 49 - Lugares no mundo que eu gostaria de conhecer

Em tese, adoraria conhecer todos os países europeus, a Rússia, alguns do Oriente Médio e África (é preciso saber aqueles cujos os conflitos civis não estão latentes e claro, muitos deles é necessário saber como se portar lá, mesmo como turista). Ultimamente tem crescido a minha vontade de conhecer alguma parte dos EUA... ou mesmo, nossos irmãos vizinhos. Eu não sou  interessada em conhecer países asiáticos, isso é fato. Cansei de ver documentários sobre e claro, não é a mesma coisa, mas, enfim, não tenho assim grande interesse. Infelizmente se alguém diz: "fui para o Japão!" eu faço o básico: "Legal e como foi?" pelo simples fato de ficar feliz pela pessoa ter feito algo diferente do corriqueiro, e fico ouvindo. Agora se fosse outro país que acho legal, certamente a frase mudaria, "Nossa, que máximo, conte-me tudo!", e realmente me empolgaria mais.


Escandinávia

Primeiro grande país de grande interesse é a Finlândia. Já faz um tempo em que persigo esse sonho e várias razões me fazem ir pra lá. A educação é de primeira, o lugar é perfeito para viver - lá tem pouca corrupção - e além disso, a música popular deles é praticamente só música boa. Imagina um país em que só toca rock, heavy metal nas rádios? (Ontem mesmo passei pela tortura de uma sequência de músicas sertanejas que fiquei muito triste com a qualidade das letras. Ninguém repara no quanto são absurdas e aparentemente as pessoas não só tem gosto duvidoso, elas perderam o senso crítico). E como gosto da cultura viking, Suécia, Dinamarca, Noruega e Islândia me fariam festejar bastante a visita. Morar em algum destes então, seria espetacular.

Reino Unido

Novamente uma região com mais de um país. Como está escrito "lugares" acho que contempla regiões. Mas gostaria de conhecer especialmente a Escócia e Inglaterra. Europa é sonho de consumo para mim, pois é o um continente antigo, e tem história em cada castelo "maravilindo" que seria foto e mais foto até dizer chega. Pra se ter uma noção, se alguém dissesse que tem dois bilhetes de viagem para me dar, de Paris ou Londres, escolheria certamente Londres, pois me atrai muito a cidade. Fora que meus autores favoritos são ingleses, o sotaque é belíssimo, lá tem Oxford... <3 font="">

Alemanha

Gostaria de ir para a Alemanha pois por mais estranho que soe, acho o idioma bonito. A culinária parece ser um pouco mais ao meu gosto e as cidades pequenas de lá são do tipo mais que formidável para mim - tenho aquela sensação que uma vila por ali e eu ficaria com uma casinha pelo resto da vida por lá.

Egito e Itália

História antiga, antigos impérios? Se ganhasse na loteria, deveria ir nesses dois lugares de início e ficar meses e meses só visitando museus e lugares como pirâmides e o Coliseu. Morria feliz, certamente.

Rússia

Para ser diferente, escolhi a Rússia, pela arquitetura. Acho interessantíssima. 
Fora que todos esses países que citei tem muita história e cultura. Para nenhum, me desculpem, faria aquela de conhecer a noite das baladas ou coisa parecida. Não curto o turismo da "badalação". E acho a culinária , uma consequência da visita: vai à um pais diferente e não vai se alimentar? Então turismo culinário não é minha meta, apenas faz parte do pacote. Minha meta são museus e lugares históricos mesmo e de quebra conhecer gente que conte coisas do país (como os documentários do jornalista Luís Nachbin, sabem?).

Como escrevi, iria a muitos lugares: Nova Zelândia (visitar onde foi filmado "O Senhor dos Anéis" e "O Hobbit"), Austrália, Canadá, Peru, Argentina, Espanha, Polônia, EUA (adoraria ir aos interiores dos EUA, e ultimamente nutri uma vontade grande em assistir um jogo da NFL, em estádio), Vaticano e muitos outros. 
No Brasil acho as viagens muito caras, mas tenho vontade de sair visitando amigos pelo pais, além de vistar o sul. Sou mais favorável a climas frios e não sei porque mas não tenho a vontade mineira de conhecer o mar. Na realidade, não faço questão de ir à alguma praia, pois calor e areia não é comigo? Frescura, não! vejam bem, apenas gostaria de outra opção se puder. 

Mas para tudo isso é preciso começar a jogar na loteria ou achar potes de ouro por aí. Porque dividir viagens em 400 parcelas não é comigo.

E vocês, quais os lugares que gostariam de ir?

Abraços afáveis!

terça-feira, 27 de maio de 2014

Legendando fotos em Mônaco

Mônaco tem uma vantagem: é foto para dar e vender! Então, o post será longo, mas acredito que valerá a pena. ;) (Lembrando: é tudo levado no bom humor, então tente não se ofender, ok?)


SSS: Smile, Signature and Sunshine!
Gutierrez sensualizando com autógrafos para os seus fãs

 Calma, tem Gutierrez para todas e todos!

***


Mônaco. Nível de exibicionismo: super - hiper - mega - ultra - master - blaster...
Quem segue Lewis no Twitter percebeu que ele publicou essa maldita chegada de moto em fotos de todos os ângulos possíveis.
Pra quê? 


***


Amo de montão esse capacete do Vettel. Se eu fosse Seb, usava apenas esse. 
Eternamente.


***


Antonio Banderas dando uma força para Kimi. 
Você que está aí pensando em Armand no filme Entrevista com o Vampiro, peço que volte à Terra, pois ainda estamos falando de F1


***


Alonso, vejo apenas dois dedinhos saindo da sua manga. 
- "Aí eu falei * Abre aspas...* "


***


Continuo sem saber bem quem é Ericsson, mas já fiquei meio fã #maldademodoon


Até porque na corrida o azar foi embora e todo mundo saiu do caminho dele. 
Podem parar de falar que ele é azarado.

***


Kimi - que agora é um homem comprometido - está empenhado em não parecer mais bonitão e atrativo


***


O papo do Vergne e do Bottas estava deixando Bianchi com soninho.

Bianchi que por sinal, esteve na coletiva e marcou dois pontos no domingo. 
Eita, coincidência!

E Linguini Grosjean  que está ali no famoso modo "dormindo de olhos aberto"?


Agora, temos também Nico está contando à Kimi algo que ele não ouviu ou não prestou atenção. 


***


Bottas não sabe, mas Kimi estava tentando apresentar à ele seu amigo imaginário 


***


A campanha é maneira e válida. 
Mas certamente não ficaram bonitos. Magnussen ficou uma moça e Button, uma moça feia.
Por isso, aviso: tomem cuidado com o Ronaldão!


***


 Para garantir atenção de Kimi, Nico insistiu: 
- Vai ter festa lá em casa, hoje... 
Bingo.


***


Kimi apontou para o céu, dizendo que está no mundo da lua, justificando esse incidente:


Homem na linha, homem na linhaaaaaaaaa!




E enfim, um "herói" 



***


Antes só dava você por aqui. Agora não mais :(


***


 Benedict Cumberbacth, de novo. Tá virando freguês, é isso, produção? 
Repetindo: Benedict Cumberbacth 
Sempre direi, quando ele aparecer a frase "Será o Benedito?", sem remorsos


E Lewis fingindo ser afável com essa cara de paisagem, mas está todo "p" por dentro? Morro de rir.
Mas Ricciardo - xará - viu algo na mesma direção que o chamou atenção. 
Seria a briga do Magnussen com o Kimi? Uma briga nórdica?


By the way: Magnussen soltou muito as asas. Chamou Kimi de velho, de bêbado. Tudo isso mesmo?
Kevin, meu querido: chamar Kimi de bêbado é o mais clichê. Mas já aviso, mesmo "constantemente bêbado" é mais sóbrio que muito palerma daquele grid e ninguém insinua nada com relação a isso. 
Só porque é Kimi aí a gente fala em bebida? Não é assim que as coisas funcionam. Seja criativo, sim?!


***


Penso que, em caso de eventos, no casal, o foco dos fotógrafos é mais para a mulher. Os cliques são para ela, pois geralmente sua roupa requer essa atenção. Tudo pela moda, para ter umas mal amadas falando o que está feio, o que não está...  É subjetivo comentar moda e vai muito de gosto.
Quando o cara é assim, totalmente menos discreto que a acompanhante... É porque quer mesmo aparecer, muito mais que ela. Efeito pavão, se é que me entendem.


Não bastou a moto no paddock, não querido? 


***


Hulkenberg photocombing!!! Não creio!!!
A-do-rei!


***

"Pataquada level high"
E Lewis tem muitos fãs. Um piloto que usa esse tipo de papo mais que feitos na pista tem mais fãs que o Papa! ¬¬'
Experimentem abrir o tio Google imagens digitando "Hamilton and Rosberg". 
Tem foto deles juntos desde novinhos. Agora o papo é de gente no nível "belém, belém, nunca mais de bem"
Sabemos que amizade sincera e boa é bem danada de construir na F1, mas daí ficar com esse papinho da mídia...


Lewis:


and 


***


Sutil explicando, no bom alemão, que Hamilton é cobra venenosa. Ele sabe disso, mais que ninguém.
As brincadeiras rolam com a Britney, e algumas são engraçadas, mas está sendo muito mais macho. 



***


Sem paciência para criancices? Me too, friend!


Abraços afáveis!